Resenha - Why? - Mercury Tide

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Que surpresa! 2004 acaba sendo o ano em que todas minhas preces para o surgimento de uma banda criativa, fenomenal, que não se parecesse com nada que existe, foram atendidas!
5000 acessosGrammy: "Master Of Puppets" é tocada após Megadeth ser anunciado vencedor5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond

Junte a dinâmica das melhores canções do AOR, vocais profundos e perfeitos, senso melódico magnífico, inteligência(sentida facilmente nas letras) e a experiência de veteranos. O resultado, posso afirmar com convicção, é o Mercury Tide, a maior "revelação" do heavy metal mundial nos últimos tempos. E eu que estava triste com o fim do Angel Dust...

Dirk Thurisch está um monstro, dosando perfeitamente o alcance e carisma de sua voz, atingindo timbres e interpretações dignos dos maiores nomes do progressivo. E ele ainda é o responsável pelas maravilhosas guitarras deste álbum. Parece que o sujeito guardou todo o seu talento a partir do momento em que ficou inativo, foi aprimorando e aprofundando as idéias até o momento de soltá-las e explodir com o Mercury Tide!

Refrões perfeitos, músicas únicas que ganham vida própria, diversidade impressionante, produção irretocável. Tudo isso pode ser sentido facilmente aqui. Poderia destacar todas as faixas e discorrer sobre cada peculiaridade delas, mas ouça apenas a faixa título para sacar o nível de empolgação e sensibilidade que ela transmite. Coesão, habilidade, criatividade, entrosamento e identidade própria fazem o Mercury Tide embasbacar logo na primeira audição.

Este álbum me proporcionou prazer como há muito não sentia ao ouvir um álbum de heavy metal e tenho certeza que fará o mesmo com você. Compre o cd, vá aos shows, monte um fã-clube. Todo o apoio à BANDA (é, desse jeito mesmo, todo em maiúsculo, porque isso aqui é o significado disto) para que este imenso talento seja reconhecido e não seja desperdiçado. Certeza de álbuns desumanos pela frente, vida eterna ao Mercury Tide!

Dica: Quer saber se todos esses elogios são merecidos? Vá ao site da Century Media (www.centurymedia.com) e baixe o mp3 do Mercury Tide disponível lá. Ficou feliz, não é?

Formação:
Dirk Thurisch - Vocal/Guitarras
Anders Ivers - Baixo
Stefan Gembala - Bateria
Dennis Riehle – Teclados

Site Oficial: http://www.mercury-tide.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Why? - Mercury Tide

452 acessosResenha - Why? - Mercury Tide

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Mercury Tide"

GrammyGrammy
"Master Of Puppets" é tocada após Megadeth ser anunciado vencedor

Monsters of RockMonsters of Rock
A feijoada que quase derrubou King Diamond

Max CavaleraMax Cavalera
Triste ver uma banda tão importante virar uma merda

5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosAndre Matos: "Não estava preparado para cantar no Maiden!"5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosChorão: Médium teria psicografado poesia do vocalista?5000 acessosTop 5: discos de metal nacional com nomes de outros estilos5000 acessosDave Navarro relembra overdose de drogas

Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online