Resenha - Dreaming Awake - Harmony

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar Correções  

8


"Du gamla, Du fria, Du fjällhöga nord

Du tysta, Du glädjerika sköna!
Jag hälsar Dig, vänaste land uppå jord,
Din sol, Din himmel, Dina ängder gröna"

publicidade

Já passou da hora de nós, headbangers, aprendermos a cantar o hino da Suécia, o país é o mais prolífico em novas (e excelentes) bandas de metal da atualidade, somados com seus grandes e históricos representantes (Malmsteen e Cia), numa verdadeira "New Wave Of Swedish Heavy Metal", e o Harmony cai para a vertente mais melódica do movimento.

Teclados lisérgicos, com um grande senso prog, refrões de fácil assimilação, guitarras virtuosas e harmonicamente belíssimas, vocalista dono de uma agradabilíssima voz, usada com perfeição, transmitindo grande dose de sentimento. Em vez de primar pela velocidade incansável, como é costume, o Harmony centra sua atenção na construção dos arranjos, na beleza de suas criações e no que a música vai transmitir ao ouvinte. Temos como ótimo exemplo "The Fall".

publicidade

No campo mais sentimental e melodicamente perfeitas, com demonstrações de muito talento por parte dos músicos temos "Dreaming Awake" (com um grande refrão – outra forte característica da banda), "Without You" e "Maze Of The Past" (candidata a melhor do álbum, show do tecladista).

No lado mais porrada destaco "The Fall Of Man" e "She", faixas mais rápidas e furiosas, típicas da vertente mais melódica do metal, mas bem balanceadas.

publicidade

Se o Harmony não procura revolucionar o metal, pelo menos faz competentíssimas combinações de estilos, tem instrumentistas dignos aliado há um bom vocalista e faz sua música soar natural e nem um pouco enjoativa. Recomendadíssimo aos fãs do estilo e pra quem gosta de metal em geral. Uma banda com um futuro promissor pela frente, outra grande revelação da já eternizada Suécia.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Robert Plant e Patrícia PillarSeparados no nascimento
Robert Plant e Patrícia Pillar

Separados no nascimento: Eddie e Seu MadrugaSeparados no nascimento
Eddie e Seu Madruga


Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin