Resenha - Mandylion - Gathering

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vivas
Enviar correções  |  Ver Acessos


Este é, sem dúvida, um dos melhores e mais importantes discos da década de 90. Embora o seu sucessor (o maravilhoso "Nightime Birds") também seja considerado outro grande clássico da banda, nada se compara a maestria da bra-prima "Mandylion" e toda a sua influência para a cena Gothic/Doom com vocais femininos. Sem falar que foi neste álbum (o terceiro da carreira dos holandeses)que ocorreu a estréia da melhor vocalista do estilo em todos os tempos: Anneke van Giersbergen. Afirmo isto devido a interpretação de Annie em todas as músicas do disco. Annie não apenas canta, como também interpreta cada letra das músicas (letras quase sempre tristes porém muito belas) com maestria ímpar.Além do mais. técnicamente o TG sempre esteve a frente das outras bandas pois incorporava elementos de música progressiva e instrumentos como fláuta e violoncelo entre outros. Sendo que algumas publicações de Metal classificavam a banda como Progressivo Doom Metal, rótulo este que acho bem adequado.

Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaHeadbanger: mostre que você é true em qualquer oportunidade

Bom, segue a baixo uma rápida crítica sobre as 8 faixas do clássico Mandylion:

1ª- Strange Machines: Maior clássico da banda. Com um riff pesado muito legal e uma melodia que gruda na mente. A atuação de Annie nesta faixa é marcante e a letra é super viajante pois fala sobre uma máquina do tempo. É bom que se diga que esta faixa também foi gravada para um single em uma versão ao vivo com orquestra que é linda de morrer. A faixa mais indicada para se conhecer o TG em sua fase metal. Pesada e linda.

2ª - Eléonor - Excelente música com partes de teclados muito legais e um riff de guitarra muito pesado e "climático" que dá uma atmosféra bem pesada. A letra da música fala sobre alguém que engana as pessoas que gosta pois se esconde atrás de "máscaras". Sendo que desta forma, esta pessoa também está enganando a sí mesma. Talves "Eléonor" seja o nome da pessoa a que a letra se refere, eu não sei ao certo.

3ª - In Motion #1: Esta é a primera das duas partes da "dúplice" In Motion. São basicamente duas baladas que contam uma letra sobre uma pessoa que sofre de um amor platônico por alguém que so a faz sofrer. Annie afirmou em entrevistas que essas letras são relacionadas a sua vida particular. Em relação a música, é uma linda balada muito atmosférica com partes de teclados difíceis de esquecer e um refrão que deixa claro a parte lírica da canção.

4º - Leaves: Outro já clássico e uma das melhores músicas do disco. "Leaves" é uma maravilhosa balada que inclusive virou clipe e é fácil de baixar na Net. Annie é o destaque, sem falar no lindo solo de guiatarra e a letra que, novamente, fala de paixão, só que desta vez de uma forma mais feliz.

5ª - Fear The Sea: Canção muito bonita e em que Annie canta de forma totalmente viajante. Destaque para o Riff que entra derrepente na música deixando ela bem pesada e um belíssimo solo totalmene hipnótico. Essa música tem letra bem viajante assim como a "Strange Machines", citando o mar como forte inspiração.

6ª - Mandylion: A faixa título é instrumental porém é muito bonita e excelente para se relaxar depois de um longo dia de trabalho. Esta canção tem forte influência de New Age.

7ª - Sand and Mercury - A maior música do disco com seus quase dez minutos de duração tem uma parte instrumental lindíssima alternado melodias lindas com partes pesadas e os vocais de Annie dando outro show de interpretação na segunda parte da música que é bem New Age. As letras? Novamente tratam de tristesas amorosas, mas de uma forma tão bela que só o TG sabe fazer. Esta faixa serve de introdução para a melhor música que estar por vir...

8ª - In Motion #2 - Esta canção fecha com chave de ouro o álbum.Essa é a segunda parte da "dúplice In Motion". É uma balada perfeita com sua melodia única e atmosférica. Na minha humilde opinião é a melhor música do The Gathering e uma das melhores que já ouvi na minha vida!!! Espetacular!

Álbum totalmente indicado para fans de Metal ou outros estilos musicais que tenham belas melodias instrumentais e vocais. Pois é recheado de baladas "Doom" muito pesadas cheias de riffs metal e os mais belos vocais femininos do estilo.

Nota: 10


Outras resenhas de Mandylion - Gathering

Resenha - Mandylion - Gathering




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Gathering"


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Headbanger: mostre que você é true em qualquer oportunidadeHeadbanger
Mostre que você é true em qualquer oportunidade


Sobre Vivas

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336