Resenha - Ethereal Dreams - Heaven Falls

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Os cariocas do Heaven Falls deram seu primeiro passo em 1999, com a proposta de um som heavy influenciado pela cena oitentista e por bandas mais recentes como o Blind Guardian. Mas só em 2000 a formação se estabilizou e começaram a despontar no cenário carioca (que ao contrário do que muitos dizem existe e está bem vivo). Em 2002 lançam seu primeiro cd, "The Ethereal Dreams". A princípio pensei estar diante de mais uma banda de Gothic-Metal, já que toda a arte da capa e o fato de terem uma vocalista já apontam para tal (um estereótipo que acabou sendo gerado com o "boom" de bandas como Nightwish, Theatre of Tragedy e Lacuna Coil). Mas como nunca se julga um cd pela capa, a surpresa foi impressionante.

Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethSgt. Peppers: O mais importante disco da história?

Os caras curtem heavy tradicional. Após uma abertura com "At the Gates", uma boa intro, segue-se um power oitentista furioso em "Castles of Illusion" e uma quase speed em "Suffering Symphony". Podemos notar que a banda é nitidamente influenciada pelo heavy de Iron Maiden e Helloween, e que a vocalista Sabrina Carrión não se encaixa no tipo de cantora lírica, optando por uma postura mais agressiva no vocal, lembrando muito as divas Doro Pesch e Lita Ford.

O cd todo remete ao power/speed oitentista, como na veloz "Dammned Queen" e na mais cadenciada "Inside My Mind" (uma das melhores por sinal). Mas o grupo também dá umas flertadas de leve com o prog-metal, como podemos ouvir principalmente no bom uso de teclados. Faixas como "Temple of Lies" e "Inner Prision" são verdadeiras porradas heavy, agressivas e bem colocadas. Já o lado mais prog fica quase que direto na faixa final "... And the Heaven Falls" que mistura o lado mais elaborado do prog com elementos de metal épico, se saindo muito bem. O uso de um vocal masculino, que também acontece na faixa "Castles of Illusion" dá um excelente resultado.

A banda é competente. Sabrina é uma boa vocalista, que ainda pode evoluir muito mais, principalmente nos tons mais graves, mas dá conta do recado com maestria e o cd é altamente recomendável para quem deseja ouvir uma boa banda heavy nacional. Boa estréia!

Site oficial: http://www.heavenfalls.net

Line Up:
Sabrina Carrión - Vocais
Victor Montalvão - Guitarras
Davis Vasconcelos - Guitarras
Daniel "Fera" White - Baixo
Fábio Rogers - Bateria

Lançado em 2002 pela Hellion Records.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "HeavenFalls"


Fotos de Infância: Dave Mustaine, do MegadethFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth

Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Metal Extremo: chocando os jurados em reality-showsMetal Extremo
Chocando os jurados em reality-shows

Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerSupergrupos
Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer

Slash: citando as qualidades de Axl Rose em vídeoSlash
Citando as qualidades de Axl Rose em vídeo

Askmen.com: site elege as dez melhores músicas do NirvanaAskmen.com
Site elege as dez melhores músicas do Nirvana


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.