Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemLars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemBeatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon

imagemVeja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Resenha - Making Enemies Is Good - Backyard Babies

Por Chuck Hipolitho
Postado em 04 de junho de 2002

Nota: 10

Esse é o terceiro disco dessa banda da Suécia que já tem quase 15 anos de estrada. Dregen, o guitarrista e líder, é um dos fundadores dos Hellacopters, de quem você já deve ter ouvido falar, mas, esqueça-os por enquanto.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em primeiro lugar, a capa: Estamos em 2002 e está cada vez mais raro encontrar bandas que têm a moral de colocar a própria cara numa capa de disco, ainda mais fazendo pose. A primeira impressão é que são uma mistura de Motley Crue com Guns n'Roses. Punk, ok, também são isso.

Em segundo: O disco. Ele abre com "I Love To Roll", que é simples e claramente o hino mais perfeito gravado até hoje à trilogia "sexo, drogas e rock and roll". Depois dessa o disco engata a segunda e fica impossível não sentir vontade de sair correndo de carro e entrar numa briga.

"Brand New Hate" foi composta por Ginger dos Wildhearts, umas das mais cultuadas, talentosas e mal compreendidas bandas da Inglaterra, e começa com uma espécie de grito de torcida - "making enemies is good" - fazer inimigos é bom. Concordo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Segundo Nicke Borg, o vocalista, perdeu-se muito tempo "planejando" este disco - "queríamos gravar um álbum clássico, um disco de que pudéssemos nos orgulhar daqui a dez anos, com um veneno que continuasse a fazer efeito ainda daqui a cinquenta".

"The Kids Are Right" abriria o lado B para quem tivesse vinil em casa. Imagine uma música com refrões em coro à "Hard Core de NY". A batida é algo que o Metallica poderia ter feito. Enfim... cheia de clichês maravilhos.

"Bigger With a Trigger", a última faixa, faz você pensar: "com mil diabos, por que essa música não é a primeira??". Tarde demais, comece de novo. Alias, bem lembrado, esta não é a última, a versão brasileira de "Making Enemies Is Good" traz uma faixa bônus, yeah!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O disco tem 14 músicas no total, recheadas de riffs de guitarra, refrões de colar na cabeça, duas baladas, mixado com uma guitarra de cada lado... quase uma sacanagem de tão bom.

Se você venera os Ramones, Guns n' Roses, New York Dolls, Social Distortion, Stooges e se recusa a acreditar que os Strokes são a salvação do rock, esse disco foi gravado para você, e para mais ninguém.

100% carne vermelha, 0% gordura. Clássico.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Suécia: 15 grandes bandas de rock surgidas no país escandinavo

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregos

Bruce Dickinson: ele revela os três vocalistas que nunca vai conseguir superar