Resenha - Making Enemies Is Good - Backyard Babies

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Chuck Hipolitho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10


Esse é o terceiro disco dessa banda da Suécia que já tem quase 15 anos de estrada. Dregen, o guitarrista e líder, é um dos fundadores dos Hellacopters, de quem você já deve ter ouvido falar, mas, esqueça-os por enquanto.

Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaG.G. Allin: o extremo dos extremos

Em primeiro lugar, a capa: Estamos em 2002 e está cada vez mais raro encontrar bandas que têm a moral de colocar a própria cara numa capa de disco, ainda mais fazendo pose. A primeira impressão é que são uma mistura de Motley Crue com Guns n'Roses. Punk, ok, também são isso.

Em segundo: O disco. Ele abre com "I Love To Roll", que é simples e claramente o hino mais perfeito gravado até hoje à trilogia "sexo, drogas e rock and roll". Depois dessa o disco engata a segunda e fica impossível não sentir vontade de sair correndo de carro e entrar numa briga.

"Brand New Hate" foi composta por Ginger dos Wildhearts, umas das mais cultuadas, talentosas e mal compreendidas bandas da Inglaterra, e começa com uma espécie de grito de torcida - "making enemies is good" - fazer inimigos é bom. Concordo.

Segundo Nicke Borg, o vocalista, perdeu-se muito tempo "planejando" este disco - "queríamos gravar um álbum clássico, um disco de que pudéssemos nos orgulhar daqui a dez anos, com um veneno que continuasse a fazer efeito ainda daqui a cinquenta".

"The Kids Are Right" abriria o lado B para quem tivesse vinil em casa. Imagine uma música com refrões em coro à "Hard Core de NY". A batida é algo que o Metallica poderia ter feito. Enfim... cheia de clichês maravilhos.

"Bigger With a Trigger", a última faixa, faz você pensar: "com mil diabos, por que essa música não é a primeira??". Tarde demais, comece de novo. Alias, bem lembrado, esta não é a última, a versão brasileira de "Making Enemies Is Good" traz uma faixa bônus, yeah!

O disco tem 14 músicas no total, recheadas de riffs de guitarra, refrões de colar na cabeça, duas baladas, mixado com uma guitarra de cada lado... quase uma sacanagem de tão bom.

Se você venera os Ramones, Guns n' Roses, New York Dolls, Social Distortion, Stooges e se recusa a acreditar que os Strokes são a salvação do rock, esse disco foi gravado para você, e para mais ninguém.

100% carne vermelha, 0% gordura. Clássico.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Backyard Babies"


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Guitarra: os melhores solos da história segundo a Guitar WorldGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Marilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre eleMarilyn Manson
7 coisas que você não sabia sobre ele

Slipknot: as mudanças na voz de Corey Taylor de 1999 a 2015Slipknot
As mudanças na voz de Corey Taylor de 1999 a 2015

Beatles: As 10 piores músicas segundo o Ultimate Classic RockBeatles
As 10 piores músicas segundo o Ultimate Classic Rock


Sobre Chuck Hipolitho

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336