Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSyd Barrett em 1967 analisando os principais singles lançados em julho

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"


Stamp

Resenha - ...In Inconstancia Constans - Cyril Achard

Por Thiago Sarkis
Em 09/05/02

Nota: 9

A febre de guitarristas virtuosos parece ter se acalmado. Porém ainda surgem várias dessas figuras por aí, o que chega a dar medo em muita gente. Indiscutivelmente competentes em termos técnicos, alguns destes músicos chegam a atuar como sonífero, a partir de suas amnésias melódicas e harmônicas e de seus estados de total ausência em matéria de ‘feeling’.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O francês Cyril Achard desde 1997 dava sinais de que poderia ser uma exceção a essa "quase regra". Seus trabalhos solo sempre apresentaram patamares técnicos elevados mas nunca deixaram as melodias e a pegada de lado. Dentro de uma banda com vocais, menos centralizada, isso poderia mudar e o cara poderia se tornar um chato. Já aconteceu com outros shredders... Por quê não aconteceria com ele? Depois de ouvir "...In Inconstancia Constans" a resposta se torna fácil porque o rapaz é simplesmente fantástico.

O disco é envolvido numa redoma de progressivo e power, sendo que do primeiro estilo citado, quase todas as vertentes são exploradas, passando do mais leve ao metal atual, que virou mania após sucessos como Fates Warning, Dream Theater & cia.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Dá gosto de ver a acuidade dos participantes que nos trazem passagens fenomenais variando de suavidade agradável à insanidade e complexidade impressionantes.

Tony MacAlpine dá um toque glorificador final, com atuações precisas, mesmo que apenas nos teclados. Sua participação nas guitarras seria interessante, mas torna-se desnecessária frente aos solos suntuosos de Achard.

A produção é boa, todavia, com um pouco mais de investimento, o que não depende só dos integrantes do conjunto, é óbvio, daria pra ter chegado realmente próximo à perfeição. Fãs de prog e power se animem e procurem por este excelente lançamento, com destaque às admiráveis "Alone Among My Friends", "Fallen From Grace", "Fields Of Graves" e "The Lucky One".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Site Oficial – http://www.cyrilachard.com

Patrick Peek (Vocais)
Cyril Achard (Guitarras)
Jean Marc-Layani (Teclados)
Franck Hermanny (Baixo)
Eric Lebailly (Bateria)
Tony MacAlpine (Teclados – convidado especial)

Material cedido por:
Lion Music - http://www.lionmusic.com
Box 19 Godby 22 411
Aland FINLAND
Email: [email protected]
Fax - 35818 41551

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.