Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemComo foram os últimos meses de Renato Russo e a causa da sua morte

imagemNovo álbum do Krisiun será lançado em julho; veja capa e tracklist

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemTobias Forge, do Ghost, diz que ABBA deveria receber um Prêmio Nobel

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Resenha - Human Stain - Cornerstone

Por Fábio Faria
Em 25/04/02

Nota: 9

Cornerstone é um projeto capitaneado pelo baixista do Royal Hunt, Steen Mogensen, e o ex-vocalista do Rainbow (entre outros tantos projetos) Dougie White. "Human Stain" é o segundo CD da dupla cujo som pode ser descrito como uma mistura de Hard Rock na linha Deep Purple e Rainbow com Metal Melódico e Progressivo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O que se pode esperar disso? Bem, um disco de Hard Rock Melódico recheado de canções cativantes com técnica apurada, no qual convivem em perfeita harmonia elementos do progmetal (mais evidentes nos teclados), guitarras pesadas, que em alguns momentos beiram o metal melódico, e um feeling que nos remete ao Hard Rock dos anos 70 - mérito da voz Dougie White. Ele apresenta uma performance inspiradíssima neste disco, o primeiro gravado após uma operação nas cordas vocais realizada no ano passado. Aliás, por todos as bandas por que passou ele conseguiu desempenhar um ótimo trabalho – dá pra imaginar se o Steve Harris não fosse tão teimoso e tivesse optado por White em vez do Blaze na audição para escolher o substituto de Bruce Dickinson?!!!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Voltando ao Cornerstone, além de cantar, Dougie White escreveu as letras para "Human Stain" enquanto Steen Mogensen cuidou da produção do CD e foi o responsável por todos os arranjos das canções - ele criou linhas de baixo bastante interessantes. Desde de o início do álbum nota-se que a dupla está afiada. Entre os destaques estão a faixa de abertura "Unchosen One", que reúne na dose certa todos os elementos do álbum: vocal e cozinha com cara de anos 70, teclados progressivos e guitarra melódica. "Some People Fly", "Future Rising" e "Midnight In Tokyo" seguem na trilha do Deep Purple, enquanto "House of Nevermore" lembra o Rainbow. Essas são apenas referências notadas nas canções, que devem ser vistas como influências, não significando que elas sejam cópias das bandas citadas. Já quando se trata de "Forever Young" não podemos dizer o mesmo, ela é inspiradíssima em "Kashmir" do Led Zeppelin. Os dois compositores também acertam nas ótimas baladas "Sail On Stormy Waters", "Singing Alone"(Dougie arrebenta) e "Resurrection Sympathy" cujo efeito na voz poderia até ser dispensado, mas não chega comprometer.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Enfim, "Human Stain" é um álbum para aqueles que consideram ter bom gosto musical e que com certeza irão se deleitar nos mais de 50 minutos de puro talento oferecido por músicos do mais alto gabarito.

Track List:

01. Unchosen One
02. Wounded Land
03. Some People Fly
04. Singing Alone
05. Future Rising
06. House Of Nevermore
07. Midnight In Tokyo
08. Sail On Stormy Waters
09. Resurrection Sympathy
10. Forever Young

Banda

Dougie White - vocal
Steen Mogensen - baixo e teclado
Kaspar Damgaard - guitarras elétricas e acústicas
Allen Sorensen - bateria e percursão


Outras resenhas de Human Stain - Cornerstone

Resenha - Human Stain - Cornerstone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria.