Resenha - Human Stain - Cornerstone

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Faria
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Cornerstone é um projeto capitaneado pelo baixista do Royal Hunt, Steen Mogensen, e o ex-vocalista do Rainbow (entre outros tantos projetos) Dougie White. "Human Stain" é o segundo CD da dupla cujo som pode ser descrito como uma mistura de Hard Rock na linha Deep Purple e Rainbow com Metal Melódico e Progressivo.

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1983Loudwire: as 10 melhores músicas do Slipknot segundo o site

O que se pode esperar disso? Bem, um disco de Hard Rock Melódico recheado de canções cativantes com técnica apurada, no qual convivem em perfeita harmonia elementos do progmetal (mais evidentes nos teclados), guitarras pesadas, que em alguns momentos beiram o metal melódico, e um feeling que nos remete ao Hard Rock dos anos 70 - mérito da voz Dougie White. Ele apresenta uma performance inspiradíssima neste disco, o primeiro gravado após uma operação nas cordas vocais realizada no ano passado. Aliás, por todos as bandas por que passou ele conseguiu desempenhar um ótimo trabalho - dá pra imaginar se o Steve Harris não fosse tão teimoso e tivesse optado por White em vez do Blaze na audição para escolher o substituto de Bruce Dickinson?!!!

Voltando ao Cornerstone, além de cantar, Dougie White escreveu as letras para "Human Stain" enquanto Steen Mogensen cuidou da produção do CD e foi o responsável por todos os arranjos das canções - ele criou linhas de baixo bastante interessantes. Desde de o início do álbum nota-se que a dupla está afiada. Entre os destaques estão a faixa de abertura "Unchosen One", que reúne na dose certa todos os elementos do álbum: vocal e cozinha com cara de anos 70, teclados progressivos e guitarra melódica. "Some People Fly", "Future Rising" e "Midnight In Tokyo" seguem na trilha do Deep Purple, enquanto "House of Nevermore" lembra o Rainbow. Essas são apenas referências notadas nas canções, que devem ser vistas como influências, não significando que elas sejam cópias das bandas citadas. Já quando se trata de "Forever Young" não podemos dizer o mesmo, ela é inspiradíssima em "Kashmir" do Led Zeppelin. Os dois compositores também acertam nas ótimas baladas "Sail On Stormy Waters", "Singing Alone"(Dougie arrebenta) e "Resurrection Sympathy" cujo efeito na voz poderia até ser dispensado, mas não chega comprometer.

Enfim, "Human Stain" é um álbum para aqueles que consideram ter bom gosto musical e que com certeza irão se deleitar nos mais de 50 minutos de puro talento oferecido por músicos do mais alto gabarito.

Track List:

01. Unchosen One
02. Wounded Land
03. Some People Fly
04. Singing Alone
05. Future Rising
06. House Of Nevermore
07. Midnight In Tokyo
08. Sail On Stormy Waters
09. Resurrection Sympathy
10. Forever Young

Banda

Dougie White - vocal
Steen Mogensen - baixo e teclado
Kaspar Damgaard - guitarras elétricas e acústicas
Allen Sorensen - bateria e percursão


Outras resenhas de Human Stain - Cornerstone

Resenha - Human Stain - Cornerstone




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cornerstone"


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1983Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1983

Loudwire: as 10 melhores músicas do Slipknot segundo o siteLoudwire
As 10 melhores músicas do Slipknot segundo o site

Floor Jansen: Eu não sou uma puta arroganteFloor Jansen
"Eu não sou uma puta arrogante"

Metal: Mapa revela os países com mais bandas do estiloMetal
Mapa revela os países com mais bandas do estilo

Separados no nascimento: Ian Hill e Stênio GarciaSeparados no nascimento
Ian Hill e Stênio Garcia

Whiplash.Net: Como consegui viver de Rock e Heavy Metal sem saber tocar porra nenhumaWhiplash.Net
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal sem saber tocar porra nenhuma

Quietos: os membros calmos de grandes bandas de rockQuietos
Os membros calmos de grandes bandas de rock


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336