Resenha - Virgin Steele - Virgin Steele

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

9


Interessante. É o mínimo que se pode dizer deste re-lançamento que a Century Media coloca no mercado brasileiro e mundial. O primeiro álbum do Virgin Steele, remasterizado e com bônus tracks retiradas de demos antigas. São vários motivos: a qualidade do material, o fato do mesmo nunca ter sido editado em cd antes, e principalmente, a possibilidade de notarmos o quanto a banda mudou neste 20 anos (o cd foi gravado em 1983).

publicidade

"Danger Zone", a primeira faixa,mostra um pique maideniano, principalmente nas guitarras. E é precedida por outra faixa interessante: a rockeira "American Girl" (uma pérola de Jack Starr, que na época dividia o controle da banda com o vocalista David Defeis). A banda investia pesado no metal oitentista, como podemos ouvir em "Dead End Kids" (grande influência de Judas Priest), e em "Children of Storm" que também carrega grandes traços da trupe de Tipton e cia.

publicidade

Já o hard rock que também era usado pela banda aparecia em faixas como "Drive on Through" (aonde David apresentava falsetes meio infantis, sinal de que seu vocal evoluiu muito durante os anos) e "Pictures on You", com seus refrões cativantes e riffs nitidamente rockeiros. Até o visual da banda era muito similar ao Hard Rock dos anos 80, só que mais puxado para o heavy Manowariano.

publicidade

Este lançamento não poderia ter ficado obscuro por tanto tempo (pois mesmo a edição em LP estava esgotada). Faixas como "Virgin Steele" (a mais próxima do som que a banda faz hoje) e as bônus "The Lesson" (grande hard rock cadenciado), além das belas "Life of Crime" (outro heavy oitentista, mas ofuscado pela má produção) e "Burn the Sun" mostram como a banda era capaz de desenvolver um heavy com pitadas hard de alta qualidade. O cd ainda traz as versões originais de algumas músicas do primeiro LP como "American Girl" e "Dead End Kids", com poucas diferenças.

publicidade

Um belo cd, aonde o Virgin Steele já mostrava sua capacidade de ser um dos maiores nomes do heavy oitentista. Pena que a banda ainda não seja tão conhecida no Brasil. Mas iniciativas como a da Century Media merecem parabéns!

Compre sem medo!

Site: http://www.virgin-steele.com

Line Up:
David DeFeis – Vocais
Jack Starr – Guitarras
Joe O’Reily – Baixo
Joey Ayvazian – Bateria

publicidade

Material Cedido por:
Century Media Records Latina
http://www.centurymedia.com.br
São Paulo (SP)



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


David DeFeis: os álbuns que marcaram o vocalistaDavid DeFeis
Os álbuns que marcaram o vocalista

Heavy Metal: as 10 capas mais de macho de todos os temposHeavy Metal
As 10 capas mais "de macho" de todos os tempos


Dave Mustaine: há bandas cujo nome me ofendeDave Mustaine
"há bandas cujo nome me ofende"

Raul Seixas: 10 importantes obras do Maluco BelezaRaul Seixas
10 importantes obras do Maluco Beleza


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin