Resenha - Sahara Steel - Sahara Steel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

8


Site Oficial – http://www.perrisrecords.com

publicidade

Jack Klunder (Vocais)
Patrick Shepard (Guitarra)
Mark Moore (Baixo)
Brian Eckhart (Bateria)

O Sahara Steel coloca os anos oitenta mais uma vez em pauta, com o lançamento de seu álbum auto intitulado. O grupo pratica um hard rock enérgico, dedicado fielmente às tendências que eram destaque durante os áureos anos do estilo.

Patrick Shepard dita o ritmo, com riffs de guitarra bem empolgantes, nos quais podemos encontrar diversas referências, entre elas o Dokken. Nos solos, ele também se destaca, com precisão e, principalmente, pegada.

publicidade

Como não poderia deixar de ser, outro que chama a atenção é o vocalista, Jack Klunder. Apesar de alguns exageros desnecessários, o cantor apresenta boa técnica e segura a onda, tantos em faixas eletrizantes como "Fatal Heartbreaker", "Back In Trouble" e "Open Fire", quanto nas levadas mais calmas, caso de "Heart Of Fire".

A audição do disco perde em pequenos detalhes, com uma produção apenas razoável. De toda maneira, nada que apague certos instantes brilhantes que podemos notar neste álbum. Até o fechamento é caprichado, com "Overexposure", no maior estilo das passagens desleixadas e bem country, bluesly do Van Halen.

publicidade

Material cedido por:
Perris Records – http://www.perrisrecords.com
P.O. BOX 783
CEDAR PARK, TX, USA
78630-0783
Email: [email protected]




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da bandaIron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Rock: 25 fotos pra fazer você continuar acreditando na músicaRock
25 fotos pra fazer você continuar acreditando na música


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin