Resenha - Poets & Madmen - Savatage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Trovão
Enviar Correções  

9


É incrível a capacidade que algumas bandas têm de conseguirem sempre surpreender e ainda assim manter sua identidade. Certamente o Savatage é uma delas. Essa banda que lançou seu primeiro álbum em 1983 calcado no Metal Tradicional, está constantemente evoluindo, álbum após álbum.

publicidade

Em Poets & Madmen, a banda mantém essa tradição. Os riffs marcantes de guitarra estão lá, os vocais em contraponto também, bem como uma história (assim como nos dois últimos álbuns). E várias novidades também aparecem, ou retornam, como os vocais rasgados e emocionantes de Jon Oliva. Pela primeira vez a banda introduz corais nas músicas e até mesmo teclados que estilo totalmente progressivo (como em There In The Silence). Os grande destaques desse álbum ficam por conta da guitarra de Chris Caffery, que despeja riffs pesadíssimos que nos fazem lembrar da época do maravilhoso "Hall Of The Mountain King", solos virtuosos e dedilhados maravilhosos. Caffery, que pela primeira vez é co-autor da grande maioria das músicas, mostra que pode substituir o grande Criss Oliva à altura, e não deixa os fãs sentirem falta de Al Pitrelli (que deixou a banda para entrar no Megadeth). A história criada por Paul O'Neill à primeira vista parece boba, porém se você procurar bem (inclusive na caixinha do seu CD) a história se tornará bem mais interessante. (Quem tiver preguiça, pode mandar um email para [email protected] perguntando).

publicidade

O único motivo que me leva a não dar nota 10 para esse cd é o fato de que algumas músicas que foram compostas para a voz de Zak Stevens (que deixou a banda para se dedicar a família) ficaram um pouco "estranhas" na voz de Jon Oliva, mas nada que tire a qualidade desse CD.

Difícil é escolher as melhores músicas em um álbum tão heterogêneo, mas vale citar "Stay With Me Awhile", "I Seek Power", "Morphine Child" e "Bacl To Reason". Na edição limitada européia, o CD vem em uma caixinha digipack com poster, adesivo, uma faixa bônus ("Jesus Saves" ao vivo na voz de Zak Stevens) e uma faixa multimídia (vídeo de "Handful of Rain"). E enquanto ouvimos o álbum, ficamos aqui na expectativa da passagem deles pelo Brasil para que possamos conferir o desempenho dos novos membros Jack Frost (guitarra) e Damond Jiniya (Vocal).

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Savatage: baixista do Exodus grava cover de "Hall of The Mountain King"


Heavy Metal: 10 vídeos involuntariamente engraçadosHeavy Metal
10 vídeos involuntariamente engraçados

Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradasHeavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas


Max Cavalera: Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!Max Cavalera
"Não dou a mínima para o que pensa o pessoal do Korn ou qualquer outro!"

Guns N' Roses: Qual o patrimônio dos músicos da banda?Guns N' Roses
Qual o patrimônio dos músicos da banda?


Sobre Fábio Trovão

Guitarrista e professor de Inglês! Adora Heavy Metal em geral, principalmente Heavy Progressivo!

Mais matérias de Fábio Trovão no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin