Resenha - An Evening With... - John Petrucci & Jordan Rudess

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos


John Petrucci - Guitarras

Jordan Rudess - Teclado

É bom deixar claro, logo de cara, que este álbum tem um direcionamento bem jazz/fusion e não é para todo e qualquer fã de Dream Theater. Estudantes de música e músicos profissionais que gostam da banda com certeza irão deixar este CD no som por muito tempo. Porém, dificilmente acontecerá o mesmo com admiradores que não tenham esses "pré-requisitos". Entre os projetos com forte envolvimento de membros do grupo, este é o menos acessível de todos.

"An Evening With John Petrucci & Jordan Rudess" consiste em uma apresentação ao vivo feita por estes dois excepcionais músicos, sem a presença de nenhum instrumentista adicional. Apenas guitarra, violão e teclado (sem vocais). Tendo conhecimento disso, é possível que você tenha a impressão de que o som seja um pouco "vazio", com espaços a serem preenchidos. Porém, essa idéia acaba logo depois da primeira audição. E isso se deve, principalmente, ao fato de Petrucci e Rudess não ficarem o tempo todo dando ênfase ao virtuosismo que possuem. É verdade que ambos mostram uma técnica soberba. Rápidos, limpos, etc. No entanto, a musicalidade, os espaços para improvisos e o "feeling" vêm em primeiro plano nas composições.

Mesmo conhecendo a história dos dois a fio e estando ciente do que está por vir, fica complicado não se impressionar e ficar de queixo caído com as músicas presentes. "Furia Taurina", "Fife & Drum", "Hang 11" e "Black Ice" são amostras da total integração existente entre os músicos e da combinação perfeita de harmonias complexas, solos rápidos, melodias bem construídas e tempos, como sempre, meio "pirados", com variações freqüentes.

Em "Truth" há uma citação a "The Spirit Carries On", do último álbum do Dream Theater, "Metropolis Pt. 2 - Scenes From A Memory". "From Whitin" e "In The Moment", não menos impressionantes e bem compostas que as músicas já citadas, são as outras faixas presentes neste CD, que tem mais de uma hora de duração.

Algumas músicas do Liquid Tension Experiment, que foram tocadas no mesmo show em que foi gravado o CD, ficaram de fora, por questões de direitos autorais. Aquela velha babaquice de sempre. Obviamente, isso deixa aquela sensação de "algo faltando". Porém, nada que estrague ou manche esse trabalho espetacular realizado por John Petrucci e Jordan Rudess.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "John Petrucci"Todas as matérias sobre "Jordan Rudess"


Dream Theater: Como John Petrucci vê os fãs da banda?Dream Theater
Como John Petrucci vê os fãs da banda?

John Petrucci: Steve Morse é meu músico preferidoJohn Petrucci
"Steve Morse é meu músico preferido"

John Petrucci: explicando porque o Metallica é progJohn Petrucci
Explicando porque o Metallica é prog


Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Rock in Rio: Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991Rock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

Iron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo BrasilIron Maiden
Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil

Rob Halford: 11 coisas que você não sabia sobre eleRob Halford
11 coisas que você não sabia sobre ele

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Nirvana: quando Kurt Cobain cuspiu nos fãsNirvana
Quando Kurt Cobain cuspiu nos fãs

Dream Theater: Mangini é robótico demais? Petrucci respondeDream Theater
Mangini é "robótico demais"? Petrucci responde


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336