Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemMax Cavalera diz que Igor merece mais crédito entre os bateristas mundiais

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemMetallica em Belo Horizonte: Sorte de quem pôde ir


Resenha - Surviving in a Hell - Attitude Force

Por Rafael Carnovale
Em 13/08/04

Os paulistanos do Attitude Force são fãs de Iron Maiden e Judas Priest e não negam isso... com atividades inciadas em 1997, a banda chega a seu primeiro cd-demo investindo no mesmo metal oitentista que consagrou as bandas acima, com uma produção de bom nível e um cd muito bem acabado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Surviving in a Hell" é puro heavy metal, com guitarras pesadas, um vocal contido mas bem coeso, e uma banda que tem as manhas do estilo. Já "King Of Lies" é mais "speed", mostrando que a banda procurou explorar várias vertentes do metal em seu primeiro registro.

"The Wind" é mais cadenciada e pesada, uma bela faixa para ser tocada ao vivo, com solos bem influenciados por Iron Maiden, com uma bela interferência acústica, dando-lhe um clima de semi-balada. Já "Come My Death" e a balada "The Weight of the Pain" são uma mostra de que a banda consolidou seu estilo no metal oitentista, e o faz com competência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Boa estréia... agora é hora do primeiro cd!!!!

Line Up:
Ricardo Raitz – Vocais
Ronaldo Junior – Guitarras
Tulio Matozzo – Guitarras
Cláudio Amorim – Baixo
William Moreira – Bateria

Contato: http://www.atitudeforce.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.