Resenha - Sumerian Daemons - Septic Flesh

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Drustan
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 5


Primeiramente peço desculpas aos fãs da banda e apreciadores do estilo adotado por ela atualmente, mas falando como um apreciador do Metal Extremo em sua forma mais crua, confesso que não aguento mais ver estes grupos com visual duvidoso, que mais parecem figurantes de filmes estilo "Quinto Elemento" do que integrantes de uma banda de Metal Extremo!

Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasLoudwire: as dez melhores bandas da era Grunge

Mas vá lá, foda-se o visual, se a música prestar... e eis aí outra coisa que se torna ainda mais difícil de entender: o que levou o SEPTIC FLESH, que no passado lançou álbuns que influenciaram várias bandas extremas a editar um trabalho como este "Sumerian Daemons"?

É certo que todo grupo precisa de evolução, mas introduzir sonoridades eletrônicas, mesmo que em pequenas doses, se torna um risco muito grande, e em meu entender descaracteriza totalmente a ideologia do Metal - principalmente o Extremo.

Tudo bem, este CD apresenta alguns momentos interessantes, dotados de muito peso, brutalidade e velocidade, tal como nas faixas "Unbeliever" e "Red Code Cult", mas é uma pena constatar que estas são "engolidas" por barulhinhos desnecessários e cheios de "firulas'.

Se a intenção do SEPTIC FLESH era fazer um álbum irrotulável, eles conseguiram, pois seu som mescla desde momentos Black Metal com pitadas Death, passagens quase Doom com climas Góticos e as tais intervenções eletrônicas, que permeiam todo o CD.

Em suma: um álbum que pode até vir a agradar aos fãs da fase atual do CRADLE OF FILTH, COVENANT e DIMMU BORGIR, mas para os apreciadores de um som mais ríspido e sem frescuras, é mais um lançamento que não acrescenta absolutamente nada à cena.

Faixas:
Behold... The Land of Promise
Unbeliever
Virtues of the Beast
Faust
When All is None
Red Code Cult
Dark River
Magic Loves Infinity
Sumerian Daemon
Mechanical Babylon
Infernal Sun
Empire of the Watchers
Shapeshifter
total time: 56:05

Formação:
Akis K. (drums)
Seth (vocals, bass)
Sotiris V (guitars)
Z (keyboards)
Chris A (samplers, guitars)

Site oficial:
www.septicflesh.com.

Material cedido por:
Encore Records
www.encorerecords.com.br.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Septic Flesh"


Grécia: dez das maiores bandas de metal do paísGrécia
Dez das maiores bandas de metal do país

Metal: as dez melhores músicas do gênero desta décadaMetal
As dez melhores músicas do gênero desta década


Slipknot: Corey explica as nojentas desvantagens das máscarasSlipknot
Corey explica as nojentas desvantagens das máscaras

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Metallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TVMetallica
James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV

Drogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astrosDrogas e Álcool
Protagonistas nos piores shows de grandes astros

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Vinnie Vincent: músico fala sobre os processos contra o KissVinnie Vincent
Músico fala sobre os processos contra o Kiss

Joey Jordison: Nunca serei tão bom quanto Lars UlrichJoey Jordison
"Nunca serei tão bom quanto Lars Ulrich"


Sobre Drustan

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336