Martelo

O símbolo do MARTELO não foi escolhido para representar um tribunal, mas sim uma análise isenta, que não elimina a martelada, se necessário. (Não usamos o termo "canetada" por razões filosóficas.) Apesar de tantos sites e das várias revistas no mercado, sentimos que podemos dar a nossa contribuição com um diferencial: sendo mais analíticos. Tudo o que for curioso, relevante e que sirva de estímulo para o leitor, será considerado "de casa". Não importando qual seja o estilo, a fé, ou a razão. Ninguém aqui é obrigado a resenhar o que não quiser. Mas deve ter conhecimento de causa para tanto. E pode comentar sem medo da censura. Essa é a diferença.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

O Martelo: Glam Rock City? Hell de Janeiro? A cena carioca...O Martelo
Glam Rock City? Hell de Janeiro? A cena carioca...

Girlschool: Uma conversa franca com a bandaGirlschool
Uma conversa franca com a banda

O Martelo: Gostem ou não, a new wave cumpriu o seu papelO Martelo
Gostem ou não, a new wave cumpriu o seu papel

O Martelo: Patolla: o produtor de Charlie Brow e Biquini CavadãoO Martelo
Patolla: o produtor de Charlie Brow e Biquini Cavadão

Beatallica: canções dos Beatles com arranjos do MetallicaBeatallica
Canções dos Beatles com arranjos do Metallica

O Martelo: a resposta às suas preces se chama The AnswerO Martelo
A resposta às suas preces se chama "The Answer"

O Martelo: Gustavo Schroeter, rock anos 70, A Bolha, e maisO Martelo
Gustavo Schroeter, rock anos 70, A Bolha, e mais

Iron Maidens: entrevista com o tributo feminino à DonzelaIron Maidens
Entrevista com o tributo feminino à Donzela

Woodstock: talvez as pessoas fossem mais ingênuasWoodstock
Talvez as pessoas fossem mais ingênuas

O Martelo: posters aditivados à base de drogas lisérgicasO Martelo
Posters "aditivados" à base de drogas lisérgicas