Creedence Clearwater Revisited: review e fotos de POA

Resenha - Creedence Clearwater Revisited (Bourbon Country, Porto Alegre, 15/11/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bruno Cascaes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
O teatro do bourbon country lotou para receber o Creedence Clearwater Revisited, banda formada por Stu Cook (bateria) e Doug Clifford (baixo) membros da banda original, juntamente com Elliot Easton (guitarra), John “bulldog” Tristao (voz e guitarra) e Steve Gunner (violão, teclado e percussão).

Fotos: Sophia Velho

O show começa com “Born on the bayou” e “Green fields”. Stu cumprimenta a platéia, e segue o show com “Cottom fields” e “Commotion”. Novamente falando com a platéia, Stu diz que a próxima música é como uma pergunta “o que diabos está acontecendo com o mundo?” e começa “who will stop the rain”, que é seguida por “Susie Q”, cantada por grande parte da platéia e contou com um longo e harmonioso solo de Elliot.

Neste momento, “Bulldog” fala pela primeira vez, agradecendo em português “Obrigado porto alegra” e dizendo que próxima música era especial para esta noite. Seguem com “Hey Tonight” e então Stu apresenta a banda, tendo destaque para o momento onde ele lembra que ele (Stu) e Doug são companheiros à “meio século”, e Doug sai da bateria para abraçar o companheiro de estrada.

Outro grande momento do show foi em “I heard it through the grapevine”, que teve solos de guitarra, baixo e até bateria.

Logo após vem “Bad Moon rising” e “Proud Mary” fazem o publivo cantar junto, e até mesmo dançar, e com “Fortunate son” encerra-se a primeira parte do show.

Após uma pequena saida do palco, aparentemente só para buscar bebidas, “Bulldog” pergunta ao público se já estão satisfeitos. Ao ouvir que não, ele diz “nem nós estamos” e pede que o publico não seja timido e cante a proxima música. Não seria nem necessário pedir, pois ao soares os primeiros acordes de “have you ever seen the rain” o publico se juntou numa só voz, que se sobrepôs a de “Bulldog”, e inclusive pode-se ver algumas pessoas chorando de emoção na plateia.

Depois de tocarem “Travelin band”, “Bulldog” começa a tirar sua guitarra, como se o show tivesse terminado. Então olha para seus companheiros de banda, e com um sorriso começa a proxima música, “Good Golly Miss Molly”.

Stu então, se despede do público, indicando que a próxima música seria realmente a ultima, e com “up around the bend” encerram um show que pareceu não apensas divertido para quem os assistiu, mas como para os próprios membros da banda, que mostraram que mesmo com toda a idade, uma turnê entre amigos, pode ser um grande espetáculo para o público, e ainda assim, uma diversão entre amigos.

Set List:
Born on the bayou
Green River
Cotton fields
Commotion
Who’ll stop the rain
Susie Q
Hey Tonight
Long as I can see the light
Down on the corner
Lookin’ out my back door
I heard it through the grapevine
Midnight Special
Bad Moon Rising
Proud Mary
Fortunate Son

Bis:
Have you ever seen the rain
Travelin’ Band
Good golly miss molly
Up around the bend

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Johnny Cash
10 músicas de rock que ele regravou

Todas as matérias e notícias sobre "Creedence Clearwater Revival"

Intrigas
Bandas em família que terminaram mal

Woodstock
Quanto faturaram Jimi Hendrix, Creedence, The Who...?

Sexta-Feira 13
Dez ótimas canções para se ouvir nessa data

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Creedence Clearwater Revival"

UCR
As 10 melhores músicas sobre guerra

Motorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

Dave Mustaine
Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman

Metallica: Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o showTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackBlack Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaCorey Taylor: "Scott Weiland é um preguiçoso de merda"Sebastian Bach: "Guns é maior que o Rock"Ghost: seriam eles na verdade o Molejo disfarçado?

Sobre Bruno Cascaes

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online