Barão Vermelho: biografia traz registro histórico em CD

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Barão Vermelho: biografia traz registro histórico em CD


  | Comentários:

Imagem
Em 2007, o Barão Vermelho anunciou férias por tempo indeterminado. Cinco anos depois, a banda retoma as atividades, desta vez para uma turnê – que deve começar em outubro próximo e durar até março de 2013 – em comemoração aos 30 anos de lançamento do primeiro disco, que será reeditado com novo trabalho de mixagem e masterização, além de trazer faixas bônus. Depois disso, de acordo com o vocalista e guitarrista Frejat, cada um vai para o seu lado. Momento oportuno para revisitar a trajetória do grupo, registrada em “Barão Vermelho – Por que a gente é assim” (editora Globo).

Está certo que biografias autorizadas não são exatamente confiáveis; autobiografias, então, são ainda mais suspeitas. Pois a do Barão Vermelho foi escrita a seis mãos: pelo baterista e fundador Guto Goffi; pelo “descobridor”, produtor e mentor da banda, Ezequiel Neves; e pelo jornalista Rodrigo Pinto. Talvez não seja o caso de acusá-los de falta de isenção, até porque alguns temas-tabu (como drogas) são tratados abertamente no livro. Porém, a obra não traz muitas novidades – pelo menos para os seguidores mais fiéis do conjunto.

É sabido de todos, por exemplo, que os primeiros passos do Barão foram bem menos tortuosos que os das demais formações de sua geração, já que, desde o início, em 1981, o grupo era cercado de bons contatos – o pai do tecladista Maurício era gerente de promoções do jornal carioca O Globo e o pai de Cazuza era ninguém menos que João Araújo, presidente da Som Livre, braço fonográfico das organizações Globo (apesar de, segundo relato do livro, tal fator não ter influenciado a banda na hora de procurar o vocalista, indicado por Léo Jaime após um teste malsucedido para assumir o posto). Assim, o Barão Vermelho seria um dos primeiros nomes daquela safra a gravar um LP, autointitulado, em 1982.

Ao descrever os processos de criação e gravação de cada álbum, o livro suscita o debate sobre qual seria a melhor fase do conjunto, discussão antiga entre os fãs – divididos entre os que defendem que os registros com Cazuza representam o ápice criativo do Barão Vermelho e aqueles que acreditam que o grupo, com Frejat à frente, manteve (ou mesmo superou) o nível das composições e das performances ao vivo. No entanto, é inegável que a saída do vocalista original (que ainda contribuiu em trabalhos posteriores) denunciaria as deficiências de ambos os lados. Enquanto o Barão sempre teve de recorrer a vários parceiros, principalmente para escrever as letras, a carreira solo de Cazuza, apesar de bem sucedida, nunca teve a consistência musical de sua ex-banda, já que o forte do cantor, morto em 1990, era a poesia.

A obra é organizada de forma não muito linear, com narrativas paralelas – que abordam desde as turnês até a relação dos músicos com as drogas – inseridas no meio de cada capítulo, quebrando o ritmo da leitura, o que pode incomodar alguns. Mas o grande atrativo de “Barão Vermelho – Por que a gente é assim” é mesmo o CD que acompanha o livro, reunindo as duas demos gravadas pela banda antes de assinar com a Som Livre. A primeira tape trazia “Billy João” (depois rebatizada “Billy Negão”) e “Certo Dia na Cidade”; o segundo registro continha as faixas “Conto de Fadas”, “Ponto Fraco”, “Por Aí”, “Rock’n Geral”, “Você me Acende” – versão de Erasmo Carlos para “You Turn me On”, de Ian Whitcomb – e o reggae “Nós”, que ficou de fora do CD.

Conforme dito no começo do texto, não há grandes surpresas nessa retrospectiva do Barão, mas o livro – com prefácio de Ney Matogrosso e comentários do CD por Frejat – garante momentos de nostalgia e diversão, com fotos de todas as épocas do grupo e histórias que já ganharam status de lenda – como no dia em que os integrantes foram atrás de uma mãe de santo para desfazer um “trabalho” feito para a banda –, e o mais bacana, parte dos royalties vai para a Sociedade Viva Cazuza, que ajuda crianças e adolescentes portadoras do vírus HIV.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Livros
Todas as matérias sobre "Barao Vermelho"

Cazuza: Show com holograma do cantor será transmitido ao vivo
Cazuza: exposição sobre o cantor no Museu da Língua Portuguesa
Rock in Rio: os campeões de participações no festival
Barão Vermelho: membros da formação original se reunirão no RIR
Barão: guitarrista lança segundo álbum solo
Barão: ouça novo álbum solo de Rodrigo Santos
Barão: baixista tocará na edição 2013 do RIR
Barão Vermelho: Goffi fala sobre RIR, Frejat e futuro
Charlie Brown Jr: Frejat comenta sobre morte de Chorão
Rock in Rio: homenagem a Cazuza terá holograma do cantor
Barão Vermelho: mais uma dose em São Paulo!
Barão Vermelho: chegou a ser chamado de Rolling Stones brasileiro
Barão Vermelho: veja show da banda de São Paulo
Barão Vermelho: "Política Voz" e "Tão Longe de Tudo" em SP
Barão Vermelho: música para toda vida em show de São Paulo

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas