Whiplash.NetMenuBuscaReload

Tad Morose: Uma obra prima perdida no tempo

Resenha - Modus Vivendi - Tad Morose

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Jeferson Alan Barbosa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Sempre tive uma curiosidade muito grande em conhecer o trabalho da banda sueca TAD MOROSE que a principio imaginei ser o nome do fundador da banda.

Guns N' Roses: Alguém no Brasil tem bala na agulha para bancar a banda?Iron Maiden: esperança e glória

Imagem

Por sorte, após assistir ao vídeo da música “Anubis”, acabei adquirindo depois de algum tempo, o ótimo cd “Modus Vivendi” que muito me impressionou devido as suas composições de primeira linha e a competência da banda no geral.

Neste trabalho encontramos uma banda afiadíssima, pronta para alcançar reconhecimento dentro do estilo, além de um trabalho muito bem feito de guitarras com um timbre pesado e absurdo, característico da banda, fato esse comprovado ao adquirir os outros cds anteriores a este.

Um dos destaques deste ótimo cd sem dúvida é o seu guitarrista fundador CHRISTER “KRUNT” ANDERSSON, que possui um estilo bem próprio de tocar mesclando peso e harmonia na medida certa no decorrer de todo o trabalho.

O outro destaque é a notória qualidade vocal de URBAN BREED, que desfila seu potente vocal, já amadurecido, lembrando com seu timbre de voz, o grande ZAKK STEVENS (SAVATAGE, CIRCLEIICIRCLE).

URBAN já tinha gravado com a banda os seguintes trabalhos “A Mended Rhyme” (1997), “Undead”(2000) e “Matter Of The Dark”(2002).

Entre as composições, além da maravilhosa “Anubis”, merecem destaque a inspirada “No Mercy” que tem sua base calcada entre o Hard e o Heavy.

“Cyberdome” lembra algo do ótimo “Operation Mindcrime” da banda QUEENSRYCHE, com uma linha melódica bem explorada pelo eficiente CHRISTER.

“Unwelcome Guest” nos remete a “In the Hall Of Mountain King” da banda SAVATAGE e “Life In A Lonely Grave” apresenta uma base rítmica cadenciada e interessante deixando o ouvinte ansioso para o que está por vir.

Para fechar a obra em grande estilo temos a também épica e maravilhosa “When The Spirit Rules The World” um verdadeiro clássico do estilo e que apresenta em sua parte melódica uma clara referência a “Gates of Babylon” da banda RAINBOW.

O trabalho conta ainda com 3 covers de bônus sendo: “Rainbow Demon” (URIAH HEEP), “Knowing Me, Knowing You” (ABBA) com uma ótima roupagem e outro show de URBAN BREED.

“Losing More Than You Ever Had (ACCEPT) é a escolha mais feliz entre os 3 covers apresentados, um trabalho fiel de guitarra onde a banda consegue de forma digna homenagear um dos grandes ícones do metal alemão.

Este trabalho na minha opinião, foi o responsável por uma certa ascensão da banda no cenário mundial onde eram pouco conhecidos e representou sem dúvidas um divisor de águas na carreira do TAD MOROSE

Uma pena que após o lançamento desse ótimo “Modus Vivendi” a banda parece ter sentido a saída de URBAN BREED e só voltaria a gravar em 2013 o álbum “Revenant” e “St. Demonius” de 2015.

Músicas
1.Anubis
2.No Mercy
3.Afraid To die
4.Clearly Insane
5.Cyberdome
6.Take On The World
7.Mother Shipton’s Words
8.Unwelcome Guest
9.Life In A Lonely Grave
10.When The Spirit Rules The World

Bônus
11.Rainbow Demon
12.Knowing Me, Knowing You
13.Losing More Than You Ever Had

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

 Compartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tad Morose"

Guns N' Roses
Alguém no Brasil tem bala na agulha para bancar a banda?

Iron Maiden
A ascenção, queda e ressurreição da Donzela

Rest in Playlist
Médium conta o que rockstars mortos ouvem hoje

Sepultura: um vocalista como Max é quase impossível de achar, diz AndreasLemmy Kilmister: imortalizado como personagem de GTA VJustin Bieber: detonado por tirar foto com camisa do MetallicaGuns N' Roses: Ellen Jabour conta como foi estar com bandaRob Zombie: fazer turnê com o Slayer não foi tão legal assimDream Theater: primeiro encontro de Mike Portnoy e Jordan Rudess

Sobre Jeferson Alan Barbosa

Comecei a ouvir Rock aos 12 anos, no inicio dos anos 80, meu primeiro disco foi "PETER FRAMPTON Special" mas foi através do extinto programa "Som Pop" exibido pela TV Cultura que passei a conhecer aquelas que seriam as minhas bandas preferidas, KISS e IRON MAIDEN. Como não tinha dinheiro, a única solução era pedir discos emprestados aos amigos, sendo que os primeiros foram: Fireball e Made In Europe (DEEP PURPLE), Saint n' Sinners (WHITESNAKE), Heaven and Hell (BLACK SABBATH), Iron Maiden (IRON MAIDEN) e Killers (KISS). Possuo um vasto acervo pessoal que incluem fotos, pôsteres e reportagens de muitas bandas, sendo o maior deles o da banda KISS. Assisti a inúmeros shows mas, destaco entre eles como sendo os de maior importância, as duas primeiras edições do Rock in Rio (85 e 91), onde assisti o melhor show da minha vida, o JUDAS PRIEST na tour do disco "Painkiller".

Mais matérias de Jeferson Alan Barbosa no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online