Cannibal Corpse: Mais um capítulo regado a muito sangue

Resenha - Gore Obsessed - Cannibal Corpse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O Cannibal Corpse tem se tornado uma das bandas mais influentes e polêmicas do Metal, ao lado de Morbid Angel, Deicide, Obituary e Death. Seus álbuns viraram clássicos para os fãs, bomba-relógio para os “moralistas” de todo o globo, por causa das suas CAPAS, sob a batuta do Vincent Locke. Com isso, países como a Alemanha, Nova Zelândia, Coréia do Norte e Austrália proibiram suas vendas e da banda tocar suas músicas dos três primeiros discos. Mesmo assim, não se intimidaram e se tornaram a única banda de Death Metal a figurar-se no Top 200 da Billboard, com mais de um minhão de cópias vendidas, juntando todos os discos da carreira. Além disso, seu maior feito foi a participação do filme Ace Ventura, protagonizado por Jim Carrey, fã confesso dos canibais.
Six Feet Under: guitarrista Jack Owen se junta à bandaCannibal Corpse: promotora de justiça russa quer banimento da banda

Mantendo sua formação, que contava com George “Corpsegrinder” Fischer (vocal), Alex Webster (baixo), Paul Mazurkiewicz (bateria), Pat O’Brien e Jack Owen (guitarras), o Cannibal se juntou com o produtor Neil Kernon (Queensryche, Nevermore, Dokken) para produzir o Gore Obsessed. Antes, eles iriam chamar Colin Richardson para produzir, mas por falta de espaço na agenda, pegaram o Neil.

Ouvindo o disco, dá para sacar que a banda está mais técnica, com músicas complexas e passagens cadenciadas. Não esperem um clássico como foram o Tomb Of The Mutilated (1992), Eaten Back To Live (1990), The Bleeding (1994) ou Vile (1996).

É impossível destacar a habilidade da banda, Alex continua monstruoso no baixo, Corpsegrinder está mais cavernoso. Paul toca de forma mais lenta e cadenciada, mas não perde a pegada brutal. Já as guitarras estão lá, afiadas e se revezando nos solos.

Faixas de destaque mesmo ficam para a Pit Of Zombies (que poderia ser trilha de qualquer filme de George Romero), Savage Butchery, Drowning In Viscera e Hatchet to the Dead. Como bônus, temos a cover de no Remorse, do Metallica, que fez o Gore Obsessed receber a alcunha de “aquele disco que tem a cover do Metallica”.

Esse disco ficou na 11ª posição da Billboard, aumentando ainda mais a ascensão do Cannibal Corpse. Mesmo não chegando aos pés da fase Chris Barnes, Gore Obsessed foi mais um capítulo, regado a muito sangue.

Formação:

George “Corpesegrinder” Fischer – vocal
Alex Webster – baixo
Paul Mazurkiewicz – bateria
Pat O’Brien – guitarra
Jack Owen – guitarra

Tracklist:

1-Savage Butchery
2-Hatchet To the Dead
3-Pit Of Zombies
4-Dormant Bodies Bursting
5-Compelled to Lacerate
6-Drowning In Viscera
7-Hung And Bled
8-Sanded Faceless
9-Mutation Of The Cadaver
10-When Death Replaces Life
11-Grotesque
12-No Remorse (Metallica cover Bonus track)

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Six Feet Under: guitarrista Jack Owen se junta à bandaDeath Metal: as dez maiores bandas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Cannibal Corpse"

Cannibal Corpse
Saiba como é dentro de um circle pit

Capas Assustadoras
Loudwire elege as Top 10 do Metal

Cannibal Corpse
Filhinha de 10 anos do baterista detesta a banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cannibal Corpse"

Cannibal Corpse
Promotora de justiça russa quer banimento da banda

Trilhas rock
As Top 10 eleitas pela LA Vynil Records Examiner

Álbuns ao vivo
10 grandes registros da história do rock

Em 08/03/1995: Ingo Schwichtenberg, baterista do Helloween, comete suicídioOzzy Osbourne: "Eu nunca demiti Zakk Wylde", diz o madmanBeavis e Butt-Head: 10 melhores comentários em video-clipesSeparados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker SpanielPattie Boyd: a linda garota que inspirou vários clássicos do rockMamonas Assassinas: músicos já sabiam que iam morrer?

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don´t Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online