Tradução - Cross Purposes - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando P. Silva, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

[I Witness]

Across the desert of the burning dark
A darkness which illuminates you
There's a place you've always wanted to be
Whose pleasures always did escape you
It's always been so out of reach
Nothing, so near, ever felt so far
And now it's here within your grasp
A never ending burning says it all

CHORUS
As you drive into the darkness
In front the future, behind you history
Caught alone in the dark night, do you think
That's the way it's supposed to be
You don't believe your eyes
'cos all they see is
Lies, oh yeah

You better run from the holy man
The eyes that will are set up on you
Listen not to verse and prayer
Songs that thrill and voices tempt you
The inner flame has fear of death
Never has light ever seemed so dark
Pilgrims of sabbocracy*
Hear the hounds of heaven
As they bark

CHORUS

I witness a time and a place that never dies
Still frozen in time
This darkness the only place that I can hide
I witness, a dream

[Eu Testemunho]

Pelo deserto da escuridão ardente
Uma escuridão que te ilumina
Há um lugar que você sempre quis estar
Cujos prazeres sempre te escaparam
Sempre estiveram fora de alcance
Nada, muito próximo, sempre tão distante
E agora está aqui em suas mãos
Uma chama infinita diz tudo

REFRAO
Enquanto você se dirige às trevas
Na frente o futuro, atrás de você a história
Pego sozinho na escuridão da noite, você acha
Que é assim que deveria ser?
Você não acredita em seus olhos
Pois tudo que eles vêem são
Mentiras, oh yeah

Melhor você fugir do homem santo
Os olhos que irão cravar em você
Não escute o verso e a oração
Canções que impressionam e vozes que te tentam
A chama interior tem medo da morte
Nunca a luz pareceu tão escura
Peregrinos da sabácracia*
Ouçam os cães-de-caça do paraíso
Enquanto eles ladram

REFRAO

Eu testemunho um tempo e um lugar que nunca morre
Ainda congelados no tempo
Esta escuridão, o único lugar que posso me esconder
Eu testemunho, um sonho

* Sabbocracy = Junção de Sabbath (Sabá) com o sufixo Cracy (Cracia). É um termo criado por Geezer Butler, no qual 'peregrinos' é uma referência aos fãs da banda.

[Cross Of Thorns]

Don't come closer, cos it ain't safe here
Just turn around now and walk away
I've gotta tell you, there are no rules here
Sometimes I wonder, what goes on there
Behind those eyes

CHORUS
When a promise is broken
And no one trusts you
Young ones crying with their heads in their hands
When you talk about saving
The souls of the faithful
You can't help thinking
You've got blood on your hands
From a cross of thorns

Tongues of fire always talking
Wasted words that ring in my ears
We're still waiting, losing patience
Will all the lies of 400 years
I've got to tell you, there are no rules here
Sometimes I wonder
What goes on there, behind those eyes

CHORUS

We gave you yesterdays
And now you want today
Oh, from the hands of death
We take our daily bread
Now all we do is choke
And the words that you once spoke
Fade away
Look at what you've done
Oh, it's a cross of thorns

Take away, this cross of thorns
Look at what you've done
It's a cross of thorns, cross of thorns.
When a promise is broken
And no one trusts you
You've got blood on your hands
From a cross of thorns

[Cruz de Espinhos]

Não se aproxime, pois não é seguro aqui
Apenas vire-se e vá embora
Eu tenho que lhe contar, não há regras aqui
As vezes eu me pergunto, o que acontece lá
Atrás daqueles olhos

REFRAO
Quando uma promessa é quebrada
E ninguém confia em você
Jovens chorando com as mãos no rosto
Quando você fala em salvar
As almas dos fiéis
Você não consegue parar de pensar (que)
Você tem sangue em suas mãos
De uma cruz de espinhos

Línguas de fogo sempre falando
Palavras perdidas que soam em meus ouvidos
Nós ainda estamos esperando, perdendo a paciência
Todas as mentiras de 400 anos
Eu tenho que lhe contar, não há regras aqui
As vezes eu me pergunto
O que acontece lá, atrás daqueles olhos

REFRAO

Nós te demos o ontem
E agora você quer o hoje
Oh, das mãos da morte
Nós tiramos nosso pão de cada dia
Agora tudo que fazemos é engasgar
E as palavras que você uma vez dissera
Desaparecem
Olha o que você fez
Oh, é uma cruz de espinhos

Jogue fora, esta cruz de espinhos
Olha o que você fez
É uma cruz de espinhos, cruz de espinhos
Quando uma promessa é quebrada
E ninguém confia em você
Você tem sangue em suas mãos
De uma cruz de espinhos

[Psychophobia]

Mortal eyes, looking through a veil of dreams
Hypnotized, and ever living soul with wings
Think you're god, but you never had control
Think you're loved, but there's no one there at all

CHORUS
My colours all ran dry
And now I see the world in black and white
It's too late now, it's time to kiss the rainbow
Goodbye

Poison tears running from a palsied face
Satan nears, descending on the human race
Think you're god, but you never had control
Think you're loved, but there's no one there at all

CHORUS

Listen to the wind, hear the gospel blows
Tell me that you don't hear what I'm hearing
And I will let you go
Look up to the sky, put your trust in me
Tell me that you ain't feelin' what I'm feelin'
And I will set you free

Look into the flame, see the embers glow
Tell me that you don't see what I'm seein'
And I will let you go
Look up at the sky, put your trust in me
Tell me that you ain't feelin' what I'm feelin' and I
Will set you free

Look into the flame, see the embers glow
Tell me that you don't see what I'm seein'
And I will let you go
Taste the holy blood, runnin from my veins
Tell me that you ain't feelin' what I'm feelin' and
I'll take away the pain
Yes I will now, oh yes I will
It's time to kiss the rainbow, goodbye

[Psicofobia]

Olhos mortais, olhando através de um véu de sonhos
Hipnotizados, e eternamente uma alma viva com asas
Acho que você é deus, mas você nunca teve controle
Acho que você é amado, mas não há ninguém lá afinal

REFRAO
Minhas cores secaram todas
E agora eu vejo o mundo em preto e branco
Agora é tarde demais, é hora de beijar o arco-íris e
Adeus

Lágrimas venenosas escorrendo de um rosto paralisado
Satã se aproxima, lançando-se sobre a raça humana
Acho que você é deus, mas você nunca teve controle
Acho que você é amado, mas não há ninguém lá afinal

REFRAO

Escute o vento, ouça o evangelho soprar
Diga-me que você não ouve o que eu estou ouvindo
E eu lhe deixarei ir
Olhe para o céu, deposite sua confiança em mim
Diga-me que você não está sentindo o que eu estou
E eu irei te libertar

Olhe dentro da chama, veja as brasas arderem
Diga-me que você não vê o que eu estou vendo
E eu lhe deixarei ir
Olhe para o céu, deposite sua confiança em mim
Diga-me que você não está sentindo o que eu estou
E eu irei te libertar

Olhe dentro da chama, veja as brasas arderem
Diga-me que você não vê o que eu estou vendo
E eu lhe deixarei ir
Prove o sangue sagrado, correndo de minhas veias
Diga-me que você não está sentindo o que eu estou
E eu irei tirar sua dor
Sim eu irei agora, oh sim eu irei
É hora de beijar o arco-íris, e adeus

[Virtual Death]

Reach out and take for me
Fruit of the poison tree
Give me your body and your soul
My youth is fading fast
Years melt into the past
This mortal life will take its toll

CHORUS:
I'm sick and tired of losing
You find this so amusing
It's all I have to keep myself
In this state I'm in

This park of nature's fire, my only one desire
This world is hanging by a thread

CHORUS:
I'm sick and tired of losing
You find this so amusing
It's all I have to keep myself
In this state I'm in

People always tried to change me
Alter everything I am
Though you find this so amusing
You left me in this state I'm in
Virtual death

You may think this existence
Is just a human weakness
Inside my mind it's near the end
Virtual death

I'm losing, I'm fading fast
I'm dying, virtual death

[Morte Virtual]

Estenda a mão e pegue para mim
O fruto da árvore venenosa
Me dê seu corpo e sua alma
Minha juventude está esmorecendo depressa
Os anos se desmancham no passado
Esta vida mortal cobrará seu preço

REFRAO:
Eu estou cansado de perder
Você acha isto tão divertido
É tudo que tenho para me manter
Neste estado em que me encontro

Este incêndio da natureza, meu único desejo
Este mundo está pendurado por um fio

REFRAO:
Eu estou cansado de perder
Você acha isto tão divertido
É tudo que tenho para me manter
Neste estado em que me encontro

As pessoas sempre tentaram me mudar
Alterar tudo que sou
Embora você ache isto tão divertido
Você me deixou neste estado em que estou
Morte virtual

Você pode pensar que esta existência
É apenas uma fraqueza humana
Dentro de minha mente o fim está próximo
Morte virtual

Eu estou perdendo, estou esmorecendo depressa
Eu estou morrendo, morte virtual

[Immaculate Deception]

In the daylight, comes darkness
On the verge of night a fear is born
Sweeter than the dream, the reality of you
Immaculate, deception

From the spirit runs poison
And the wheel of fortune is ever still
Sweeter than the light
The darkness of your soul
Immaculate, deception

Something has touched the spirit inside
Once there was love now there's a void
Nights of deception, ghosts in my mind
Am I bewitched, slave to desire

It's knowing that times keeps rolling on
Night after day, day after night
It's knowing that feeling of coming home
To where my spirit lies

It's knowing that feeling of coming home
To where my spirit lies

[Imaculada Decepção]

Na luz do dia, vem a escuridão
No limiar da noite um medo nasce
Mais doce do que o sonho, a sua realidade
Imaculada, decepção

Do espírito corre o veneno
E a roda da fortuna está sempre parada
Mais doce que a luz
A escuridão de sua alma
Imaculada, decepção

Algo tocou o espírito por dentro
Onde outrora havia amor agora há um vazio
Noites de decepção, fantasmas em minha mente
Estou enfeitiçado, escravo do desejo?

Ciente de que os tempos continuam transcorrendo
Noite após dia, dia após noite
Ciente daquela sensação de voltar pra casa
Para onde meu espírito jaz

Ciente daquela sensação de voltar pra casa
Para onde meu espírito jaz

[Dying For Love]

Can you hear, the people sing their song
To tunes of glory, they move as one
Refugees of liberation marching on
Sing your song, rock the nation
Write of wrongs

When you take a life and steal its shadow
All that's left is humanity

It's getting closer, change is bound to come
There's someone out there
Holding candles to the sun
Then an answer
Says that peace will come around
Stand in line, take your time and be proud

When you take a life and steal its shadow
All that's left is humanity
Take a man and steal tomorrow
All that's left is you and me

Hear them call you, soldiers all in the field of love
Brothers, sisters, children all dying for love

Refugees of liberation marching on
Sing your song, rock the nation
Write of wrongs

When you take a life and steal its shadow
All that's left is humanity
Take a man and steal tomorrow
All that's left is you and me

Hear them call you, soldiers all in the field of love
Brothers, sisters, children all dying for love

Hear them call you, dying for love
Those who know you, dying for love
Brothers, sisters, dying for love
Saints and sinners
Dying for love
Dying for love

[Morrendo Por Amor]

Consegue ouvir as pessoas cantando suas canções?
Para melodias de glória, elas se movem feito um só
Refugiadas da libertação, marchando adiante
Cante sua canção, sacuda a nação
Escreva sobre injustiças

Quando você tira uma vida e rouba sua sombra
Tudo que resta é a humanidade

Está se aproximando, a mudança está chegando
Há alguém lá fora
Segurando velas ao sol
Então uma resposta
Diz que a paz chegará
Fiquem em fila, não se apressem e fiquem orgulhosos

Quando você tira uma vida e rouba sua sombra
Tudo que resta é a humanidade
Pega um homem e rouba o amanhã
Tudo que resta é você e eu

Ouça-os te chamar, soldados todos no campo do amor
Irmãos, irmãs, crianças, todos morrendo por amor

Refugiadas da libertação, marchando adiante
Cante sua canção, sacuda a nação
Escreva sobre injustiças

Quando você tira uma vida e rouba sua sombra
Tudo que resta é a humanidade
Pega um homem e rouba o amanhã
Tudo que resta é você e eu

Ouça-os te chamar, soldados todos no campo do amor
Irmãos, irmãs, crianças, todos morrendo por amor

Ouça-os te chamar, morrendo por amor
Aqueles que te conhecem, morrendo por amor
Irmãos, irmãs, morrendo por amor
Santos e pecadores
Morrendo por amor
Morrendo por amor

[Back To Eden]

We are the star demons
Reaching out yeah
We want to touch your world
We are the dream makers, pure and sweet
We're gonna change your world

CHORUS:
When you're tired of giving reasons
And freedom fighting freedom
If you're searching for an answer
We can bring you back to Eden

There's no need for pain and anger
The power of peace can destroy the gun
Leave behind man's vanity yeah
And living life on the run

CHORUS

Is god forgiving, is this the final warning
Watching as the future turns
Science fiction, real life addiction
The human race will never learn

[De Volta Ao Éden]

Nós somos os demônios das estrelas
Estendendo as mãos, sim
Nós queremos tocar o seu mundo
Nós somos os criadores do sonho, puro e doce
Nós vamos mudar seu mundo

REFRAO:
Quando você está cansado de dar explicações
E liberdade combatendo liberdade
Se você está procurando uma resposta
Nós podemos trazer você de volta ao Éden

Não há necessidade para dor e raiva
O poder da paz pode destruir a arma
Deixe para trás a vaidade do homem, sim
E viva a vida pra valer

REFRAO

Deus perdoa? Este é o aviso final?
Observando enquanto o futuro transforma
Ficção científica, vício da vida real
A raça humana nunca aprenderá

[The Hand That Rocks The Cradle]

Young life, too young
Whose eyes are choking
Can't rest, can't sleep
For dreams that set you falling
Don't feel the hunger
Can't drink no holy water
No light in these eyes
No place for dreams at all
Tonight

When the hand that rocks the cradle
Is the hand that holds the knife
And the knife that cuts the cable
Kills the spark that feeds the life

CHORUS:
No grave could be deep enough
Down to hell if we were able
The veil of life was pushed aside
By the hand that rocks the cradle

The oath you take is sacred
To save not steel a life
Like the passing of the sweetest soul
That looked through human eyes

CHORUS

Young life, too young
Whose eyes are choking
Can't rest, can't sleep
For dreams that set you falling
Don't feel the hunger
Can't drink no holy water
No light in these eyes
No place for dreams at all
Tonight

CHORUS

It's the hand that rocks the cradle
Is the hand that steels the life

[A Mão Que Balança O Berço]

Vida jovem, jovem demais
Cujos olhos estão sufocando
Não consegue descansar, não consegue dormir
Pois os sonhos que te puseram em queda
Não sentem fome
Não conseguem beber nenhuma água-benta
Sem luz nestes olhos
Sem espaço para sonhos
Esta noite

Quando a mão que balança o berço
É a mão que segura a faca
E a faca que corta o cabo
Mata a centelha que alimenta a vida

REFRAO:
Nenhum túmulo poderia ser profundo o bastante
Até o inferno se fôssemos capazes
O véu da vida foi posto de lado
Pela mão que balança o berço

O juramento que você fez é sagrado
Não para salvar uma vida
Como a passagem da mais doce alma
Que olhou através de olhos humanos

REFRAO

Vida jovem, jovem demais
Cujos olhos estão sufocando
Não consegue descansar, não consegue dormir
Pois os sonhos que te puseram em queda
Não sentem fome
Não conseguem beber nenhuma água-benta
Sem luz nestes olhos
Sem espaço para sonhos
Esta noite

REFRAO

É a mão que balança o berço
É a mão que acera a vida

[Cardinal Sin]

Where do you go
When your conscience takes over
Do you crawl to your corner and cry
Did you imagine that no one would notice
Just a secret to take when you die

All the world is watching you
Every tongue is screaming sinner

How are your dreams, do they claw at your sleep
Making darkness a place you despise
Where is the god, that once was your strength
Are you sure he was there from the start.

All the world is watching you
Nowhere you can hide
Every tongue is screaming sinner
Only satan hears your cries

When you sin cardinal sin
You make your bed and on it you must lie
And your futures looking grim
But did you ever give a damn about the child
He's running wild*
When you sin cardinal sin
Don't you expect the world will treat you well
We say oh, go to hell

We point the finger, sin cardinal sin
Laugh in your face, sin
Cardinal sin
We point the finger, laugh in your face
Cos you're no better
Than the rest of the human race

Oh sin cardinal sin, oh sin cardinal sin

[Pecado Cardeal]

Aonde você vai
Quando sua consciência te domina?
Você se arrasta para um canto e chora?
Você imaginou que ninguém notaria?
Apenas um segredo a arrancar quando você morrer

O mundo todo está te observando
Toda língua está gritando pecador

Como estão seus sonhos, eles se agarram em seu sono?
Fazendo da escuridão um lugar que você despreza
Onde está o deus que uma vez era a sua força?
Você tem certeza que ele estava lá desde o início?

O mundo todo está te observando
Em nenhuma parte você pode se esconder
Toda língua está gritando pecador
Só satã ouve seus gritos

Quando você peca, pecado cardeal
Você arruma sua cama e nela você tem que deitar
E seus futuros olhares macabros
Mas você se importava com o menino?
Ele age sem controle*
Quando você peca, pecado cardeal
Não espere que o mundo te trate bem
Nós dizemos oh, vá para o inferno

Nós apontamos o dedo, pecado cardeal
Rimos na sua cara, pecado
Pecado cardeal
Nós apontamos o dedo, rimos na sua cara
Pois você não é melhor
Que o resto da humanidade

Oh pecado pecado cardeal, oh pecado pecado cardeal

* Running wild = Expressão idiomática. Se enfurecer, perder o juízo, agir sem controle, fazer tudo o que lhe der na telha.

[Evil Eye]

Something about the way that you look on me
You watch every move
Every word, every fantasy
Got no time for love
There's something on your mind
Got the face of an angel
But the stare of a devil inside

CHORUS
Got hell looking up, heaven looking down
People say the woman's got an evil eye
Got hell looking up, heaven looking down
Free me from the woman with the evil eye

I turn away but still I see that evil stare
Trapped inside my dreams
I know you're there
Thoughts of happiness
You destroyed them all
First inside my head
Then inside my soul

CHORUS
Got hell looking up, heaven looking down
People say the woman's got an evil eye
Got hell looking up, heaven looking down
Free me from the woman with the evil eye

[Mau Olhado]

Algo de estranho da maneira como você me observa
Você observa cada movimento
Cada palavra, cada fantasia
Não tem tempo para o amor
Há algo em sua mente
Tem o rosto de um anjo
Mas o fitar de olhos de um demônio por dentro

REFRAO
O inferno olhando pra cima, o paraíso olhando pra baixo
As pessoas dizem que esta mulher tem um mau olhado
O inferno olhando pra cima, o paraíso olhando pra baixo
Me livre desta mulher com o mau olhado

Eu me afasto mas ainda vejo aquele olhar diabólico
Aprisionado dentro de meus sonhos
Eu sei que você está lá
Pensamentos de felicidade
Você destruiu todos
Primeiro dentro da minha cabeça
Depois dentro de minha alma

REFRAO
O inferno olhando pra cima, o paraíso olhando pra baixo
As pessoas dizem que a mulher tem um mau olhado
O inferno olhando pra cima, o paraíso olhando pra baixo
Me livre desta mulher com o mau olhado




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


Black Sabbath: cronologia dos dez vocalistas que passaram pela banda (vídeo)Black Sabbath
Cronologia dos dez vocalistas que passaram pela banda (vídeo)

James Hetfield: Tony Iommi comenta sua volta à reabilitaçãoJames Hetfield
Tony Iommi comenta sua volta à reabilitação

Black Sabbath: Bill Ward lança música dedicada às vítimas de tiroteio em Las VegasBlack Sabbath
Bill Ward lança música dedicada às vítimas de tiroteio em Las Vegas

Black Sabbath: nova versão de War Pigs em trailer de King's Man; A OrigemBlack Sabbath
Nova versão de "War Pigs" em trailer de "King's Man; A Origem"

Grandes covers: cinco versões para Children Of The GraveGrandes covers
Cinco versões para "Children Of The Grave"

Em 25/09/1972: Black Sabbath lançava o inovador Vol. 4Em 25/09/1972
Black Sabbath lançava o inovador Vol. 4

Bill McClintock: Sabbath 3x, Creedence, Ozzy solo e Ohio Players juntos

Grandes covers: cinco versões para a imortal ParanoidGrandes covers
Cinco versões para a imortal "Paranoid"

Ozzy Osbourne: qual a música que mais marcou o madmanOzzy Osbourne
Qual a música que mais marcou o madman

Black Sabbath: Geezer Butler explica porque trocou a guitarra pelo baixoBlack Sabbath
Geezer Butler explica porque trocou a guitarra pelo baixo

Instrumental: dicas de hoje, um clássico do cinema e outro do metal

Ozzy Osbourne: Geezer Butler e Bill Ward não falaram com ele desde suas internaçõesOzzy Osbourne
Geezer Butler e Bill Ward não falaram com ele desde suas internações

Em 18/09/1970: Black Sabbath lançava o clássico Paranoid

Black Sabbath: 10 músicas lado b tão legais quanto as clássicas - Parte 1Black Sabbath
10 músicas "lado b" tão legais quanto as clássicas - Parte 1

Jeff Fenholt: ex-Black Sabbath e Jesus Cristo Superstar morre aos 68 anosJeff Fenholt
Ex-Black Sabbath e Jesus Cristo Superstar morre aos 68 anos

Black Sabbath: a icônica resenha de Lester Bangs sobre Black SabbathBlack Sabbath
A icônica resenha de Lester Bangs sobre Black Sabbath

Max Cavalera: Korn, FNM e Black Sabbath nas gravações do RootsMax Cavalera
Korn, FNM e Black Sabbath nas gravações do "Roots"

Loudwire: os 25 melhores álbuns de estreia do MetalLoudwire
Os 25 melhores álbuns de estreia do Metal


Metallica: A reação de James a famosos usando camisetas da bandaMetallica
A reação de James a famosos usando camisetas da banda

Chris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morteChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte

Sepultura: Andreas Kisser explica por que nunca rolará reuniãoSepultura
Andreas Kisser explica por que nunca rolará reunião

Keith Richards: colocando Justin Bieber em seu devido lugarKeith Richards
Colocando Justin Bieber em seu devido lugar

Hair Metal: Os maiores cabelos da história do rock pesadoHair Metal
Os maiores cabelos da história do rock pesado

Ratos de Porão: ao vivo nos programas de Angélica e Gugu?Ratos de Porão
Ao vivo nos programas de Angélica e Gugu?

Iron Maiden: Nicko McBrain comenta como foi parar de beberIron Maiden
Nicko McBrain comenta como foi parar de beber


Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor.

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336