Matérias Mais Lidas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Shaman: quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018Shaman
Quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Nervosa: é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católicoNervosa
"é difícil ser músico de rock/metal no Brasil, um país muito católico"

Gilby Clarke: Axl Rose foi quem te demitiu, certo?Gilby Clarke
"Axl Rose foi quem te demitiu, certo?"

Black Sabbath: banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro discoBlack Sabbath
Banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro disco

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Lockdown: lançando single e clipe para a faixa DesprezoLockdown
Lançando single e clipe para a faixa "Desprezo"

Supla: Papai é petista, mamãe é golpista e eu sou anarquista!Supla
"Papai é petista, mamãe é golpista e eu sou anarquista!"

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Soulfly: banda está gravando novo álbum de estúdio, que segundo Max, será selvagemSoulfly
Banda está gravando novo álbum de estúdio, que segundo Max, será "selvagem"


Matérias Recomendadas

Ivete Sangalo: Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e RushIvete Sangalo
"Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991

Bon Jovi: chocando companheiros de banda com confissãoBon Jovi
Chocando companheiros de banda com confissão

Separados no nascimento: Cazuza e Lauro CoronaSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

Planno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)Planno D
10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)

Stamp
Tunecore

Phil Collins e Pretenders: encontro nunca imaginado em POA

Resenha - Phil Collins e Pretenders (Estádio Beira-Rio, Porto Alegre, 27/02/2018)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karen Waleria
Enviar Correções  




















Porto Alegre foi a capital escolhida para encerrar a tour brasileira que passou pelo Rio de Janeiro e São Paulo, antes de desembarcar em solo gaúcho.

Dois dos maiores nomes do pop rock do mundo. Numa mesma noite, THE PRETENDERS e PHIL COLLINS compartilhando um mesmo palco.
Algo impensável há pouco tempo atrás, um encontro nunca imaginado.

DUCA LEINDECKER foi a primeira atração a subir ao palco na noite de shows da última terça-feira, dia 27 de fevereiro, no Estádio Beira-Rio em Porto Alegre.

O cantor que já abriu os show de Bob Dylan e David Gilmour, abriu a noite para outras duas lendas da música mundial.

Segundo Duca declarou recentemente, o músico britânico e sua antiga banda, GENESIS, influenciaram a sua carreira, que já contabiliza mais de 30 anos.

Nos primeiros minutos da apresentação começou a chover. E essa chuva foi aumentando de intensidade até virar uma tempestade.

O público presente enfrentou a chuva; vestiram capas e aproveitaram o show.Todos foram contagiados pela música de Duca.
Foi bonito ver o público cantando junto com o músico, sem se importar com a intempérie do tempo.

O cantor, compositor e instrumentista iniciou a sua apresentação solo pontualmente às 18h45. Tocando as músicas mais importantes da sua carreira solo e também do "Cidadão Quem" como "Dia Especial", "Pinhal" e "Girassóis" entre outras. Veja setlist a seguir.

Antes de encerrar seu set, o músico agradeceu muito ao público e brincou que ia tocar "Girassóis" no meio daquela chuvarada. (risos)

"É sempre uma grande oportunidade abrir para grandes shows, e uma honra. Foi demais tocar antes de Pretenders e Phil Collins no Beira-Rio! Foi muita chuva, mas com muita vibe" declarou, Duca Leindecker, ao Rocksblog.

Antes de deixar o palco anunciou que no final do corrente mês lançará seu novo disco, "Baixar Armas", primeiro trabalho depois de "Plano Aberto" de 2015.

Setlist:
Música Inédita
Mais uma pra garantir
Dia Especial
Amanhã Colorido
Bossa
Ao Fim de Tudo
Iceberg
Do nosso tempo
Pinhal
Girassóis

Por causa da forte chuva, que começou durante a performance da atração local da noite, os shows posteriores foram atrasados, até por segurança das próprias bandas, bem como das equipes técnicas.

Valeu a pena essa espera, pois quando a banda de rock anglo-americana THE PRETENDERS, uma das mais importantes bandas de rock criada no final dos anos 70, iniciou a sua performance, a tempestade tinha se dissipado.

A banda capitaneada pela estadunidense Chrissie Hynde (vocal e guitarra) conta com Nick Wilkinson (baixo), James Walbourne (guitarra), Eric Heywood (guitarra), Carwyne Ellis (teclados) e Martin Chambers (baterista). Da formação original só Chrissie e baterista permanecem.

Num palco minimalista a banda mostrou como se faz o bom, velho e único Rock N' Roll, com direito a muitos riffs, solos.

O grupo apresentou músicas recentes da banda, da carreira solo da frontwoman e covers que agitaram o público. Quando da execução dos clássicos como "Back On The Chain", "Don't Get Me Wrong" o público cantou a plenos pulmões junto com Chrissie.

Quando da execução de "I'll Stand by You"...A emoção tomou conta dos presentes. Muitos se emocionaram ao ouvir sucessos que até hoje tocam em rádios, que embalaram a sua juventude, alí diante deles, entre eles me incluo. Veja o setlist abaixo.

Chrissie tem nada menos do que 66 anos de idade.
Quem a vê em ação custa a acreditar nisso, tamanha a vitalidade da cantora, além da sua ótima forma física.

Na hora penso, naquela premissa, quando se faz o que se gosta, não tem erro.Se sente, nitidamente, o prazer com que ela se apresenta.
Abre aspas, no quesito energia, atitude, difícil superar a cantora.

"Middle of the Road" fechou com chave de ouro o set; com direito a solo de Chrissie na gaita harmônica. Arrebatou a todos os presentes.

E que voz belíssima, forte, afinada!! Mesmo timbre marcante de sempre. Faz juz ao apelido "Dama do Rock".

Longa vida, Chrissie Hynde!!
Longa vida, Pretenders!!

O público era formado numa grande parte por pessoas na faixa dos 30 aos 50 anos, mas também se viam muitos jovens. Pais levando filhos, avós acompanhando netos, casais...Um público bem heterogêneo.

Setlist:
Alone
Talk Of The Town
Back On The Chain Gang
Private Life
Message Of Love
Hymn To Her
Stop Your Sobbing (The Kinks cover)
Brass In Pocket
I'll Stand By You
Forever Young (Bob Dylan cover)
Down the Wrong Way (Chrissie Hynde song)
Don't Get Me Wrong
Mystery Achievement
Middle Of The Road

Eram 22 horas quando Philip David Charles Collins, mais conhecido como PHIL COLLINS, atração principal da noite iniciou a sua performance. Foi ovacionado ao subir no palco.

"Boa noite, Porto Alegre. Isso é tudo que eu sei em português", disse o músico.

Ao contrário dos Pretenders, Phil trouxe um aparato tecnológico de peso, com telões, spots. Uma banda composta de 14 músicos, destaque para o Leland Sklar (baixo) e Daryl Stuermer (guitarra) que pertencia ao Genesis, os backing vocals e o quarteto de metais.

O músico britânico, como domínio público, está impossibilitado de tocar bateria, está se locomovendo com o auxílio de uma bengala e canta sentado numa cadeira durante todo o show. Mas a sua voz está em ótima forma, afinada, com vocais precisos.

Phil Collins dominou a multidão que compareceu no Beira-Rio durante todo o show.

Quanto às baquetas? Elas estão em muito boas mãos.
Nicholas Collins, de 16 anos, mostrou que tem o DNA da música, assim como seu progenitor.

O setlist irretocável, passou pela carreira solo do britânico, aliás é a primeira vez que o hitmaker se apresentou, em turnê solo, em Porto Alegre. O músico só havia se apresentado por aqui com a sua ex banda, o Genesis, banda que o tornou conhecido. Obviamente o repertório também contou com sucessos da banda de rock progressivo como "Follow You Follow Me" e "Invisible Touch". Veja abaixo o setlist completo.

A mega performance de aproximadamente 1h30 Phil Collins termina com a animada "Sussúdio", com uma chuva de confete e serpentina.

Os músicos se despedem e saem do palco. Retornando rapidamente para um bis pequeno, com "Take me Home".

Quando as luzes foram acessas, só se viam sorrisos.
Se viam também pessoas paradas olhando para o palco como se não acreditassem no espetáculo que acabaram de presenciar. Algumas pessoas paradas, perplexas com o que acabaram de assistir, sem vontade de ir embora, mas sempre com sorrisos em seus rostos.
É nesse momento que se entende o por quê de Phil Collins ter vendido mais de 100 milhões de discos. Poucos são os mortais que conseguiram esse feito.

Poucos teriam coragem de se apresentarem com essa grande impossibilidade física; poucos conseguiriam se apresentarem da forma brilhante como ele se apresentou.

Mostrou a todos que está muito vivo, vivo para enCANTAR por nuito tempo. Mostrou que "Not Dead Yet", que literalmente, "Ainda não estou morto" como alguns pensavam.

Faltaram músicas no set? Faltaram.
É impossivel criar um set que contemple todos seus hits, é impossível criar um set completo, em se tratando de um dos maiores hitmakers que já existiram, que existem.

Acredito que muitos dos felizardos que compareceram ao show ainda estejam rememorando o histórico show.

Nós estamos no início do ano de 2018 e ouvi pessoas falando que assistir esse show já valeu pelo ano inteiro. Esse show, com certeza, será um dos melhores shows da década.

Que bom, que ótimo para nós que Phil Collins voltou aos palcos, revertendo a sua aposentadoria.

Longa vida à boa música!!
Longa vida a Phil Collins!!

Setlist:
Against All Odds (Take a Look at Me Now)
Another Day in Paradise
I Missed Again
Hang in Long Enough
Wake Up Call
Throwing It All Away (Genesis song)
Follow You Follow Me (Genesis song)
Only You Know and I Know
Separate Lives (Stephen Bishop cover)
Something Happened on the Way to Heaven
In the Air Tonight
You Can't Hurry Love (The Supremes cover)
Dance Into the Light
Invisible Touch (Genesis song)
Easy Lover (Philip Bailey cover)
Sussudio

Bis:
Take Me Home

Fotos: Marcos Nagelstein/Agência Preview

Agradecimentos à Agência Preview