Warrel Dane: Resenha e fotos do show no Hangar 110

Resenha - Warrel Dane (Hangar 110, São Paulo, 30/01/2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Diego Nascimento
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Depois de passar pela Europa no final de 2015 com a “Dead Heart In a Dead World 15th Anniversary Tour”, Warrel Dane voltou ao Brasil para mais um show no Hangar 110, em São Paulo. O set list foi composto majoritariamente por canções dos discos “Dreaming Neon Black” e “Dead Heart In a Dead World” do NEVERMORE, além de músicas de sua carreira solo.

5000 acessosRicardo Confessori: Fora o Kiko, ninguém conseguiu mais nada5000 acessosZakk Wylde: cinco momentos insanos do guitarrista

Antes de falar sobre o evento, devo comentar sobre algo que muitos dos que estavam presentes no local devem ter percebido. Warrel não aparentava estar bem, o que gerou diversos tipos de comentários e teorias. No entanto, segundo integrantes da banda que o acompanha, o vocalista tem diabetes e no dia da apresentação estava com baixo nível de açúcar no sangue. Houve a possibilidade de cancelamento do concerto, mas por respeito aos fãs, Warrel Dane resolveu se apresentar.

Apesar dos contratempos, o frontman não deixou a peteca cair. Após a introdução de “Ophidian”, o público foi à loucura com a poderosa “Beyond Within”, seguida por “The Dead of Passion”. Contudo, também houve momentos de calmaria com “Forever” e “Dreaming Neon Black”, com direito a coro do público no refrão.

Talvez pela pouca familiaridade, a plateia esfriou nas execuções de “When We Pray” e “Brother”, canções do disco “Praises To The War Machine”, trabalho solo do vocalista. Porém, “Narcosynthesis” incendiou o Hangar 110 novamente, criando um grande mosh pit, assim como “We Desintegrate” e “Inside Four Walls”. O show foi encerrado com a ótima “This Godless Endeavor”.

O concerto foi 100% carente de canções do SANCTUARY. Inclusive, “Future Tense” estava prevista para encerrar a apresentação, conforme constava no set list pregado no palco. Todavia, não foi executada por motivos desconhecidos.

Apesar disso e também levando em consideração o estado de Warrel Dane, foi um ótimo show. O vocalista do SANCTUARY/NEVERMORE foi um verdadeiro guerreiro no palco. Sem falar na excelente banda que o acompanha, formada por músicos extremamente competentes.

Line up:

Warrel Dane – Vocal
Johnny Moraes – Guitarra
Thiago Oliveira – Guitarra
Fábio Carito – Baixo
Marcus Dotta – Bateria

Set list:

1- Ophidian (Intro)
2- Beyon Within
3- The Death of Passion
4- Poison Godmachine
5- The Fault of The Flesh
6- Forever
7- Dreaming Neon Black
8- When We Pray
9- Brother
10- Precognition
11- Narcosynthesis
12- We Desintegrate
13- Inside Four Walls
14- The River Dragon Has Come
15- The Heart Collector
16- Believe In Nothing
17- Dead Heart, In a Dead World

Bis
18- This Godless Endeavor

Texto original em:
http://www.mosaicorock.com.br/resenha-show-do-warrel-dane-sa...

Informações, programas e entrevistas do mundo do Rock em:
http://www.mosaicorock.com.br

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/Mosaico-Rock-759097130861515/
https://www.youtube.com/channel/UCzlqF6VKhJvlHSglZfGyBjg/fee...

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nevermore"

VH1VH1
Os vinte guitarristas mais influentes da era moderna

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Warrel Dane"0 acessosTodas as matérias sobre "Nevermore"0 acessosTodas as matérias sobre "Sanctuary"

Ricardo ConfessoriRicardo Confessori
Fora o Kiko, ninguém conseguiu mais nada

Zakk WyldeZakk Wylde
Cinco momentos insanos do guitarrista

Heavy MetalHeavy Metal
Os melhores álbuns de 2009 segundo o About.com

5000 acessosBon Jovi: "Vamos transar ou falar sobre o disco?"5000 acessosDream Theater: "Foi embora de vez, para sempre", diz Mangini sobre Portnoy5000 acessosAlemanha: as dez maiores bandas de Metal do país5000 acessosPantera: sem guitarras, com pianos, violinos, violoncelos5000 acessosMetalhammer: 10 ridículos anúncios no Heavy Metal5000 acessosGrohl: "quase saí do Nirvana depois de críticas de Cobain"

Sobre Diego Nascimento

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online