Matérias Mais Lidas

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Bon Jovi: Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de These DaysBon Jovi
Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de "These Days"

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Megadeth: todas as músicas que aparecem na faixa escondida de Capitol PunishmentMegadeth
Todas as músicas que aparecem na faixa escondida de "Capitol Punishment"


Matérias Recomendadas

Metallica: gosto musical impediu que se tornassem um MaidenMetallica
Gosto musical impediu que se tornassem um Maiden

Bon Jovi: as fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985Bon Jovi
As fotos do vocalista com mulheres nuas em 1985

A7X: Curiosidades sobre a banda que talvez você não saibaA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Metal Sucks: Top 25 vocalistas do metal modernoMetal Sucks
Top 25 vocalistas do metal moderno

Tunecore
Malvada

Avenged Sevenfold: Mostrando uma versatilidade incrível

Resenha - Avenged Sevenfold (Pepsi On Stage, Porto Alegre, 22/03/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme Dias
Enviar Correções  



























Um caso raro para Porto Alegre aconteceu no dia 22/03/2014. O show de heavy metal da banda AVENGED SEVENFOLD foi recebido em pleno sábado para o público gaúcho. Uma surpresa, pois normalmente shows desse porte são recebidos no sul de domingo a quinta-feira (o que é muito ruim para quem trabalha, estuda e que eventualmente perde a oportunidade de comparecer a grandes eventos).

Fotos por Liny Rocks®
facebook.com/photoslinyrocks

O som mecânico da casa de shows Pepsi On Stage tocava clássicos do metal como METALLICA e IRON MAIDEN. Quando começou a tocar a clássica "Back In Black" (AC/DC) o público se animou muito, pois essa música está introduzindo a maioria dos shows da banda na turnê atual.

Promovendo o seu sexto álbum de estúdio "Hail To The King" a banda subiu ao palco com a música que abre o disco, "Shepherd of Fire", levando o público a loucura logo no início do show. Logo em seguida a banda emendou "Critical Acclaim" que abre o quarto disco da banda. Após as duas primeiras músicas da noite, o quinteto americano liderado por M. Shadows (vocal) conversa com o público e a banda toca um dos seus maiores clássicos; "The Beast and the Harlot" levantou 100% dos presentes que cantaram toda a música, desde a introdução de Synyster Gates (guitarra) e Zacky Vengeance (guitarra) até o seu último segundo.

Em seguida a banda toca a música que é single e que dá nome ao último disco "Hail to the King" seguida de "Doing Time", também do último álbum do grupo.

M. Shadows (vocal) diz para o público que o show de Porto Alegre encerraria a passagem da banda pelo Brasil e os primeiros acordes de "Buried Alive" foram tocados pelas guitarras, fazendo com que os fãs gritassem muito e cantassem novamente sem parar.

Relembrando a última passagem da banda em Porto Alegre, M. Shadows anuncia a balada "Seize The Day" e disse para o público que esse show seria diferente do apresentado na turnê anterior. Mais um clássico da banda é apresentado. No maior estilo de HELLOWEEN e IRON MAIDEN, os solos dobrados das guitarras de "Nightmare" alucinam os presentes. Saindo de um momento "heavy" para um momento "metalcore", a banda proporciona a primeira oportunidade de uma "roda punk" para os fãs com a música "Eternal Rest" do segundo disco da banda, intitulado "Walking Tht Fallen".

Synyster Gates (guitarra) fica sozinho no palco para fazer o seu solo, esbanjando muita técnica e criatividade, algo que está presente de sobra na banda de um modo geral, tanto pelo guitarrista Zacky, como também por Johnny Christ (baixo) e Arin Ilejay (bateria).

Aproximando-se do fim do show, mais uma música muito conhecida é executada de forma perfeita pela banda; "Afterlife" (também do disco AVENGED SEVENFOLD) é cantada por todo o público, inclusive abafando o som da própria banda devido à acústica do local do show.

Após "Almost Easy" a banda sai do palco para em seguida retornar para o bis. A pesada "Unholy Confessions" dá espaço para mais uma "roda punk". M. Shadows dedica a música seguinte para o falecido baterista da banda "The Rev" e a banda encerra o show com "A Little Piece of Heaven", que teve inclusive playback com a voz de The Rev nas partes da música em que ele cantava, mas que foi pouco notado devido à cantoria dos fãs, que já sabiam que esse seria o final do show, pois a maioria dos shows da turnê terminaram dessa forma.

O A7X (como é apelidada a banda) mostrou em seu show uma versatilidade incrível do seu som dentro do heavy metal. Uma banda que faz o seu próprio som, usando o melhor de suas influências que passam pelo hard rock, heavy e thrash metal. A popularidade da banda não dá muito espaço para a banda entre os fãs do heavy metal de um modo geral. O público tem como base a juventude que leva a banda no patamar que está, mas que está se ampliando com um púbico mais veterano, que também estava presente em peso no show e que certamente aumentará em futuras passagens pela banda em Porto Alegre.


Outras resenhas de Avenged Sevenfold (Pepsi On Stage, Porto Alegre, 22/03/2014)

Avenged Sevenfold: Consolidando novo público em Porto AlegreAvenged Sevenfold
Consolidando novo público em Porto Alegre