RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemPitty Purple: cantora aparece nas redes com vestido roxo e ganha elogios dos seguidores

imagemDavid Coverdale lista seus 20 álbuns preferidos do rock britânico

imagemCom tempo de sobra, Bruce Dickinson também faz segurança em show do Iron Maiden

imagemGuns N' Roses compartilha foto incrível de show realizado em São Paulo

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemManeskin e o grande temor que Gastão Moreira tem em relação à banda

imagemO revoltante motivo que fez gravadora não aceitar Jairo Guedz como baixista do Ministry

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemO protagonismo do Sepultura em relação a Anitta, segundo João Gordo

imagemPor que Casagrande precisou de escolta de psicóloga para participar de programa de Gordo?

imagemAs músicas do Megadeth que Kiko Loureiro mais gosta de tocar ao vivo

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemGordo comenta por que trabalhou para Record mesmo após lançar músicas contra igreja


Stamp

Limp Bizkit: no primeiro dia, a banda que mais animou a plateia

Resenha - Limp Bizkit (Monsters of Rock, São Paulo, 19/10/2013)

Por Diego Camara
Em 22/10/13

Não sou nem um pouco fã da banda, mas há de se tirar o chapéu: sabem melhor que ninguém animar o público. No Monsters of Rock não foi nada diferente, e o grupo liderado pelo controverso Fred Durst conseguiu detonar no show e fazer uma das apresentações mais animadas de todo o Monsters of Rock.

Já pra começo de conversa a banda, conhecida pelas suas versões cover, abriu com a música "Thieves" do MINISTRY. Uma pancada no som e nos sintetizadores que de primeira já ganhou o público, que pulou e se debateu nas rodas que foram se formando na pista do Anhembi.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em uma sequência de músicas autorais a banda entrou com "Rollin’", puxada ao som do rap por Durst. Foi difícil para o público que estava mais contido na primeira música não se animar frente ao som da música, especialmente com as luzes que, já a partir deste horário, causavam efeitos bonitos sobre o telão e o palco.

Seguida por "Hot Dog", também do álbum "Chocolate Starfish and the Hot Dog Flavored Water", tivemos um dos melhores momentos do show com o público cantando firme o refrão. A puxada da guitarra do excêntrico Wes Borland também foi impressionante, tanto quanto seu capacete e ombreiras reluzentes. Se havia alguém desinteressado no show, aqui, acho que a situação já havia mudado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ponto alto do meio do show também foi a música "My Way", guiada pelo rap e a excelente base de Sam Rivers. A banda então começou suas invenções, já comuns nos shows. Primeiro o cover de "Smell Like Teen Spirit" em uma versão nu metal, bastante excêntrica, que é tocada apenas em parte. A sequência com "Killing in the Name", porém, pareceu ótima e garantiu ainda mais alguns pontos do público.

Durst parecia também estar muito interessado no público do Anhembi. Caminhou pelo pit, subiu sobre a grade para apresentar a música seguinte e alucinou os fãs, que se esticaram e se espremeram ainda mais visando alcança-lo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fechando o show a banda tocou "Take a Look Around", puxada pelo áudio de Missão Impossível, e a ótima "Break Stuff", com o hiper solo de guitarra de Wes Boland e comemorada pelos fãs. Wes, tanto visualmente quanto no controle das guitarras, foi o elemento essencial da banda neste show.

A impressão que todos poderiam tirar da banda não poderia ser melhor. Com um áudio muito bom na maioria do espaço do Anhembi e com uma iluminação extremamente bem feita, o show foi um completo sucesso para os 30 mil espectadores do Monsters of Rock.

Setlist:
1. Thieves (cover do Ministry)
2. Rollin' (Air Raid Vehicle)
3. Hot Dog
4. My Generation
5. Livin' It Up
6. My Way
7. Smells Like Teen Spirit (cover do Nirvana)
8. Killing in the Name (cover do Rage Against the Machine)
9. Eat You Alive
10. Faith (cover de George Michael)
11. Take a Look Around
12. Break Stuff

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos: Stephan Solon / XYZ Live

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

As 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

Padrinho do nu metal relembra ensaio do Slipknot e como as máscaras mudaram a banda

Lista: do pop punk ao death metal, 20 bandas de rock e heavy que surgiram na Flórida

Metal Injection: 20 álbuns que completam 20 anos em 2017

Jacoby Shaddix (Papa Roach) diz odiar termo "nu metal" e alfineta vocal do Limp Bizkit

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre

Mais matérias de Diego Camara.