Down: resenha e galeria de fotos do show de São Paulo

Resenha - Down (Carioca Club, São Paulo, 10/04/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jefferson Souza
Enviar Correções  

A gloriosa Banda Down formada em New Orleans (EUA), pelos integrantes do Pantera,Crowbar, Corrosion of Conformity e Eyehategod, nada mais nada menos que, Jimmy Bower (Eyehategod), um monstro na bateria, Pat Bruders (Crowbar), cada dedada no baixo, fazia a casa tremer, Kirk Windstein (Crowbar) e Pepper Keenan (ex-C.O.C.) nas guitarras, fazendo o que todos queriam ouvir, Além de todo esse time de peso o vocalista é simplesmente um cara chamado Phillip Anselmo.

Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fotos: Milena Mori - MM Fotografia

Eram exatos 21h18min quando as cortinas se abriram e Phil Anselmo surgiu para delírio do público na maior parte enlouquecido por estarem vendo ali praticamente a alma do Pantera. "Phil pediu em alguns momentos para que o público o ajudasse cantar", como se ele precisasse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda abriu com "Lysergic Funeral Possession", pra detonar. Em seguida emendou "Pillars of Eternity" e "Lifer" do Debut NOLA, dando continuidade ao show com "Witchtripper" e a "Misfotune Teller" EP (The Purple EP), onde o peso desmedido das guitarras de Kirk e Pepper foram o destaque.

Logo após, a banda emendou uma seqüência de clássicos como "Temptation Wings" (a primeira música composta pelo Down), "Ghosts Along The Mississipi", "Losing All" e "New Orleans is a Dying Whore", dedicada a Andreas Kisser e aos membros do Sepultura, que estavam assistindo o show do camarote. Antes de apresentar a música, Phil Anselmo teve uma longa e agradável conversa com Andreas Kisser, com o público assistindo o encontro dos "amigos".

Em seguida "Open Coffins" deu seqüência ao espetáculo. Para surpresa de Phil, Zé do Caixão, também do camarote saudou o vocalista, que por sua vez é fã de filmes de terror.

Eles ainda tocaram "Eyes of the South" antes do intervalo, as luzes se apagaram e logo o publico começou a chamar de volta para o bis "Down, Down, Down". A banda rapidamente voltou e mandou "Hail The Leaf", e logo emendou a clássica "Stone The Crow", com Phil Anselmo mostrando estar em plena forma, com seu vocal rasgado e limpo.

E como já é de costume o final ficou por conta de "Bury Me in Smoke", Phil Anselmo e seu exército presentearam o público com a participação dos integrantes do Sepultura, com Andreas Kisser dividindo as guitarras com seu filho Yohann, Paulo Jr. no baixo e Eloy Casagrande destruindo a bateria sem dó com suas pancadas, encerrando o show em uma Jam de causar inveja!

Uma noite em que todos ali desejaram não ter acabado.

Set List:

1) Lysergic Funeral Possession
2) Pillars of Eternity
3) Lifer
4) Witchtripper
5) Misfortune Teller
6) Temptations Wings
7) Ghosts Along The Mississipi
8) Losing All
9) New Orleans is a Dying Whore
10) Open Coffins
11) Eyes of The South
12) Hail The Leaf
13) Stone The Crow
14) Bury My In Smoke




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Jim Carrey: batendo cabeça ao som de Cannibal CorpseJim Carrey
Batendo cabeça ao som de Cannibal Corpse

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos


Sobre Jefferson Souza

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin