Foda-se o Carnaval: um evento de Rock Pesado em Rondonópolis

Resenha - Foda-se o Carnaval (Espaço Rustty, Rondonópolis, 10/03/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Fernandes Ferreira Brito
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

No domingo, 10 de março de 2013, ocorreu um evento de Rock Pesado realizado pela Vendetta Produções em parceria com a Associação de Rock e Metal de Rondonópolis (ARMERO). Com a proposta de divulgar e promover o Metal em nossa região, a noite contou com a participação da banda rondonopolitana Slice and Dice e com duas bandas de Campo Grande, Shadows Legacy e Death Soldier.

História do Rock: dos primórdios aos anos 70Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileira

A primeira apresentação foi com a Slice and Dice, em nova formação, tocaram hinos clássicos do Metal, como "For whom the Bell Tolls" do Metallica e "Symphony of Destruction" do Megadeth. A banda nova conquistou o público presente, sendo consolidada como uma grande representante da cena Rock'n'roll da cidade.

Em seguida, o palco foi dominado pela encantadora banda Death Soldier. Com um repertório impecável, o grupo de Campo Grande demonstrou que não só as suas músicas encarnam a subversão que marcaram o Metal na década de 80, como também a atitude e ousadia no som incomparável da guitarra, baixo e bateria. Em turnê de divulgação do EP "Devastação, caos e ódio", a banda fez uma apresentação memorável.

Para encerrar o evento, pela primeira vez em Rondonópolis em divulgação do disco demonstrativo "The Sky is Falling Down" a banda Shadows Legacy levou o público ao delírio com as músicas autorais e concluíram a apresentação em alto nível com o cover "Holy Diver" do saudoso Dio.

A noite foi inusitada na terra de Rondon e há muito tempo não havia um evento lendário de Rock na cidade. Parabenizo as bandas, os organizadores e o público. Fico orgulhoso e muito satisfeito ao verificar que nunca houve brigas em um show de Rock na cidade. Sinto-me muito feliz nesses momentos que além de ser uma declaração de amor ao Metal, é também uma excelente oportunidade de interação com pessoas de diferentes regiões da cidade e do estado.

http://www.atribunamt.com.br/?p=119193

http://absintosurrealista.wordpress.com/



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Shadows Legacy"Todas as matérias sobre "Death Soldier"


História do Rock: dos primórdios aos anos 70História do Rock
Dos primórdios aos anos 70

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira

Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingressoComédia MTV: Capital inicial e outros em Para Nossa AlegriaMetallica: o que Kirk pensa quando dizem que eles não são mais pesados

Sobre Rodrigo Fernandes Ferreira Brito

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.