Slash: público em êxtase no show do Rio de Janeiro

Resenha - Slash (Fundição Progresso, Rio de Janeiro, 02/11/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kalil Restivo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

“Please welcome to the stage Slash featuring Myles Kennedy and The Conspirators”, foi a frase que trouxe ao palco a banda e logo em seguida Slash com seu inseparável visual: calças de couro e a cartola.

876 acessosGuns N' Roses: visita dos músicos a Jerusalém é cancelada5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

O show foi aberto com Halo, faixa do novo álbum, "Apocalyptic Love", sucedida por "Nightrain", um grande clássico do GUNS N' ROSES, que foi muito bem recebido e acompanhado pelo público e também muito bem – interpretado pelo vocalista Myles Kennedy.

O belo riff introduziu Ghost, música na qual o vocalista mostrou ser um bom frontman, sabendo agitar bastante o público presente, demontrando grande simpatia durante a próxima música, Standing in The Sun, na qual desceu no “fosso” que separava o público do palco para cumprimentar a plateia carioca.

O show seguiu com "Back From Cali", do álbum que leva o nome do guitarrista inglês, música que foi emendada com "Been There Lately" e "My Michelle", esta última presente no álbum mais famoso do GUNS N' ROSES, "Appetite for Destruction".

"Rocket Queen" também esteve presente no setlist, precedendo "Bad Rain", música que foi introduzida por Myles, que perdeu o lugar para o público durante a execução da música seguinte, "Not For Me".

O vocalista saiu do palco e o baixista Todd Kerns assumiu os vocais para a execução de "Doctor Alibi" e "You’ re Crazy", esta última também presente no álbum "Appetite For Destruction".

"No More Heroes" e "Starlight" deram continuidade ao show, ambas empolgando o público presente na casa, que em seguida viu uma jam de blues, sucedida por "Anastasia" e "You’re a Lie", ambas do novo álbum, sendo que na primeira Myles Kennedy também participou do solo como guitarrista.

Ao perceber as primeiras notas de um dos grandes hits do rock, "Sweet Child O’ Mine", o público entra em êxtase, cantando–o em uníssono, e vale lembrar que Myles não fica devendo nada à Axl Rose, pois não tenta imitá – lo, e impõe seu próprio estilo à música.

O vocalista pergunta ao público se eles estão tendo uma boa noite e introduz a banda para o público que vai à loucura com a apresentação de Slash: “On electric guitar... Slash!”. O guitarrista agadece com um “obrigado” e apresenta o vocalista, “Myles Motherfucking Kennedy”.

Após essa pausa Slash pega uma bandeira do Brasil com o símbolo do Flamengo que foi jogada no palco e tenta colocá – la na parede de amplificadores, fato que foi impedido pela produção do show, devido à algumas vaias recebidas pela presença da mesma.

Antes do bis ainda houve tempo para "Slither", cover do Velvet Revolver.

“Obrigado, thank you so much” e “Obrigado Rio, you motherfuckers make me great, we’ll be back soon, thanks!” frases ditas por Myles Kennedy e Slash deram um tom de despedida, porém ainda havia tempo para mais, inclusive para certas surpresas...

Slash tirou a penúltima música da manga, pois ao dizer que fariam algo que estavam planejando há algum tempo, e o fariam no Rio porque o público havia sido muito bom de acordo com Slash, deixou os cariocas com certa dúvida que sumiu com as primeiras notas de "Welcome To The Jungle", música que dificilmente está nos setlists da banda, e que foi cantada pelo baixista Todd Kerns.

Para fechar o show na Cidade Maravilhosa com chave de ouro, "Paradise City" deixa o público em êxtase, sendo que Slash teve que improvisar durante certa parte da música e do final do show devido ao estouro da última corda de sua guitarra.

A banda agradece ao público presente e distribui palhetas, e para finalizar, “Rio, you motherfuckers are beautiful, obrigado, we’ll be back soon”, frase dita por Slash, deixa a dúvida de quando será o retorno da banda ao Rio de Janeiro.

Setlist:
1. Halo
2. Nightrain
3. Ghost
4. Standing in the Sun
5. Back From Cali
6. Been There Lately
7. My Michelle
8. Rocket Queen
9. Bad Rain
10. Not for Me
11. Doctor Alibi
12. You're Crazy
13. No More Heroes
14. Starlight
15. Blues Jam
16. Anastasia
17. You're a Lie
18. Sweet Child O' Mine
19. Slither

Bis:
20. Welcome to the Jungle
21. Paradise City

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Slash (Fundição Progresso, Rio de Janeiro, 02/11/2012)

1952 acessosSlash: o Rock ainda tem chance de sobreviver nesta era3620 acessosSlash: seguindo em frente, sem viver somente de passado5000 acessosResenha - Slash (Fundição Progresso, Rio de Janeiro, 02/11/2012)

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 08 de novembro de 2012

Guns N RosesGuns N' Roses
Visita dos músicos a Jerusalém é cancelada após ataque terrorista

1429 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1574 acessosFabio Lima: 13 músicas pelo Guns N' Roses0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
50 modelos convidadas para festa, mas nada de namorado

Zakk WyldeZakk Wylde
Guitarrista lembra de testes para o Guns N' Roses

Pra ouvir e discutirPra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1991

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Slash"0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosRock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionais5000 acessosCover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original5000 acessosMetallica: Lars diz que Arctic Monkeys é Heavy Metal5000 acessosNirvana: veja fotos raras da banda no Brasil em 19935000 acessosRob Halford: plágio em camisetas tem um lado positivo

Sobre Kalil Restivo

Kalil F. Restivo Simão é um paulistano de 16 anos que cursa o Ensino Médio. Começou a ouvir rock por influência do pai, e através dele se tornou fãnático por Scorpions, Ozzy, Megadeth e AC/DC. Também acompanha o trabalho de grupos como Salário Mínimo, Kiss, Guns n' Roses, Iron Maiden, Judas Priest e Motörhead. Tem como ídolos James Kottak, Zakk Wylde e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no twitter: @kalilrestivo.

Mais matérias de Kalil Restivo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online