Epica: Apresentação memorável na noite fria de São Paulo

Resenha - Epica (Via Funchal, São Paulo, 28/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rogério Talarico
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Após dez anos de carreira, oito CDs e um DVD lançado, os neerlandeses do EPICA retornaram ao Brasil para divulgação de seu novo álbum, intitulado "Requiem for the Indifferent" lançado em 2012, tendo como primeira parada a cidade de São Paulo.

Epica: banda lança single digital de "Kingdom Of Heaven"Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Fotos: Leandro Anhelli (www.anhelli.com.br). Veja uma galeria de imagens no link a seguir:

Resenha - Epica (Via Funchal, São Paulo, 28/09/2012)

Os responsáveis pela abertura de show e também por esquentar o público de São Paulo foram os gaúchos do TIERRAMYSTICA, já conhecida por seu fiel público do EPICA por também abrir os shows de sua última turnê pelo Brasil em 2010. Em 2011, o EPICA teve uma pequena passagem por São Paulo sem alguns de seus integrantes, para realização de um show acústico.

A banda atualmente formada por Simone Simons no vocal, Mark Jansen e Isaac Delahaye nas guitarras, Ariën Van Weesenbeek na bateria, Coen Janssen no teclado e seu novo baixista Rob Van der Loo iniciaram seu show por volta das 22h ao som de "Karma", música de abertura de seu último álbum e também a pesada "Monopoly of Truth", com efeitos de pirotecnia por todo o palco e ao entrar, Simone Simons e sua marcante voz foi ovacionada pelos fãs, que causaram um grande alvoroço na casa de shows.

Relembrando um de seus hits do primeiro CD, o "The Phantom Agony" (2003), executaram "Sensorium" seguida por "Unleashed", duas marcantes músicas de sua carreira. Muito simpático e sorridente, o guitarrista Mark Jansen cumprimentou o público em um belo português e iniciou os primeiros riffs da rápida "Martyr of the Free Word". Voltando as canções de seu ultimo álbum, a bem trabalhada "Serenade of Self-Destruction" começou com o delicado teclado de Coen e o solfejo de Simone, conforme sua crescente evolução foi envolvendo a todos em seus 10 minutos de duração. Presenteando o público, tocou seu maior single "Cry for the Moon", acompanhado na integra pelos fãs.

O show prosseguiu com a nova "Storm the Sorrow", "The Obsessive Devotion" em que o destaque maior foi para Rob Van der Loo e sua ótima técnica no baixo, e a animada "Sancta Terra". O destaque do show foi para música "Quietus", em que Simone anunciou que faria um concurso para descobrir a pessoa mais animada da plateia e enquanto Ariën executava um bom solo de bateria, Isaac Delahaye escolheu uma fã para subir ao palco e agitar durante a execução desta canção, mostrando um enorme apreço por seu público. Antes de sair do palco para o famoso 'bis', tocaram uma diferente versão de "The Phantom Agony", com todos os integrantes pulando e um refrão não tão dramático, mas bem animado.

Coen Janssen retornou ao palco falando de seu amor pelo Brasil e que obviamente executaria mais canções, logo iniciou "Delirium", a música mais calma da noite com uma introdução acústica, que emocionou seus fãs. Outra de seu lançamento do ano 2005 foi iniciada, "Blank Infinity" com Mark e Simone interagindo entre si por toda a canção. Finalizando, a bela "Consign to Oblivion" do CD homônimo foi tocada, música que conta com grandes guturais de Mark e Isaac além da bela voz de Simone, tornando-se uma apresentação certamente memorável na cabeça de todos que compareceram na fria noite de sexta feira ao Via Funchal.

SET LIST:

Karma
Monopoly on Truth
Sensorium
Unleashed
Martyr of the Free Word
Serenade of Self-Destruction
Cry for the Moon
Storm the Sorrow
The Obsessive Devotion
Sancta Terra
Quietus
The Phantom Agony

Encore:

Delirium
Blank Infinity
Consign to Oblivion

Agradecimentos a Miriam Martinez do Via Funchal pela atenção e credenciamento.


Outras resenhas de Epica (Via Funchal, São Paulo, 28/09/2012)

Epica: galeria de fotos do show em São Paulo




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Epica"Todas as matérias sobre "Tierramystica"


Epica: banda lança single digital de "Kingdom Of Heaven"Epica: Simone Simons em bate papo exclusivo para o BrasilEpica: os 10 anos de Design Your UniverseEpica: lançamento de versão gold para Design Your Universe

Galeria - Musas - Simone SimmonsGaleria - Musas - Simone Simmons
Galeria - Musas - Simone Simmons

Epica: veja acidente com Simone em show de 2012Epica
Veja acidente com Simone em show de 2012

Simone Simmons: Tenho cérebro, não sou apenas peitos e bundaSimone Simmons
"Tenho cérebro, não sou apenas peitos e bunda"


Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyRunaways
Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley

Mulheres no Rock: resistência em um meio machistaMulheres no Rock
Resistência em um meio machista

Fotos de Infância: Skid RowFotos de Infância
Skid Row

Megadeth: as 10 maiores tretas de Dave MustaineIron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo BrasilNão se engane: o vinil ainda caminha para o cemitérioBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

Sobre Rogério Talarico

Rogério Talarico, 21 anos, residente em São Paulo/SP, é escritor, apesar se ser formado em análise de sistemas e, nas horas vagas estuda música e toca violoncelo. É fundador, administrador e escritor do site MetalConcerts.net que foi criado no intuito de suprir o mercado de divulgação de shows de Metal.Ouve o bom Metal desde os 10 anos, e sua banda favorita é o System of a Down. Ouve desde Black Sabbath à Alter Bridge, não tendo preconceitos se a música for boa. Siga no Twitter: @metal_concerts .

Mais matérias de Rogério Talarico no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336