Asking Alexandria: confira como foi o show em São Paulo

Resenha - Asking Alexandria (Carioca Club, São Paulo, 24/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Paulo de Matos Mota
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

O Carioca Club foi mais uma vez o palco para uma tripla apresentação internacional de Metalcore, proporcionado mais uma vez pela produtora Liberation MC e que novamente abarrotou a casa de jovens alucinados por essa vertente do Metal Moderno.

5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio

Um certo clima de tensão se fazia dentro da casa, com uma grande preocupação por parte da produção do evento devido a quantidade de publico que se espremia contra a grade frontal, que fez inclusive a mesma se deslocar contra o palco.

Com a casa totalmente lotada e um calor insano, a primeira banda a subir pontualmente as 17h30 foram os americanos do Chelsea Grin, e logo o lugar, que já estava quente, ferveu literalmente tomado pelo Deathcore e os guturais do vocalista Alex Koehler e pelo imenso Mosh Pit que tomou conta da pista.

O público foi ao delírio com os hits da banda, mas principalmente com “My Damnation” que formou um Mosh alucinante.

As cortinas se fecharam ao primeiro ato enquanto o público procurava um pouco de ar para respirar, mas foi somente o tempo de acertarem o palco para a entrada dos também americanos do Miss May I, que após uma introdução característica de seu shows lançou logo “Relentless Chaos”. Com um estilo mais centrado no Metalcore, a equalização do som deixou o microfone do vocalista Levi Benton aquém dos demais instrumentos, porém isso não impediu que o público agitasse e acompanhasse cada música entoada.

Com um set um pouco mais curto, (7 músicas apenas) foi a banda que apresentou as melhores harmonias da noite. Detalhe foi que ambas as bandas americanas tocaram a frente das nuances da bandeira inglesa que compunham o pano de fundo do espetáculo.

A última e mais esperada banda da noite a entrar no palco foram os ingleses do Asking Alexandria que fizeram todo Carioca Club estremecer diante da euforia do público, principalmente a histeria coletiva da maioria do público feminino adolescente que tomava toda a plateia.

Bastou a entrada do vocalista Danny Worsnop ao palco para se iniciar um festival de arremessos de soutiens ao palco, que o músico cuidadosamente pendurava em seu pedestal. Em meio a constantes cusparadas de Danny no palco – que quase o levou a tomar um belo escorregão – o que podia se ver não era nada especial de tão extraordinário, exceto a presença cativante do vocalista, mas que mesmo assim deixava a desejar, devido a falta de regulagem de som que deixava, assim como no Miss May I, sua voz aquém dos instrumentos.

Mesmo assim os Moshes eram incessantes e o público agitava a cada música com direito a alguns Stage Dive, que haviam sido veemente proibido antes do inicio dos shows e várias garotas expondo os seios para seus ídolos da banda. Após a execução da última música “The Final Episode” toda a banda se despediu do público e o vocalista Danny foi o último a deixar o palco, mas não sem antes levar consigo a coleção de dezenas de soutiens que ostentou durante todo o show seu pedestal.

Para setlist completo e galeria exclusiva de fotos, acesse:
http://www.rockexpress.net.br/2012/09/24/asking-alexandria-e...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Asking Alexandria"

BateristasBateristas
Os dez melhores em vídeo, com algumas surpresas

Kerrang!Kerrang!
As seis citações inspiradoras de 2014

MetalcoreMetalcore
13 músicas que um fã de death metal deve gostar

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Asking Alexandria"

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Comendo oferenda de macumba no Rock in Rio I

Black MetalBlack Metal
O cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

5000 acessosSpike: os sete piores solos de guitarra5000 acessosMetallica: foto rara de formação original do grupo5000 acessosEm 20/08/2005: Iron Maiden é atacado com ovos no Ozzfest5000 acessosMegadeth: "Eu amo você não importa o quão babaca você seja"5000 acessosDimmu Borgir: "Somos uma banda satânica"5000 acessosSepultura: drum cam de Igor Cavalera tocando "Territory"

Sobre João Paulo de Matos Mota

Nascido em São Paulo no ano de 83 e fanático por Heavy Metal desde os 12 anos, atualmente se diverte cantando na banda Masterkey, fazendo parte da equipe do site Rock Express e conduzindo o podcast Rock Express Cast.

Mais matérias de João Paulo de Matos Mota no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online