Scorpions: resenha e fotos do primeiro show em São Paulo

Resenha - Scorpions (Credicard Hall, São Paulo, 20/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar Correções  












Com ingressos esgotados há meses, a banda alemã SCORPIONS passou mais uma vez por São Paulo nesta última quinta-feira, como parte da turnê "Final Sting Tour 2012", anunciada como a despedida dos alemães dos palcos.

Fotos por Roberta Forster

Um dos maiores nomes do Hard Rock mundial, o SCORPIONS entrou no palco às 21:35h, sendo imediatamente ovacionado pelo grande público presente. Com luzes coloridas, um telão reproduzindo diversas imagens ao vivo e também vídeos, a banda abriu a noite com "Sting In The Tail", faixa que dá título ao último álbum de inéditas, lançado em 2010.

Em seguida os riffs executados pelo guitarrista Matthias Jabs deram o tom do que viria pela frente: "Make It Real", extraída do disco "Animal Magnetism", de 1980. Em duas canções um intervalo de 30 anos de carreira e a conclusão de que seria uma noite para reviver clássicos do passado e sucessos do presente.

Não é qualquer grupo que consegue manter-se na ativa por 40 anos e o SCORPIONS prova que ainda tem lenha pra queimar, embora já tenha anunciado anteriormente o fim da banda.

A verdade é que enquanto isso não acontece resta aos fãs aproveitar ao máximo essa grande banda e curtir quantos shows ainda tiverem pela frente, até que chegue o triste dia da aposentadoria dos músicos.

O show de São Paulo foi mais uma dessas oportunidades e Klaus agradeceu bastante aos fãs. Alternando músicas mais agitadas com baladas como "Send Me An Angel" e a mais recente "The Best Is Yet To Come", o SCORPIONS trouxe ao Brasil mais um excelente concerto.

Se "Holiday" embalou os muitos casais presentes e fez muita gente cantar a letra do começo ao fim, "Raised To Rock" fez logo em seguida o contraponto: Klaus perguntou se todos estavam prontos para mais e anunciou que ele havia sido "criado para o Rock", em alusão ao título da música. Era hora de mais agito depois da balada "Holiday".

Como não podia faltar, o baterista James Kottak deu seu show à parte, divertindo o público com suas batidas, com os vídeos nos telões e com suas tatuagens, que reproduziam as mesmas palavras de sua camiseta regata.

Enquanto Rudolf Schenker desfilou sua coleção de modelos de guitarra Flying V, dentre elas uma com referência à marca alemã de carros Mercedes-Benz e outra à italiana Ferrari, Matthias Jabs teve seu momento solo, precedendo "Big City Nights", música que fechou o show às 23h.

Com alguns segundos de luzes apagadas e muitos gritos do público, a banda retornou com "Still Loving You" e nem preciso dizer que os fãs cantaram de ponta a ponta a canção que fez dobradinha com outra potente balada, "Wind Of Change". O fechamento pedia algo mais agitado e obviamente a melhor pedida era "Rock You Like A Hurricane", um hino do Hard Rock lançado em 1984.

Não sabemos se será a última turnê do SCORPIONS, afinal a banda já anunciou o seu fim em 2010 e continua se apresentando mundo afora. De qualquer forma, se você ainda não viu a banda ao vivo, corra. Se já viu, veja novamente, pois vale muito a pena e não se sabe até quando ainda haverá essa possibilidade.

A banda encerra sua passagem pela América do Sul com mais um concerto extra em São Paulo, agendado devido à grande venda de ingressos para essa apresentação do dia 20/09.

Agradecimentos a Tatiana Ito (T4F) e Damaris Hoffman (Top Link Music) pela atenção e credenciamento.

Banda:

Klaus Meine (vocal)
Rudolf Schenker (guitarra)
Matthias Jabs (guitarra)
Pawet Maciwoda (baixo)
James Kottak (bateria)

Set List:

1. Sting In The Tail
2. Make It Real
3. Is There Anybody There?
4. The Zoo
5. Coast To Coast
6. Loving You Sunday Morning
7. Rhythm of Love
8. The Best Is Yet To Come
9. Send Me An Angel
10. Holiday
11. Raised On Rock
12. Tease Me Please Me
13. Hit Between The Eyes
14. Kottak Attack
15. Blackout
16. Six String Sting
17. Big City Nights

Bis

18. Still Loving You
19. Wind Of Change
20. Rock You Like A Hurricane



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Scorpions: banda tem mais de 25 músicas escritas para novo álbum, afirma Mikkey DeeScorpions
Banda tem mais de 25 músicas escritas para novo álbum, afirma Mikkey Dee

Scorpions: vídeo de Blackout ao vivo em Berlim, 1990Scorpions
Vídeo de "Blackout" ao vivo em Berlim, 1990

Por Dentro com Paulo Baron: Klaus Meine, do Scorpions, como você nunca viu (vídeo)Por Dentro com Paulo Baron
Klaus Meine, do Scorpions, como você nunca viu (vídeo)

Scorpions: As diferentes fases da banda (vídeo)

Scorpions: vídeo oficial de Crazy World ao vivo em Berlim, 1990Scorpions
Vídeo oficial de "Crazy World" ao vivo em Berlim, 1990

Eddie Van Halen: Você foi um guitarrista completo e incrível, diz Michael SchenkerEddie Van Halen
"Você foi um guitarrista completo e incrível", diz Michael Schenker

Uma Dose Extra: 10 bandas de metal que fizeram o seu próprio goróUma Dose Extra
10 bandas de metal que fizeram o seu próprio "goró"

Scorpions: vídeo de I Can't Explain ao vivo em BerlimScorpions
Vídeo de "I Can't Explain" ao vivo em Berlim

Scorpions: vídeo mostra banda tocando Hit Between The Eyes ao vivo em 1991Scorpions
Vídeo mostra banda tocando "Hit Between The Eyes" ao vivo em 1991

Scorpions: por que eles não farão shows drive-in ou lives, segundo Matthias JabsScorpions
Por que eles não farão shows drive-in ou lives, segundo Matthias Jabs


Loudwire: Os melhores álbuns do ano desde a década de 70Loudwire
Os melhores álbuns do ano desde a década de 70

Anos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãsAnos 90
Bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs


Heavy Metal: quais as 10 melhores vozes da história?Heavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Meet & Greet: Como os roqueiros de verdade se comportamMeet & Greet
Como os roqueiros de verdade se comportam


Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.