Gothic Metal: Holiness, Semblant e Ravenland no Manifesto

Resenha - Holiness, Semblant, Ravenland (Manifesto, São Paulo, 10/06/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por José Antonio Alves
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

No último dia 10 de junho, o Manifesto Rock Bar, em São Paulo, recebeu três nomes que representam com maior notoriedade a cena brasileira do Gothic Metal atualmente. A banda gaúcha HOLINESS, os paranaenses do SEMBLANT e os paulistanos do RAVENLAND foram os responsáveis por trazer boa música para a fria São Paulo no domingo que encerrava o feriado prolongado.

5000 acessosSexo e Satã: as mensagens subliminares em capas de Rock / Metal5000 acessosAC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de Angus

Desde o começo percebia-se que aquela noite não teria um público muito numeroso, o que é decepcionante, tendo em vista o enorme potencial que as três bandas possuem. Isso contribuiu, de certa forma, para que tivéssemos apresentações quase que intimistas, sorte dos fãs que ali estavam e que puderam conferir de perto tudo que as bandas proporcionavam no palco.

Os gaúchos do HOLINESS iniciaram o evento, trazendo músicas presentes em seu ótimo debut "Beneath The Surface", de 2010. A banda liderada pela vocalista Stéfanie Schrimbeck faz um som que até possui algumas passagens no Gothic Metal, porém o que presenciamos é um som moderno, que não pode ser encarado como de um estilo específico. "The Truth", uma das melhores composições do debut da banda abriu o set, seguida de "Breath In Time", que mostra a competência de todos os músicos da banda, especialmente de Stéfanie, vocalmente, e de Cristiano Reis, na bateria.

"Mine" foi a próxima, uma das músicas que a banda não tocava ao vivo, mas que por conta do pedidos dos fãs, passou a integrar o set da banda em todos os shows, conforme explicou Stéfanie Schrimbeck. "Take Me Closer" e a bela "Waiting For A Change" deram seguimento ao set, aliás, esta última é mais uma das composições de "Beneath The Surface" que merecem destaque, instrumentalmente e também quanto à ótima letra.

Enquanto os fãs não desfrutam de um novo trabalho da banda, que deve ser lançado no formato EP futuramente, "Higher" e "What I Want" mostraram mais da já quase paulistana banda, que já há algum tempo está situada na cidade. Já no fim da apresentação, a banda preparou um cover para "Tourniquet", da banda estadunidense EVANESCENCE.

Fechando definitivamente a coesa apresentação, o primeiro single da banda, que inclusive entrou na parada de videoclipes da MTV brasileira, a faixa "Into The Light", é presença confirmada nos shows. O HOLINESS consegue reproduzir bem ao vivo aquilo que ouvimos no álbum, o que é um grande feito, com certeza a banda tem potencial para trilhar caminhos de sucesso em um futuro bem próximo.

Confesso que tinha grande expectativa pela próxima banda que subiria ao palco. O SEMBLANT, que contrasta os belos vocais de Mizuho Lin com os brutais e ferozes guturais de Sergio Mazul me surpreendeu e muito positivamente. As linhas vocais são muito bem encaixadas, como demonstrado em "Behind The Mask", faixa que também dá nome ao EP da banda lançado em 2011.

A presença de palco da banda também é notável, inclusive o grupo esteve no cast do Metal Open Air, festival marcado pelas falhas de organização e cancelamentos. Sem dúvidas o SEMBLANT seria uma das boas novidades deste evento. "Black Babylon" é outra faixa que chama e muito a atenção, os vocais quase operísticos unidos a uma bateria intensa e bem trabalhada tornam essa uma das grandes músicas da banda ao vivo. A dupla de guitarristas Sol Perez e Juliano Ribeiro é bem competente e se destaca em composições como "Beautiful Carnage" e "The Undead".

Com novo álbum previsto para o próximo ano, a banda deu uma pequena amostra do que virá por ai tocando pela primeira vez ao vivo a faixa "Dark Of The Day", uma música com refrão forte e boa melodia, o que já indica que coisa boa será produzida, sem dúvidas.

Já na parte final do set, mais uma grande demonstração de brutalidade vocal em "11:11 – The Doors is Open", outra composição que merece destaque, e que também está presente no EP do ano passado. As músicas "Legacy Of Blood" e "The Neptune Effect", do álbum "Last Night Of Mortality", de 2010, encerraram a vigorosa apresentação do grupo.

Coube ao RAVENLAND, banda fundada pelo vocalista Dewindson Wolfheart fechar a noite. Contando com a ótima Juliana Rossi nos vocais, a banda trouxe algumas composições de "And A Crow Brings Me Back", álbum lançado em 2009, bem como novidades como a faixa "Sad Afternoon", que fará parte do novo trabalho dos paulistanos.

Vale destacar as faixas "Burnin For You", “End Of Light” e principalmente "Memories", que se adequou perfeitamente à banda com os vocais de Juliana Rossi, com um belo dueto com Dewindson em um ótimo refrão. A banda ainda presenteou os fãs com "Mercyside", cover da banda norueguesa TRISTANIA, contando também com a participação especial de Sergio Mazul, vocalista do Semblant.

Mesmo com problemas técnicos, a banda se sobressaiu e conseguiu demonstrar aos presentes uma boa apresentação, resta aguardar o novo trabalho da banda para comprovarmos a força da formação atual.

Quem não conseguiu comparecer ao evento sem dúvidas perdeu um grande momento. As três bandas em questão prometem muito para o futuro com seus lançamentos, fica o sentimento de que elas mereciam mais público para as ótimas performances apresentadas. Uma noite louvável para os adoradores do estilo.

Setlist – Holiness

1. The Truth
2. Breath in Time
3. Mine
4. Take me Closer
5. Waiting for a Change
6. Higher
7. What I Want
8. Tourniquet (Cover - EVANESCENCE)
9. Into the Light

Setlist – Semblant

1. Intro
2. Behind the Mask
3. Forever Failure
4. Black Babylon
5. Beautiful Carnage
6. The Undead
7. Dark of the Day
8. Dance of Hecate (Instrumental)
9. 11:11 – The Door is Open
10. Legacy of Blood
11. The Neptune Effect

Setlist – Ravenland

1. Regret
2. End of Light
3. She Will Bleed Again
4. Pressage
5. The Crow
6. Soulmoon
7. Mercyside (Cover - TRISTANIA)
8. Sad Afternoon
9. Burning for You
10. Memories

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ravenland"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Semblant"0 acessosTodas as matérias sobre "Holiness"0 acessosTodas as matérias sobre "Ravenland"

Sexo e SatãSexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock

ACDCACDC
A história do nome e a idéia do uniforme de Angus

Metal NeoclássicoMetal Neoclássico
As regras para se tornar uma estrela do gênero

5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy5000 acessosSoulfly: em vídeo, arrasando em "Roots Bloody Roots" ao vivo5000 acessosCiência: Rock torna as pessoas racistas, diz estudo5000 acessosScott Ian: guitarrista finalmente explica o fim do SOD

Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online