Matérias Mais Lidas

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemMike Shinoda não está nada feliz com a interferência das redes sociais na música

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMetallica vai lançar toca discos super invocado, que obviamente custará uma fortuna

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemIrmãos Cavalera tocam "Beneath The Remains" em show nos EUA; assista vídeo

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer


Hail!: Uma grande noite de Metal em São Paulo

Resenha - Hail! (Blackmore Rock Bar, São Paulo, 04/03/2012)

Por José Antonio Alves
Em 07/03/12

Quatro feras reunidas para mostrar ao público um repertório repleto de grandes clássicos da história do metal. Esta é a banda Hail!, que reune os já consagrados Andreas Kisser (Sepultura) na guitarra, James Lomenzo (Ex-integrante das bandas White Lion, Black Label Society e Megadeth) no baixo, Paul Bostaph (Ex-integrante das bandas Forbidden, Slayer, Exodus e Testament) e nos vocais Tim "Ripper" Owens (ex-Judas Priest e Iced Earth, atual Charred Walls Of Damned). A apresentação que inicialmente aconteceria na casa Santana Hall, na Zona Norte de São Paulo, acabou sendo transferida para o tradicional Blackmore Rock Bar, na Zona Sul, onde os fãs puderam sem dúvidas apreciar uma bela noite de boa música!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Previsto para às 19h30, cerca de uma hora antes os fãs puderam adentrar a casa, e enquanto uns entravam e assistiam a videos no telão de METALLICA e IRON MAIDEN, a banda passava e saia do local, para mais tarde voltarem para demonstrar o poder do super grupo. E finalmente por volta das 21h05, Tim "Ripper" Owens dava as caras iniciando com "Ace Of Spades", hino da banda britânica Motörhead.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E se temos Andreas Kisser no palco, temos um pouco de Sepultura também. Foi o que apareceu em "Territory", faixa do clássico álbum de 1993 "Chaos A.D". Ripper mostra toda sua versatilidade vocal, seja fazendo vocais graves ou limpos, com grande qualidade. Era hora de saudar um dos deuses do heavy metal, e um ser quase unânime entre a maioria dos headbangers: Ronnie James Dio, com a execução de "Stand Up And Shout".

E para fazer jus ao talento de cada um dos músicos, "Symphony Of Destruction", do Megadeth, "Children Of The Damned", do Iron Maiden e "Burn In Hell / Desert Plains", do Judas Priest, agitaram esta primeira parte recheada de clássicos. E na primeira participação especial da noite, Andreas Kisser anuncia que seu filho, Yohan Kisser, tocaria "Seek And Destroy", do Metallica com os músicos, empolgando os presentes.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Não poderia faltar Black Sabbath na noite, e com a participação de João Luiz, ótimo vocalista da banda paulistana KING BIRD, e também com presença nas bandas Electric Funeral - tributo a Black Sabbath, Evil Eyes - tributo a Ronnie James Dio, Rain Song - tributo a Led Zeppelin e Casa das Máquinas, executaram "The Mob Rules", do clássico álbum de 1981.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Um clássico do punk rock também marcou presença no set do Hail!: "Blitzkrieg Bop", dos Ramones, levou os fãs a entoarem o famoso "Hey Ho, Let's Go!", que sem dúvidas fez parte de momentos da vida de muitos. Em outra participação especial, foi a vez do baterista Edu Garcia (da banda Threat) assumir as baquetas no lugar do lendário Paul Bostaph para as matadoras performances de "Walk" e "Fucking Hostile", do PANTERA.

Entre uma música e outra, ainda houve tempo para dar uma passada pela música Johnny B. Goode, de Chuck Berry e um riff breve de "For Those About To Rock", do AC/DC.
Nesta altura, Ripper demonstrava grande simpatia com o público, até comentando que não sabia determinadas partes destas músicas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mais um convidado de peso elevou ainda mais a ótima atmosfera envolvida na apresentação: Silvio Golfetti, ex-Korzus, fez o público vibrar com "Living After Midnight", do Judas Priest, e "South Of Heaven", clássico do Slayer. "Creeping Death", do Metallica, "Peace Sells", do MEGADETH e "Balls To The Wall", do ACCEPT, acabaram com as dúvidas (se é que elas existiam) da competência musical dos quatro músicos ali envolvidos.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Exaltando merecidamente Ronnie James Dio, como "a maior voz de todos os tempos na música", Ripper anunciou "Heaven And Hell", clássico absoluto do Black Sabbath, que o público acolheu com grande fervor, cantando junto e fazendo o característico maloik. Para fechar a noite em São Paulo, "T.N.T" do AC/DC, "Painkiller" do Judas Priest e mais uma clássica do Sepultura, "Refuse /Resist", fecharam com chave de ouro o set, após cerca de 1h40 de apresentação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para os presentes no Blackmore Rock Bar, sem dúvidas, uma grande noite, pois presenciar quatro grandes músicos como os do Hail! em grande forma, executando grandes canções com qualidade é um feito para ser lembrado. Particularmente, ver o cara que gravou o grande álbum "Divine Intervention" do Slayer ali foi fantástico, basta aguardar por novos "velhos" clássicos em futuras apresentações por aqui, por enquanto vale deixar nosso "Hail!" para estes músicos.

Set List:

1. Ace of Spades (Motörhead)
2. Territory (Sepultura)
3. Stand Up and Shout (Dio)
4. Symphony of Destruction (Megadeth)
5. Children of The Damned (Iron Maiden)
6. Burn In Hell / Desert Plains (Judas Priest)
7. Seek And Destroy (Metallica)
8. Mob Rules (Black Sabbath)
9. Blitzkrieg Bop (Ramones)
10. Walk (Pantera)
11. Fucking Hostile (Pantera)
12. Living After Midnight (Judas Priest)
13. South of Heaven (Slayer)
14. Creeping Death (Metallica)
15. Peace Sells (Megadeth)
16. Balls to the Wall (Accept)
17. Heaven and Hell (Black Sabbath)
18. T.N.T (AC/DC)
19. Painkiller (Judas Priest)
20. Refuse/Resist (Sepultura)

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Hail! (Blackmore Rock Bar, São Paulo, 04/03/2012)

Resenha - Hail! (Blackmore Rock Bar, São Paulo, 04/03/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ellefson: "já viu algum vencedor agradecendo ao diabo?"


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves.