RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemBob Dylan revela como conhecer seu maior ídolo o fez deixar de venerar pessoas

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagemGuns N' Roses no Allianz Parque de SP: veja setlist e vídeos da apresentação

imagemA impensável ligação musical que existe entre Kelly Key e Almah

imagemA curiosa origem da rivalidade Sepultura x Sarcófago, segundo Jairo Guedz

imagemA banda que mostrou no Rock in Rio como se faz um show num festival gigantesco

imagemO dia que Renato Russo colocou companheiro da Legião em saia justa após piti homérico

imagemCasagrande diz que rock já bateu martelo na história da humanidade, porém...

imagemPink Floyd: Snowy White ensina como evitar o lado "feroz" de Roger Waters

imagemCinco perrengues que todo headbanger já passou em algum show de metal

imagemO motivo pelo qual Pete Townshend disse se arrepender de integrar o The Who

imagem"Hi Regis, I'm Paul!": o dia em que Paul McCartney ligou para Regis Tadeu


NFL Steve Harris

Metal Media Fest: novos ares ao metal brasileiro

Resenha - Metal Media Fest (Blackmore Rock Bar, São Paulo, 18/11/2011)

Por Durr Campos
Em 28/11/11

Praticar heavy metal no Brasil é uma das tarefas mais complicadas possíveis. Quando escrevo "praticar" leia-se compor, tocar, ouvir, escrever sobre, etc. Só que tem uma coisa: não há nada mais prazeroso do que fazer parte desse universo! Perdoem se pareço ufanista ou demagogo ao colocar as palavras desse modo, mas quem tem o estilo musical em questão "correndo nas veias" sabe do que estou falando. Na prática, o Whiplash.Net pôde presenciar mais um evento que emanou raça, amizade e devoção à música pesada. Refiro-me à 1ª edição do Metal Media Fest, ocorrida no Blackmore Rock Bar, São Paulo, ocorrido na última sexta-feira, dia 19 de novembro, momento que reuniu três dos maiores nomes do thrash metal underground nacional: Hellarise, Reviolence e Woslom.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Texto: Durr Campos/ Fotos: Pierre Cortes

Chegamos ao local por volta das 22h, mas os primeiros acordes ecoaram cerca de uma hora depois, quando as meninas do HELLARISE vieram mostrando que sexo frágil é coisa do passado. Para os que ainda não conhecem, trata-se de uma banda de thrash metal paulistana com pitadas de death metal, formada em 2009. Quem já ouviu a demo lançada ano passado – tocada na íntegra - sabe do poder de fogo do quinteto formado atualmente por Flávia Morniëtári (vocal), Mirella Max (bateria), Patrícia Schlithler (baixo), Aline Fernandes e Renata Petrelli (guitarras).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por cerca de 80 minutos elas desfilaram um repertório raivoso, repleto de riffs afiados, solos precisos, bateria intensa, baixo marcante e vocais rasgados no melhor estilo Mille Petrozza, líder dos alemães do Kreator, devidamente homenageado com uma irrepreensível versão de "Violent Revolution". Iniciaram com a impactante "More Mindless Violence, passaram por algumas novas composições – a exemplo da interessantíssima "I Don’t Believe" e finalizaram com uma de minhas favoritas, "Human Disgrace", responsável também por encerrar a já citada demo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Após o ótimo início de noite, sem delongas, entra em cena o REVIOLENCE que apresentava ali seu mais novo frontman, Rafael Moreira (ex-Upstairs e Sacrament, ambas de Minas Gerais), dotado de notáveis performances cênica e vocal. Impossível também não mencionar o peso e pegada absurdamente boa do Guilherme Spilak, um verdadeiro prodígio nas seis cordas. Imagine um irmão mais novo do Zakk Wylde com pitadas do saudoso Dimebag Darrell. O rapaz é mais menos por aí.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Completam o quarteto o baixista Bernardo Powaga e Edson Graseffi no comando das baquetas. Executaram canções de todos os seus trabalhos lançados, com destaques para "Warning Hell", a pesadíssima "Violent Phoenix", que dá nome ao EP lançado em 2008, "Trail of Tears", uma das que mais causou impacto aos fãs, além de dois covers bem escolhidos: "Five Minutes Alone" (Pantera), apresentada por Ralph como uma música de verdadeiros deuses, e "Raining Blood", eterno xodó de 10 entre 10 fãs do Slayer. Saíram ovacionados após uma execução perfeita da faixa-título do mais recente registro de estúdio, o elogiado Modern Beast.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Já passava das três da matina quando o quarteto paulistano WOSLOM iniciou seu set. Por conta do avançar da hora fizeram a apresentação mais curta do evento, o que em nada atrapalhou o impacto junto ao pequeno, porém empolgadíssimo público. Muitos os chamam de "Metallica brasileiro", o que de fato combina com suas atitudes em cena, especialmente ao observarmos as pegadas de Silvano Aguilera (vocal/ guitarra) e do excelente Rafael Iak (guitarra solo), responsável por alguns dos solos mais bacanas que pude ouvir nos últimos meses. Parecia que eu estava assistindo ao Kirk Hammett no home-video Cliff ‘Em All, lançado em 1987 em homenagem ao falecido baixista Cliff Burton, o qual trazia apresentações do Metallica até a turnê do álbum Master of Puppets. Prova da enorme influência estava já na canção que abriu o show do Woslom, "Time to Rise". A sequência com as poderosas "Beyond Inferno" e "Checkmate" não fez por menos e provocou um enorme sorriso na plateia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para fechar com chave de ouro, uma de suas mais inspiradas composições, "Mortal Effect", mostrando que o heavy metal feito neste país está mais vivo do que nunca, ao contrário do que alguns leigos do underground têm propagado pela Internet. Em tempo, completam a banda o baterista Fernando Oster e o baixista Francisco Stanich Jr.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Set-list Hellarise

More Mindless Violence
Deadfall
More Than Alive
Ivory Stones
Drowning
Violent Revolution (Kreator cover)
My Outrage
I Don’t Believe (new song)
Liar
Human Disgrace

Set-list Reviolence

Warning Hell
Violent Phoenix
King of the Night
Five Minutes Alone (Pantera cover)
Virtual Hero
Trail of Tears
Hollow Soul
Impunity
Raining Blood (Slayer cover)
Modern Beast

Set-list Woslom

Time to Rise
Beyond Inferno
Checkmate
The Deep Null
Downfall
Mortal Effect

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Durr Campos

Graduado em Jornalismo, o autor já atuou em diversos segmentos de sua área, mas a paixão pela música que tanto ama sempre falou mais alto e lá foi ele se aventurar pela Europa, onde reside atualmente e possui família. Lendo seus diversos artigos, reviews e traduções publicados aqui no site, pode-se ter uma ideia do leque de estilos que fazem sua cabeça. Como costuma dizer, não vê problema algum em colocar para tocar Napalm Death, seguido de algo do New Order ou Depeche Mode, daí viajar com Deep Purple, bailar com Journey, dar um tapa na Bay Area e finalizar o dia com alguma coisa do ABBA ou Impetigo.

Mais matérias de Durr Campos.