Ringo Starr: ex-Beatle contagia o público em São Paulo

Resenha - Ringo Starr (Credicard Hall, São Paulo, 13/11/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jorge A. Silva Junior
Enviar Correções  

Um ano após as duas apresentações de Paul McCartney em São Paulo, outro integrante dos BEATLES deu às caras na cidade. Ringo Starr, em sua primeira turnê pelo Brasil, também presenteou os fãs paulistas do quarteto de Liverpool com dois shows. No segundo, realizado neste domingo (13), no Credicard Hall, o homem das baquetas, acompanhado por sua All Starr Band, desfilou hits de sua ex-banda, carreira solo e ainda abriu espaço para seus colegas roubarem a cena.

Keith Richards: Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"

Bizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James Dio

Nem a chuva que caiu poucas horas antes do show afugentou os Beatlemaníacos da capital paulista. Na segunda apresentação de Ringo Starr em São Paulo, o público compareceu em bom número ao Credicard Hall. Diferentemente da noite anterior, todos os setores da casa foram ocupados por cadeiras, fato que contribuiu bastante para a melhor visão do palco.

Com 15 minutos de atraso, a All Starr Band e, por último, Ringo entraram em cena com "It Don’t Come Easy", música lançada em single em 1971, seguida por "Honey Don't", composta por Carl Perkins e gravada no álbum 'Beatle For Sale'.

Carismático e abusando dos sinais de "paz e amor", o ex-Beatle teve o público na mão enquanto assumia o posto de vocalista. Durante a terceira canção da noite, "Choose Love", mais uma de sua carreira solo, Ringo assumiu o instrumento que o consagrou, a bateria.

A mesma formação que o acompanha há dois anos é composta por Rick Derringer (guitarra), Wally Palmar (guitarra), Richard Page (baixo), Gregg Bissonette (bateria), Gary Wright (teclado) e Edgar Winter (teclado/sax) - este último sendo o mais famoso por ser um multi-instrumentista renomado e pelo fato de ser irmão de um dos maiores cantores e guitarristas de blues do mundo, Johnny Winter.

A competência dos músicos aliada ao alto astral proporcionado foi contagiante, o que levou os fãs em diversos momentos a levantarem das cadeiras. Além do entrosamento com a banda, Ringo Starr não se preocupou em ser o centro das atenções durante todo o tempo. Em vários momentos, ele abriu espaço para os companheiros apresentarem suas próprias composições.

Rick Derringer mostrou que, além de ser um exímio guitarrista, também é ótimo nos vocais - tocou "Hand On Sloopy", de sua ex-banda The McCOYS, e "Rock N' Roll, Hoochie Koo". Já Wally Palmar se encarregou de cantar "Talking In Your Sleep" e "What I Like About You". Richard Page não ficou de fora e também surpreendeu com "Broken Wings", grande sucesso da banda Mr. MISTER nos anos 80. Quanto aos tecladistas Edgard Winter e Gary Wright, ambos foram um show a parte, principalmente na instrumental "Frankeinstein" e em "Love Is Alive".

De volta ao grande astro da noite, Ringo Starr teve como pontos altos do show "Yellow Submarine" e "With A Little Help From My Friends", dois clássicos dos tempos de BEATLES. Ainda no clima de paz e amor, a canção encarregada de encerrar a ótima apresentação foi "Give Peace A Chance", cantada em uníssono pelos músicos e que serviu como deixa para o ex-Beatle sair do palco e ser ovacionado após quase duas horas de uma noite inesquecível.

RINGO STARR em São Paulo
13 de novembro de 2011 - Credicard Hall

Ringo Starr (vocal/bateria)
Rick Derringer (guitarra/vocal)
Wally Palmar (guitarra/vocal)
Richard Page (baixo/vocal)
Edgar Winter (teclado/sax/vocal)
Gary Wright (teclado/vocal)
Gregg Bissonette (bateria)

1. It Don't Come Easy
2. Honey Don't
3. Choose Love
4. Hang On Sloopy
5. Free Ride
6. Talking In Your Sleep
7. I Wanna Be Your Man
8. Dream Weaver
9. Kyrie
10. The Other Side Of Liverpool
11. Yellow Submarine
12. Frankenstein
13. Back Off Boogaloo
14. What I Like About You
15. Rock N' Roll, Hoochie Koo
16. Boys
17. Love Is Alive
18. Broken Wings
19. Photograph
20. Act Naturally
21. With A Little Help From My Friends
22. Give Peace A Chance




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Keith Richards: Metallica e Black Sabbath são grandes piadasKeith Richards
Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"

Bizarre Magazine: Quão bizarro é... Ronnie James DioBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio


Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin