Resenha - Sepultura e Machine Head (Via Funchal, SP, 14/10/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edu Lawless, Fonte: Rock Express
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Não foi o dia chuvoso e o trânsito caótico de sexta-feira que desanimaram os fãs de Sepultura e Machine Head a irem conferir no Via Funchal em São Paulo o que viria a ser um dos mais memoráveis shows de thrash metal do ano.

Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."King Diamond: O que significa ser Satanista?

A abertura da casa ocorreu por volta das 19:00 e logo as 20:20, quando os paulistas do Threat subiram ao palco, a casa já apresentava um bom público. Threat é uma banda formada em 2001 na cidade de São Paulo e tem como integrantes atuais: Guizão Menossi (vocal), Wecko (guitarra e vocal), André Curci (guitarra), Fábio Romero (baixo e vocal) e Edu Garcia (bateria). Com alguns registros lançados de maneira independente, a banda vem alcançando boa receptividade junto ao público, além de ter tido a oportunidade de se apresentar em importantes shows e festivais, como o Maquinaria e o Wacken Open Air de 2008. Prova de todo esse reconhecimento e qualidade musical foi a reação da galera durante a performance de 40 minutos da banda com muita porrada na orelha.

Após um breve intervalo para os técnicos arrumarem o palco, um pouco antes das 21:30 o Sepultura sobe ao palco para mais uma sessão de pancadaria, dessa vez aproveitando para apresentar ao público paulista algumas músicas do novo álbum, Kairos. Não que o show tenha sido somente de músicas novas, muito pelo contrário, tivemos a oportunidade de bater cabeça por 1 hora e meia com um set-list mesclado de músicas mais recentes e grandes clássicos da banda, como "Refuse/Resist", "Troops of Doom", "Territory" e até "Polícia", cover dos Titãs cantada por Paulo Jr. e Andreas Kisser.

Show do Sepultura encerrado, hora de aguardar pelos americanos do Machine Head que desembarcam pela primeira vez em terras brasileiras com a turnê de seu mais recente álbum, "Unto the Locust". A banda, formada por Robb Flynn (vocal e guitarra), Phil Demmel (guitarra e backing vocals), Adam Duce (baixo e backing vocals) e Dave McClain (bateria), despejou um thrash metal violento e muito bem executado para um Via Funchal sedento por som pesado de ótima qualidade, perfeito para "mosh-pits" monstruosos e até "stage divings"! Destaques para "Beautiful Morning", "Locust", "Aesthetics of Hate" (que deixou a galera ainda mais alucinada!) e "Davidian".

Apesar do show ter acabado um pouco tarde para quem precisa voltar para casa de metrô ou ônibus, todos os 3 shows foram muito bons e valeram o esforço de enfrentar um trânsito complicado em plena sexta-feira de uma cidade como São Paulo.

Para ver o set list completo e várias fotos do show acesse:
http://rockexpress.wordpress.com/2011/10/15/sepultura-machinehead/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Sepultura"Todas as matérias sobre "Machine Head"Todas as matérias sobre "Threat"


Em 02/09/1993: Sepultura lançava o clássico "Chaos A.D."

Sepultura: novo álbum já tem nome, diz Andreas KisserSepultura
Novo álbum já tem nome, diz Andreas Kisser

Petbrick: ouça novo single de projeto experimental de Iggor Cavalera

Max Cavalera: ele não entende como o Slayer consegue pensar em se aposentarMax Cavalera
Ele não entende como o Slayer consegue pensar em se aposentar

Sepultura: veja entrevista de Andreas Kisser no programa CMCHRodz Online: Sepultura vs Max Cavalera (vídeo)

Sepultura: banda já está gravando sucessor de Machine MessiahSepultura
Banda já está gravando sucessor de "Machine Messiah"

Collectors Room: os 50 anos de Max Cavalera (vídeo)

Phil Anselmo: Max Cavalera sobe ao palco para uma canjaPhil Anselmo
Max Cavalera sobe ao palco para uma canja

Petbrick: projeto experimental de Iggor Cavalera anuncia novo álbumKisser: regravando "Mote das Amplidões" a convite de Zé Ramalho

Korn: Max Cavalera admite que Sepultura copiou a banda no RootsKorn
Max Cavalera admite que Sepultura copiou a banda no Roots

Sepultura: Igor Cavalera admite influência do Korn em RootsSepultura
Igor Cavalera admite influência do Korn em "Roots"

Bandas: os dois lados dos rompimentos de formações clássicasBandas
Os dois lados dos rompimentos de formações clássicas


King Diamond: O que significa ser Satanista?King Diamond
O que significa ser Satanista?

Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21

Runaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim FowleyMulheres no Rock: resistência em um meio machistaMetallica: Exemplo a ser seguidoSlipknot: Corey Taylor conta qual foi a máscara mais difícil de usar

Sobre Edu Lawless

Editor e criador do site Rock Express, que deu asas ao grande desejo de escrever e viver um pouco mais intensamente o mundo do Rock. A filosofia é a vertente do Hard Rock - Sexo & Rock - e a ideologia é sempre escrever sua própria matéria e continuar Fotografando e Animalizando...! Keep rockin' dudes!!! \,,/

Mais matérias de Edu Lawless no Whiplash.Net.