Mark Boals: show cativante e matador em São Paulo

Resenha - Mark Boals (BlackMore, São Paulo, 01/10/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Alessandra Martins
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Mark Boals é um cantor de rock americano, mais conhecido por seu trabalho com Yngwie J. Malmsteen. Quando criança, ele aprendeu a tocar piano, guitarra e baixo, mas ele é mais conhecido por suas habilidades cantando: Boals é um mestre em notas altas, embora nunca tivesse aulas de canto ou de formação.

5000 acessosMetallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"5000 acessosDi'Anno: "Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

A noite de sábado iniciou-se fria e com direito à uma leve chuva, porém nada abalou os fãs de heavy metal que lá aguardavam o show que estava por vir. (01/10/2011)

Por volta da meia noite começa o show, Mark Boals, Ivan Busic, Andria Busic, Alexandre Hard e Bruno Sá sobem no palco

A execução de todas as músicas fluíram de forma a deixar os fãs mais do que surpresos, eu diria maravilhados. Muitas vezes era possível fechar os olhos e ouvir como se estivesse reproduzindo um CD. Todas as músicas foram precisamente tocadas e Mark Boals mostrou a todos o por que de sua fama em notas altas, e ainda digo mais, um profissionalismo e um carisma inigualável.

Sua simpatia com o público fez com que Mark Boals arriscasse algumas palavras em português, muito embora logo depois admitira não saber falar muito bem a nossa língua.

A sintonia no palco foi sentida por todos os espectadores, Mark Boals não poupou elogios aos músicos brasileiros. Em muitos momentos apontando e vibrando aos solos perfeitamente executados por Alexandre Hard, assim como tocando nos pratos com as mãos juntamente com as levadas entusiasmadas e perfeitamente tocadas por Ivan Busic e cantando ao lado por diversas vezes de Andria Busic e Bruno Sá.

O set list não deixou nenhum fã de Boals descontente, muito pelo contrário. As músicas escolhidas foram dês do inicio de sua carreira como "Magic Mirror" até sua carreira solo, como a música "Broken Heart", onde o próprio Mark Boals emocionado nos disse ser uma música nunca tocada ao vivo antes. Passando ainda por vários hits dos CDs gravados com Yngwie J. Malmsteen, como por exemplo, "Liar", "Fly", "Fury", "Queen is in love", porém um dos ápices da noite foi quando as primeiras notas de "Leonardo" surgiram.

Alguns dos fãs gritavam e outros nem imaginavam que seria possível ouvir essa música de uma forma tão perfeita, afinal apesar de todas as músicas serem muito complexas, essa em especial, fez com que alguns fãs ficassem boquiabertos de tão surpreendentemente bem tocada. Outro ápice foi "Ring of Fire", música que já havia sido pedida pelos fãs desde o inicio do show. Para encerrar com chave de ouro "Hangar 18, area 51" e "You Don’t Remember" finalizando uma noite de excelências ao palco.

A sensação após esse show cativante e matador é de muita satisfação e orgulho, afinal além da noite ter sido regada pela voz inigualável de Mark Boals, tivemos esse time de gigantes que, podemos encher o peito e dizer que são brasileiros. Nas palavras do próprio Mark Boals - "Já toquei ao lado dos melhores guitarrias do mundo, mas o Alexandre Hard se não é o melhor, com certeza está entre os melhores", "Sou um cara muito sortudo de poder tocar com músicos de tanta qualidade e precisão" referindo-se à Ivan Busic, Andria Busic e Bruno Sá.

A escolha dos músicos Ivan Busic, Andria Busic, Alexandre Hard e Bruno Sá foi tão perfeita, que Mark Boals está levando esse time matador para o próximo show, 05/10 - Argentina.
Uma observação muito importante sobre Mark Boals, ele é um vocalista completo, pois canta músicas rápidas ou mais cadenciadas e até mesmo baladas, onde sua voz adapta-se perfeitamente.

Set List:
- Wont see you again
- Beyong the dark
- Liar
- Queen is in love
- Fury
- Fly
- Liar STH
- Solos de teclado e guitarra
- Leonardo
- Sails of charon
- broken Heart
- Magic Mirror
- Ring of fire
- Hangar 18, area 51
- You dont remember

Por: Thais Lopes (ROCKPressBrasil)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Mark Boals"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Mark Boals"

MetallicaMetallica
Bob Rock revela segredos do "Black Album"

Paul DiAnnoPaul Di'Anno
"Harris é como Hitler e estar no Maiden é entediante!"

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

5000 acessosHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica5000 acessosEddie: a foto que supostamente inspirou Derek Riggs5000 acessosMetallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década passada4641 acessosJared Dines: qual a diferença entre metal e o metalcore?5000 acessosBlack Veil Brides: frontman pula na plateia e briga com fã no meio de show2384 acessosSlayer: "Importante não é a melodia, mas a fúria na voz"

Sobre Alessandra Martins

Alessandra Martins é metaleira assumida. Respira música desde que nasceu. É Assessora de Comunicação e Relações Públicas, Tradutora (inglês, espanhol e italiano) e Fotógrafa da empresa RockPressBrasil. Já trabalhou com bandas como Fear Factory, Shaman, Korzus entre muitas outras.

Mais matérias de Alessandra Martins no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online