Resenha - Mark Boals (BlackMore, São Paulo, 01/10/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alessandra Martins
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Mark Boals é um cantor de rock americano, mais conhecido por seu trabalho com Yngwie J. Malmsteen. Quando criança, ele aprendeu a tocar piano, guitarra e baixo, mas ele é mais conhecido por suas habilidades cantando: Boals é um mestre em notas altas, embora nunca tivesse aulas de canto ou de formação.

Black Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universoMegadeth: Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko Loureiro

A noite de sábado iniciou-se fria e com direito à uma leve chuva, porém nada abalou os fãs de heavy metal que lá aguardavam o show que estava por vir. (01/10/2011)

Por volta da meia noite começa o show, Mark Boals, Ivan Busic, Andria Busic, Alexandre Hard e Bruno Sá sobem no palco

A execução de todas as músicas fluíram de forma a deixar os fãs mais do que surpresos, eu diria maravilhados. Muitas vezes era possível fechar os olhos e ouvir como se estivesse reproduzindo um CD. Todas as músicas foram precisamente tocadas e Mark Boals mostrou a todos o por que de sua fama em notas altas, e ainda digo mais, um profissionalismo e um carisma inigualável.

Sua simpatia com o público fez com que Mark Boals arriscasse algumas palavras em português, muito embora logo depois admitira não saber falar muito bem a nossa língua.

A sintonia no palco foi sentida por todos os espectadores, Mark Boals não poupou elogios aos músicos brasileiros. Em muitos momentos apontando e vibrando aos solos perfeitamente executados por Alexandre Hard, assim como tocando nos pratos com as mãos juntamente com as levadas entusiasmadas e perfeitamente tocadas por Ivan Busic e cantando ao lado por diversas vezes de Andria Busic e Bruno Sá.

O set list não deixou nenhum fã de Boals descontente, muito pelo contrário. As músicas escolhidas foram dês do inicio de sua carreira como "Magic Mirror" até sua carreira solo, como a música "Broken Heart", onde o próprio Mark Boals emocionado nos disse ser uma música nunca tocada ao vivo antes. Passando ainda por vários hits dos CDs gravados com Yngwie J. Malmsteen, como por exemplo, "Liar", "Fly", "Fury", "Queen is in love", porém um dos ápices da noite foi quando as primeiras notas de "Leonardo" surgiram.

Alguns dos fãs gritavam e outros nem imaginavam que seria possível ouvir essa música de uma forma tão perfeita, afinal apesar de todas as músicas serem muito complexas, essa em especial, fez com que alguns fãs ficassem boquiabertos de tão surpreendentemente bem tocada. Outro ápice foi "Ring of Fire", música que já havia sido pedida pelos fãs desde o inicio do show. Para encerrar com chave de ouro "Hangar 18, area 51" e "You Don't Remember" finalizando uma noite de excelências ao palco.

A sensação após esse show cativante e matador é de muita satisfação e orgulho, afinal além da noite ter sido regada pela voz inigualável de Mark Boals, tivemos esse time de gigantes que, podemos encher o peito e dizer que são brasileiros. Nas palavras do próprio Mark Boals - "Já toquei ao lado dos melhores guitarrias do mundo, mas o Alexandre Hard se não é o melhor, com certeza está entre os melhores", "Sou um cara muito sortudo de poder tocar com músicos de tanta qualidade e precisão" referindo-se à Ivan Busic, Andria Busic e Bruno Sá.

A escolha dos músicos Ivan Busic, Andria Busic, Alexandre Hard e Bruno Sá foi tão perfeita, que Mark Boals está levando esse time matador para o próximo show, 05/10 - Argentina.
Uma observação muito importante sobre Mark Boals, ele é um vocalista completo, pois canta músicas rápidas ou mais cadenciadas e até mesmo baladas, onde sua voz adapta-se perfeitamente.

Set List:
- Wont see you again
- Beyong the dark
- Liar
- Queen is in love
- Fury
- Fly
- Liar STH
- Solos de teclado e guitarra
- Leonardo
- Sails of charon
- broken Heart
- Magic Mirror
- Ring of fire
- Hangar 18, area 51
- You dont remember

Por: Thais Lopes (ROCKPressBrasil)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Mark Boals"


Black Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universoBlack Metal
Banda brasileira fez clipe mais bizarro do universo

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko LoureiroMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko Loureiro

Esquisitices: algumas exigências bizarras para showsEsquisitices
Algumas exigências bizarras para shows

História do Rock: dos primórdios aos anos 70Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraRock e Metal: os dez maiores Deuses dos RiffsNirvana: Dave responde o que fez Kurt sofrer

Sobre Alessandra Martins

Alessandra Martins é metaleira assumida. Respira música desde que nasceu. É Assessora de Comunicação e Relações Públicas, Tradutora (inglês, espanhol e italiano) e Fotógrafa da empresa RockPressBrasil. Já trabalhou com bandas como Fear Factory, Shaman, Korzus entre muitas outras.

Mais matérias de Alessandra Martins no Whiplash.Net.