Fúria Festival: celebração de 25 anos de Heavy Metal

Resenha - Fúria Festival (HSBC Brasil, São Paulo, 17/10/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jorge A. Silva Junior
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.










A celebração dos 25 anos de Heavy Metal no Brasil teve tudo para atrair um bom público no último domingo (17), no HSBC Brasil, em São Paulo. A divulgação do FÚRIA FESTIVAL foi notável, o horário e local eram acessíveis e o valor dos ingressos (R$50 a meia-entrada) pareciam ser suficientes para lotar a casa. Ledo engano, já que aproximadamente 900 pessoas compareceram para ver as bandas AYGAN, ANDRE MATOS e SEPULTURA.

Fotos: Roberta Forster

Com início marcado para as 18h, o primeiro show da noite começou exatamente no horário. A abertura ficou a cargo do AYGAN, banda paulistana de Hard/Groove/Metal que ganhou certa notoriedade no início deste ano ao estar presente em 'Jamlegend', jogo online similar aos famosos 'Guitar Hero' e 'Rock Band'. Na ocasião, as músicas do quarteto foram tocadas mais de 500.000 vezes por internautas de todo mundo, o que fez impulsionar a gravação do seu álbum de estréia: 'Plastic City' - lançado oficialmente no FÚRIA FESTIVAL. Contudo, o público não deu a atenção devida e a apresentação da banda, que teve duração de quarenta minutos, com seis músicas tocadas de forma competente, terminou com uma irônica salva de palmas.

As 19h15 subiu ao palco a banda de Andre Matos - formada por Hugo Mariutti e André Hernandez (guitarras), Bruno Ladislau (baixo), Eloy Casagrande (bateria) e Fábio Ribeiro (teclados). De cara vieram as duas músicas de abertura do álbum 'Mentalize', lançado em 2009: "Leading On" e "I Will Return" - na primeira, Andre foi traído pelo pedestal que usava e, na queda do objeto, quase perdeu o microfone. A trapalhada logo foi compensada pela técnica impressionante dos músicos e, é claro, do vocalista, cuja qualidade é indiscutível. "Rio", do disco solo de estréia 'Time To Be Free', e "Mentalize" foram ótimas para aquecer o pequeno público, que delirou ao ver Andre Matos assumir os teclados em "Fairy Tale", música do SHAMAN - finalizada de maneira emocionante. "How Long" (Unleashed Away), destacada pela bateria devastadora de Eloy, e "The Myriad" abriram caminho para a primeira surpresa da noite.

Como o evento marcava a celebração dos 25 anos do Metal Brasileiro, nada melhor do que uma digna homenagem ao VIPER, banda em que Andre Matos iniciou sua carreira musical. "Prelude To Oblivion", lançada em demo no ano de 1989, foi como uma viagem no tempo para os saudosistas fãs do gênero.

Após uma pequena brincadeira durante a apresentação dos músicos - ao som de "Another One Bites The Dust" do QUEEN - foi chamado ao palco o baixista Luis Mariutti, titular da banda, mas que esteve fora dos últimos shows. Ao coro de "Jesus! Jesus!", puxado pela galera, uma respeitável trinca dos tempos de ANGRA foi apresentada: "Lisbon", "Holy Land" e "Carry On" - a última muito aguardada por boa parte do público. Após uma hora e meia de show, Andre Matos e banda fecharam a segunda parte do FÚRIA FESTIVAL com "Endeavour".

Faltava então o prato principal da noite. E para a alegria da maioria dos presentes, trajados com camisetas da banda, que traziam o número 25 nas costas, às 21h15 entrou em campo o time do SEPULTURA - com Derrick Green (vocal), Andreas Kisser (guitarra), Paulo Jr. (baixo) e Jean Dolabella - trazendo na bagagem o álbum 'A-Lex', que rendeu uma turnê européia finalizada no mês de agosto.

Mas quem imaginou um repertorio baseado neste último registro de estúdio, lançado em 2009, se enganou. Durante os 90 minutos de um show explosivo foram tocadas nada menos do que 12 músicas da fase 1985 a 1996 - tempos de Max Cavelera no vocal. Entre elas estavam "Arise", "Refuse/Resist" e "Dead Embryonic Cells", que abriram a terceira parte do FÚRIA FESTIVAL de maneira avassaladora, tendo, inclusive, a invasão de um fã, que subiu no palco e se jogou em Derick.

Como não poderia ser diferente, parte do set teve algumas composições contemporâneas, como "Convicted In Life", "We've Lost You" e "Sepulnation". Além destas, após uma rápida versão de "Polícia", dos TITAS, foi apresentada uma nova música, ainda sem nome e que estará no próximo álbum da banda.

Lebrando mais uma vez dos 25 anos de Heavy Metal no Brasil, Andreas homenageou alguns nomes que fizeram parte deste início, como SALÁRIO MÍNIMO e KORZUS. E se para a maioria dos 'torcedores', a fase áurea do SEPULTURA ocorreu justamente nos anos 80, nada melhor do que serem presenteados com "Troops Of Doom", "Septic Schizo / Escape To The Void" e "Inner Self" - verdadeiros clássicos da época. Mesmo com esses quarto petardos, o ponto alto da apresentação, como de costume em shows da banda, foi a controversa "Territory", do álbum 'Chaos A.D.'.

Após uma breve pausa, mais três músicas foram tocadas no bis: "Rattamahata", "Conform" e, fechando em alto nível, o hino "Roots Bloody Roots", do álbum "Roots" de 1996.

FURIA FESTIVAL 2010
HSBC Brasil / São Paulo
17 de outubro
Abertura: AYGAN

Setlist ANDRE MATOS e banda:

Leading on
I Will Return
Rio
Mentalize
Fairy Tale (SHAMAN)
How Long
The Myriad
Prelude To Oblivion (VIPER)
Another One Bites The Dust (QUEEN)
Lisbon (Angra)
Holy Land (Angra)
Carry On (Angra)
Endeavour

Setlist SEPULTURA:

Arise
Refuse/Resist
Dead Embryonic Cells
What I Do
Choke
Convicted In Life
Attitude
We've Lost You
The Treatment
Troops Of Doom
Septic Schizo / Escape To The Void
Meaningless Movements
Polícia (TITAS) / Música nova
Amen
Sepulnation
Territory
Inner Self

Bis:
Rattamahata
Conform
Roots Bloody Roots



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Sepultura"Todas as matérias sobre "Andre Matos"Todas as matérias sobre "Angra"


Andre Matos: Theocracy faz homenagem ao vocalista no ProgPower USA; assistaRodz Online: 25 Anos de Philips Monsters of Rock 1994 (vídeo)

Marcelo Barbosa: assista a Big Trouble, novo clipe solo do guitarrista do AngraMarcelo Barbosa
Assista a "Big Trouble", novo clipe solo do guitarrista do Angra

Luis Mariutti: os bastidores do reencontro com Edu Falaschi e Alex Holzwarth

Kiko Loureiro: trabalhando em novo disco soloKiko Loureiro
Trabalhando em novo disco solo

Rhapsody: Fabio Lione em entrevista exclusiva ao Brasil

Luis Mariutti: comentando a polêmica participação do Angra no Programa do JôLuis Mariutti
Comentando a polêmica participação do Angra no Programa do Jô

Rafael Bittencourt: novos planos do Angra e do Bittencourt ProjectRafael Bittencourt
Novos planos do Angra e do Bittencourt Project

Kiko Loureiro: História das Antigas #5 Macumba na CachoeiraKiko Loureiro
História das Antigas #5 Macumba na Cachoeira

Luis Mariutti: reagindo à participação do Angra no TV mulherLuis Mariutti
Reagindo à participação do Angra no TV mulher

Angra: tour encerrada com show sold out a banda se recolhe para compor novo álbumAngra
Tour encerrada com show sold out a banda se recolhe para compor novo álbum

Angra: Banda encerra a turnê Magic Mirror em SP neste domingoDallton Santos: Confira o novo single/videoclipe de "Aliens"

Luis Mariutti: Se eu sou o melhor eu não sei, mas os meus fãs sãoLuis Mariutti
"Se eu sou o melhor eu não sei, mas os meus fãs são"

Kiko Loureiro: Histórias das Antigas #4 Metal na AmazôniaKiko Loureiro
Histórias das Antigas #4 Metal na Amazônia

Megadeth: Kiko sugeriu a Mustaine inspiração nos problemas do BrasilMegadeth
Kiko sugeriu a Mustaine inspiração nos problemas do Brasil

Aquiles Priester sobre Whiplash: Também já sangrei tocandoAquiles Priester sobre Whiplash
"Também já sangrei tocando"

Dr. Sin: Felipe Andreoli, do Angra, lamenta o fim da bandaDr. Sin
Felipe Andreoli, do Angra, lamenta o fim da banda


Heavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiramHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram

Alguns dos maiores mitos do Rock n' RollAlguns dos maiores mitos do Rock n' Roll
Alguns dos maiores mitos do Rock n' Roll

Slash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?Slash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

Chris Cornell: jornalista foi a último show e percebeu algo erradoFreddie Mercury: a descoberta do vírus em 1987Foo Fighters: "Seremos o novo Nirvana"Not Troo: João Gordo posta foto com James Hetfield na Disney

Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior no Whiplash.Net.