Matérias Mais Lidas

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Stamp

Resenha - Rock em Concerto (Teatro Guaíra, Curitiba, 21/09/2007)

Por André Molina e Silvia Valim
Em 26/09/07

A parceria entre a banda de rock Blindagem e a Orquestra Sinfônica do Paraná agradou o público que presenciou o espetáculo "Rock em Concerto" no Teatro Guaíra. Em muitos momentos a platéia se levantou para aplaudir os arranjos de orquestra para as canções da banda curitibana. A fusão entre música erudita e rock ‘n’ roll ocorreu de maneira equilibrada.

A apresentação teve início com a canção pesada "Blindagem". O arranjo do músico Ricardo Petracca não descaracterizou o estilo Hard Rock e enriqueceu a sonoridade da banda. Outras canções que merecem destaque pela nova roupagem são "Lá vai o trem" e "Loba da estepe". As introduções criadas pelo arranjador Davi Sartori valorizaram as composições.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Um dos momentos que mais surpreendeu o público roqueiro foi a execução da 5ª Sinfonia de Beethoven. Os solos de guitarra de Paulo Teixeira e as viradas de bateria de Pato Romero ficaram em primeiro plano. Com a levada rock ‘n’ roll da banda, a canção se tornou mais pesada, sem comprometer a originalidade.

O desafio de unir uma orquestra e uma banda de rock em um mesmo palco foi inédito no Paraná. A inspiração veio das experiências de bandas internacionais como Kiss, Deep Purple e Scorpions.

O Maestro da Orquestra Sinfônica do Paraná, Alessandro Sangiorgi, afirma que o principal obstáculo da parceria é o equilíbrio do som. "É gratificante porque acredito que seja a primeira experiência brasileira. Dei liberdade para o Blindagem escolher as canções. A sonoridade deles e a nossa aparecem no mesmo nível. Nas canções mais lentas, priorizamos os ambientes mais clássicos e nas pesadas deixamos para a banda", diz Sangiorgi.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O Maestro ainda mencionou que o resultado foi muito positivo e que a parceria terá continuidade. Segundo ele, os ensaios surpreenderam os músicos. "Ensaiamos juntos durante uma semana, o que é normal para esse tipo de espetáculo. Pretendemos viajar pelo Paraná e pelo Brasil", afirmou.

A iniciativa do Teatro Guaíra de unir a Blindagem e a Orquestra Sinfônica do Paraná também agradou bastante os roqueiros. O guitarrista Paulo Teixeira disse que o espetáculo é uma troca de experiências entre os instrumentistas em que os admiradores de rock e de música clássica podem presenciar no mesmo ambiente. "É uma forma encontrada para popularizar a orquestra, que está muito elitizada. Eles estavam procurando alguém do Paraná para a parceria. Foi unanimidade, o maestro tinha referência. Ele conhece as músicas", argumenta.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O guitarrista também mencionou que a banda escolheu as canções mais conhecidas. As composições de Ivo Rodrigues e do poeta curitibano Paulo Leminski tiveram prioridade no critério de escolha. As clássicas "Oração de um suicida", "Não posso ver" e "Sou legal", do primeiro disco da banda, não deixaram de ser incluídas. "Tocamos canções, que são importantes para nossa história. A surpresa é a versão Vida Gozada, do italiano Vasco Rossi. Ele é uma espécie de Raul Seixas da Itália. Encaixou super bem". Vale mencionar que a música teve participação especial de Alessandro Sangiorgi nos vocais. O maestro fez questão de cantar porque é fã do músico italiano. "Escutava essa canção nos anos 80 e aproveitei a oportunidade para cantar", disse Sangiorgi durante a apresentação.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

As demais canções também tiveram boa receptividade. O rock ambientalista de "Gaivota", "Volto na primavera", "O homem e a natureza" e "Cheiro do mato" foi lembrado pelo grupo em arranjos que transparecem o cenário das composições. Na canção "Miragem", a banda deixou a platéia cantar o refrão.

O baixista Paulo Juk ficou surpreso com a apresentação. "As canções passaram por um processo de renovação. Os arranjadores foram muito felizes", declarou.

As bases sutis executadas pelo violonista Alberto Rodriguez deram mais liberdade para o instrumentista cantar. Em "Operário Padrão", Alberto cantou boa parte da música, que originalmente tem a voz de Ivo Rodrigues.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O próximo passo

O satisfatório resultado da parceria poderá gerar o primeiro DVD/CD de uma banda de rock brasileira ao lado de uma orquestra sinfônica. O vocalista do Blindagem, Ivo Rodrigues, disse que a banda deseja transformar a experiência em obra. "O nosso plano agora é lançar. Gravamos a grosso modo para arrumar as vozes e os instrumentais no estúdio. Os arranjos combinaram com o nosso peso", disse.

"BELEZA COMO ESTA VOCÊ SÓ ENCONTRA AQUI"

Por Silvia Valim

O sino toca e o trem desemboca no final dos anos 70 mostrando em um clipe de fotos toda a carreira do grupo. Ao invés do apito, o trem tem como fundo musical "operário padrão". Quando finalmente chegamos em 2007, os cinco integrantes do Blindagem e o Maestro Alessandro Sangiorgi ficam gigantes na tela de tecido que projetam suas sombras da noite. E lá vai o trem...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enquanto Paulo Teixeira interrompia a execução de uma das suas três guitarras (mais precisamente a "do tempo em que ele tocava no Kiss", como brincou o vocal) para admirar os violinos destacando o som das rodas deslizando sobre os trilhos, Ivo Rodrigues cantava com os olhos tão brilhantes que pareciam ter acumulado lágrimas de seus 30 anos de carreira. Ele cantava com a alma verde e branca de um paranaense. E eu, mesmo sendo uma fiel mineira, me rendi à alma das cores da bandeira do Estado das Araucárias, assim como a música clássica se rendeu no dia 21 de setembro aos encantos do Rock´n roll.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No meio do espetáculo, o vocalista sentou-se em um banco em frente a harpa e ouviu, como um gato à espreita de sua presa, a Orquestra Sinfônica do Paraná executar junto à banda mais antiga de rock paranaense a 5ª sinfonia de Beethoven. Um ineditismo que só comprovou que o rock consegue, sem esforços, se aproximar até da essência dos clássicos.

Quem assistiu a imponente apresentação e não conhece de perto a Banda Blindagem não imagina a simplicidade do grupo. Os músicos são como a gaivota de seu repertório, que fazem parte do vento.

"Entra, toma uma cerveja. Quer tirar uma foto?" Quando, no camarim, eu respondi, consecutivamente, "não obrigada" e "sim, eu quero", Ruben "Pato" Romero solicitou preocupado: "Você espera só um pouco que tá faltando um". "Cadê o teu pai? Chama o teu pai pra tirar uma foto!" Disse ele para o filho de Paulo Teixeira. Muito simples e muito acessíveis. Raridade em um Brasil de elevada arrogância e de busca incessante por poder.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

No palco, Paulo Leminski parecia estar presente. A poesia sem rima da música ‘Oração de um suicida’, composta por ele e seu irmão, Pedro, parecia guiar a voz do vocalista como se a alma dos três fosse uma só. E talvez fosse.

O Maestro Sangiorgi realizava um sonho e estava tão dividido entre sua regência e a música do Blindagem, que parecia estar, ali mesmo, no palco, tentando compreender suas duas paixões - a música erudita e o rock´n roll - que agora estavam juntos em uma mesma sintonia.

A apresentação histórica mostrou o corpo da Orquestra Sinfônica do Paraná se entregando ao rock, como a alma do Blindagem se entregou há anos à Loba da Estepe. Enquanto Sangiorgi regia sua orquestra, seus bastonetes dançavam no ar como se cantassem à banda "minha alma é sua".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock