Boston: vocalista do Stryper canta em show

Resenha - Boston (Bank of America Pavilion, Boston, 19/08/2007)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A resenha abaixo é cortesia de Brett Milano, repórter do Bostonherald.com:

453 acessosMichael Sweet e John Schlitt: vocalistas em turnê pelo Brasil5000 acessosSlayer: assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff

Muitas lágrimas foram derramadas quando o cantor Brad Delp cometeu suicídio em março, e mais algumas provavelmente foram derramadas noite passada [19 de agosto] no Bank of America Pavilion. Mas, apesar de alguns momentos melancólicos, o show, que durou cinco horas e teve a participação de sete bandas, terminou sendo uma grande festa em honra a Delp.

"A melhor maneira de homenagearmos Brad é nos divertirmos muito esta noite", anunciou o líder do BOSTON, Tom Scholz, no início de seu show de encerramento. O primeiro show da banda desde a perda de Delp concentrou-se na parte mais ‘alegre’ de seu catálogo, abrindo com 'Rock ’n’ Roll Band' e fechando com 'Party'. O vocalista do STRYPER, Michael Sweet, cantou a maior parte das músicas, mas ex-membros também cantaram, como o baixista Kimberley Dahme e até um fã do BOSTON, Tommy DeCarlo, que veio da Carolina do Norte.

A noite terminou com Scholz pegando o microfone e apresentando quase todos os que já foram membros do Boston. O baterista original, Sib Hashain, ainda está brigando com Scholz, então ele não foi nem mencionado e nem incluído no bis de 'Don’t Look Back', embora ele tenha tocado com duas bandas (RTZ e ERNIE & THE AUTOMATICS) nos shows anteriores da noite. Ambas as bandas também contavam com Barry Goudreau, ex-guitarrista do BOSTON.

RTZ e BEATLEJUICE, ambas ex-bandas de Delp, se apresentaram com vários vocalistas. Beatlejuice teve um convidado surpresa, o frontman do FOOLS, Mike Girard. E o amigo de longa data e parceiro de turnês do Boston, Charlie Farren, fez um show fenomenal de Hard Rock com sua banda FARRENHEIT.

A surpresa ficou por conta de uma nova música sobre Delp, 'Rock ’n’ Roll Man', que iniciou o show de reunião do EXTREME. Essa foi uma das coisas mais ao estilo dos Beatles que o Extreme já fez, com Nuno Bettencourt tocando piano e o vocalista Gay Cherone cantando uma longa melodia ao estilo “Hey Jude” Outra surpresa foi o GODSMACK, que apresentou um raro set acústico.

O grande coração de Delp e sua poderosa voz foram elogiados por todos. Houve momentos emocionantes, com sua noiva, sua ex-esposa e seus dois filhos fazendo as introduções. Sua filha Jenna mostrou um curto filme biográfico, com imagens clássicas do BOSTON, o que fez os fãs sentirem ainda mais saudades de Delp.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

453 acessosMichael Sweet e John Schlitt: vocalistas em turnê pelo Brasil282 acessosStryper: previsão de lançamento de novos trabalhos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Stryper"

VocalistasVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

StryperStryper
Tom Araya fala sobre demônio, sai do palco e vai rezar

Top 5Top 5
Discos solo que foram lançados sob o nome de bandas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Boston"0 acessosTodas as matérias sobre "Stryper"

SlayerSlayer
Assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff

WikimetalWikimetal
Seis motivos para gargalhar ouvindo Heavy Metal

Phil AnselmoPhil Anselmo
Arrependido, vocalista pede "segunda chance"

5000 acessosAerosmith: Tyler tem o maior "instrumento" do Rock?5000 acessosLed Zeppelin: Jason Bonham quase "afinou"5000 acessosFree: a paixão de Dave Murray por Paul Kossoff4028 acessosKiss: orgulho por estar na categoria de bandas clássicas5000 acessosSlipknot: A banda é satânica? O que diz Corey Taylor?5000 acessosGuns N' Roses: "último show foi em 1990", diz ex-empresário

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online