Pitty: Banda cheia de energia, com uma excelente front-girl

Resenha - Pitty (Center Art, Curitiba, 20/08/2004)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Clovis Roman dos Santos
Enviar Correções  






O show de Pitty em Curitiba foi realizado em uma nova casa de shows, o Curitiba Center Art, um ex-bingo, que é um ambiente bonito, elegante e bem localizado (próximo ao centro).

Mesmo tendo se apresentado aqui a pouco mais de um mês (abrindo para Marcelo D2), Pitty foi capaz de encher o local novamente. Uma grande fila se formava, e aliada a vagarosidade dos seguranças, fez o show demorar muito para começar, tendo início apenas às 00h20.

A banda (inicialmente sem a vocalista) entrou mandando um tema instrumental, que antecedeu "Só de Passagem". Depois desta, já emendaram com a pesada "Seu Mestre Mandou", com suas partes Hardcore. Interessante notar que o público não acostumado com músicas mais agressivas, não sabia o que fazer, e apenas ficava pulando. Aproveitei este momento e fui para a frente, para tirar algumas fotos.

O show seguiu com "Admirável Chip Novo", e "Deus Lhe Pague", canção de Chico Buarque, bem mais pesada, obviamente. E tocaram seus hits, como "Teto De Vidro", "Equalize" e "O Lobo", entre outras músicas novas e as covers: "Candy" (parceria de Iggy Pop e Kate Piersen, do B-52 – com certeza uma agradável surpresa), a pesadona "Digging The Grave", do Faith No More, e "Love Buzz", com direito à uma dança sensual de Pitty. Para o final, tocaram "I Wanna Be" (empolgante), "Tempestade" (meio comprida) e terminaram mesmo com "Máscara", sendo que durante esta última, tocaram um pedaço de "Lithium", daquela banda chamada Nirvana.

E assim se encerrava o show, com duração de apenas 1h15 aproximadamente, porém, mais que suficiente para agradar a todos os presentes.

Uma banda cheia de energia, com uma excelente front-girl, que além de bonita, toca guitarra e canta muito bem. Agora é aguardar o DVD, e comprá-lo, pois se passar 10% da energia de um show como este, já valerá a pena!