Matérias Mais Lidas

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemTaylor Hawkins: Ele estava cansado e pronto pra abandonar o Foo Fighters

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemA curta e interessante lista de músicas do Iron Maiden escritas por Dave Murray

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemSimone Simons compartilha foto inusitada; "Caminhoneira de dia e cantora à noite"

imagemLuísa Sonza posta fotos com camiseta da banda de death metal Morbid Angel

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemIan Gillan conta como foi sua primeira saída do Deep Purple, em 1973


PRB

Ray Wilson: Um investimento audaz que só podemos aplaudir

Resenha - Ray Wilson (Via Funchal, São Paulo, 15/04/2005)

Por Thiago Sarkis
Em 15/04/05

O anúncio da turnê sul-americana de Ray Wilson foi repentino e certamente surpreendeu tanto aos admiradores de sua carreira solo quanto aos fãs de Genesis. Os trabalhos da última voz da banda britânica praticamente não têm repercussão no Brasil e as críticas em relação a ele, dos tempos ao lado de Mike Rutherford e Tony Banks, são fortíssimas, especialmente pela velha guarda, ardorosos seguidores de Peter Gabriel e / ou Phil Collins. Enfim, trazê-lo foi um investimento audaz que só podemos aplaudir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chegando à Via Funchal na hora marcada para o início da apresentação tive a sensação de que a ousadia acabaria mal. Olhando para os lados não encontrava praticamente ninguém; e duas ou três mesas cheias seriam lamentáveis para um artista de tal garbo. Felizmente, desta feita, não só o músico atrasou, como também a platéia. Ainda chegava gente quando o tecladista Irvin Duguid abria a noite com "Firth Of Fifth", seguindo com a clássica "The Lamb Lies Down On Broadway". Por sinal, que começo!

Usualmente o escocês inclui diversas releituras do Genesis em seu repertório, contudo, dificilmente, além da América do Sul, qualquer outro lugar do mundo ouviu tantas composições do legendário conjunto executadas ao vivo pelo seu terceiro vocalista. Os nomes Gabriel, Collins, Banks, Rutherford, Hackett, não paravam de vir à mente; praticamente participaram vivamente do show com tantas inferências brilhantes ao passado grandioso que construíram.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para se ter uma idéia da quantidade de material dos mestres do rock progressivo no show em São Paulo, das vinte e quatro músicas tocadas, quinze foram provenientes de obras relacionadas ao Genesis, incluindo-se duas das carreiras solos de Peter Gabriel e Phil Collins, respectivamente "Biko" e "In The Air Tonight".

A maioria das canções manteve um patamar semelhante ao das originais, o que já é incrível, devido à qualidade dos trabalhos. Contudo, algumas versões chegaram até a superar as antigas. Tiradas do álbum "We Can’t Dance" (1991), "I Can’t Dance" e "No Son Of Mine" reluziram como nunca dantes. A primeira por uma pegada mais pesada, e a segunda pela levada leve e o refrão emotivamente acompanhado pelo público.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Surpreendentes também ficaram "Ripples" de "A Trick Of The Tail" (1976), "I Know What I Like (In Your Wardrobe)" de "Selling England By The Pound" (1973), "Carpet Crawlers" de "The Lamb Lies Down On Broadway" (1974) e "Land Of Confusion" de "Invisible Touch" (1986). Para os apreciadores do CD gravado pelo cantor ao lado de Rutherford e Banks, "Calling All Stations" (1997), valeram muito as execuções das boas "Not About Us" e "Shipwrecked".

Sair infeliz de um espetáculo como esse é tarefa árdua pra Diogo Mainardi algum colocar defeito, mas o fato é que a sensação de falta é irremediável para aqueles que conhecem Wilson desde a banda Stiltskin e de "Guaranteed Pure", seu primeiro disco solo, de 1990. Apenas nove músicas de um caminho tão rico quanto o traçado por ele? É muito pouco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após esta contemplação de carisma e interpretação máximos no Brasil, que encerre-se a negligência a este performático músico, dono de uma vez poderosa e cheia de variáveis. Esperançosamente "Inside", "Goodbye Baby Blue", "The Actor", "Along The Way", "Change", e a arrepiante "Alone", abrirão os olhos de uma facção cética que até então ignorava Ray Wilson.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

AGRADECIMENTOS: Miriam Martinez

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.