Resenha - Graforréia Xilarmônica (Bar Opinião, Porto Alegre, 22/12/2003)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Piccoli
Enviar correções  |  Ver Acessos

Há dois temas no rock nacional que sempre geram polêmica: Rock Gaúcho e retorno de banda consagrada mas que por algum motivo decidiu acabar. Os motivos são simples: o rock gaúcho é visto como gozação pelo resto do país, e o retorno de uma banda normalmente envolve duas razões, uma é dinheiro e a outra é a falta dele.

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaTwisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas Fernanda Takai, Marcelo Camelo e toda a cidade de Porto Alegre conhecem bem a Graforréia Xilarmônica. Pra quem não conhece, sugiro que pesquisem, pois é impossível descrevê-la com palavras. Este foi o segundo show da Graforréia em Porto Alegre depois do seu anunciado fim. O povo gaulês já não aguentava mais tanta espera. E ganhou tudo o que queria.

Frank Jorge, Carlo Pianta e Alexandre Birck estavam fora de si. Frank Jorge sempre com seu estilo gozador, passou o show inteiro tirando sarro do seu próprio colega de banda e do Charlie Brown Jr. Carlo Pianta fez sua guitarra gritar mais que a platéia do bar, e Alexandre continua o mesmo desligado de sempre. Um show tão ruim, mas tão bom ao mesmo tempo, só a Graforréia Xilarmônica pode oferecer.

Músicas do seu primeiro álbum, Coisa De Louco II, do segundo, Chapinhas De Ouro e da raríssima fita K-7 lançada em 1987, Com Amor Muito Carinho, fizeram barbados chorarem de emoção. O grande clássico Amigo Punk foi deixado para o público cantar, Frank e Carlo apenas fizeram o backing vocal.

Ao longo do show foram contadas várias histórias folclóricas com tom de ironia que só eles sabem fazer.

É pena que só façam show uma vez por ano, pois com certeza, a sua influência na nova geração faria muita diferença para o futuro do rock.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Graforreia Xilarmonica"


Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música

Twisted Sister: segundo Dee, ser pobre e famoso é uma merdaTwisted Sister
Segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"


Sobre Thiago Piccoli

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL