Pink Floyd: ...muito além das palavras...

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alex Gregorio
Enviar correções  |  Ver Acessos

No dia 09, deste mês de outubro, foi divulgada a última canção do último álbum a ser lançado pelo Pink Floyd, que será praticamente todo instrumental, com exceção de "Louder Than Words", a única onde o velho Gilmour une sua maravilhosa voz com seus belos solos de guitarra. É o 'canto do cisne' de uma das bandas mais importantes do mundo. "Louder Than Words" foi escrita pela esposa do guitarrista e vocalista do Pink Floyd, que desde "The Division Bell" é a principal letrista do grupo. Na letra da canção, Polly Samson tenta sintetizar com palavras de modo poético o que foi o Pink Floyd, cuja sonoridade é "Mais Alto Que Palavras". Uma curiosidade sobre esta única canção presente em "The Endless River"; é nítida a semelhança nos arranjos de guitarra na introdução de "Louder Than Words" com uma canção gravada por Roger Waters em carreira solo "Each Small Candle". Ouçam e tirem suas conclusões!

Agressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesadoMetallica: Trujillo e seus primos, membros de gangues

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O restante do álbum com certeza não trará nenhuma novidade é apenas mais um álbum genial do Floyd sob a batuta do velho Gilmour, com o mesmo timbre da Fender de sempre, com a sutiliza da bateria de Mason e o refinamento dos arranjos de Wright. O álbum contará mais uma vez com a participação do físico Stephen Hawking na canção "Talking Hawking". A irônica participação de uma pessoa que não fala (pelos meios habituais) em um álbum com pouquíssimas palavras. O diferencial de "The Endless River" talvez seja a enorme divulgação e repercussão de um álbum instrumental, numa época onde as pessoas desaprenderam a ouvir música.

Apesar dos remanescentes Gilmour e Mason em entrevista afirmarem que o álbum é uma homenagem ao tecladista Wright morto em 2008, trata-se também de um álbum de despedida da banda ou pelo menos do uso da marca "Pink Floyd". Para muitos fãs Pink Floyd sem Roger Waters não é Pink Floyd. Mas o velho Gilmour até que não abusou muito do "sagrado" nome da banda, com quase 30 anos dono da marca, foi lançado apenas dois álbuns de estúdio, "Momentary Lapse of Reason" de 1987 e o "The Division Bell" de 1994.

O Pink Floyd continuará vivo enquanto Waters e Gilmour estiverem vivos pois ambos pretendem lançar álbuns solo em breve.

Louder Than Words

We bitch and we fight
Diss each other on sight
But this thing we do
These times together
Rain or shine or stormy weather
This thing we do
With world-weary grace
We've taken our places
We could curse it or nurse it and give it a name

Or stay home by the fire
Felled by desire, stoking the flame.
But we're here for the ride
It's louder than words
This thing that we do
Louder than words
It way it unfurls
It's louder than words
The sum of our parts
The beat of our hearts
Is louder than words.
Louder than words

The strings bend and slide
As the hours glide by
An old pair of shoes
Your favorite blues
Gonna tap out the rhythm.
Let's go with the flow
Wherever it goes.
We're more than alive

It's louder than words
This thing that we do
Louder than words
The way it unfurls
It's louder than words
The sum of our parts
The beat of our hearts
Is louder than words.
Louder than words
Louder than words
This thing they call soul
It's there with a pulse
Louder than words

Tradução via:
http://www.letras.mus.br

Mais Alto Que Palavras

Nós reclamamos e brigamos
Insultamos um ao outro à vista
Mas essas coisas que fazemos
Esses momentos juntos
Faça chuva sol ou tempestade
Essas coisas que fazemos
Com a graça de um mundo cansado
Nós tomamos nossos lugares
Nós poderíamos amaldiçoá-lo ou cuidar dele e dar-lhe um nome

Ou ficar em casa perto da lareira
Abatidos pelo desejo, alimentando a chama
Mas nós estamos aqui pelo passeio
É mais alto que palavras
Essas coisas que fazemos
Mais alto que palavras
A maneira que isso se desenrola
É mais alto que palavras
A soma de nossas partes
A batida de nossos corações
É mais alto que palavras
Mais alto que palavras

As cordas dobram e deslizam
Como as horas deslizam por
Um velho par de sapatos
Seu blues favorito
Vai tocar o ritmo
Vamos com o fluxo
Aonde quer que ele vá
Nós estamos mais do que vivos

É mais alto que palavras
Essas coisas que fazemos
Mais alto que palavras
A maneira que isso se desenrola
É mais alto que palavras
A soma de nossas partes
A batida de nossos corações
É mais alto que palavras
Mais alto que palavras
Mais alto que palavras
Essa coisa que eles chamam de alma
Está lá com um pulso
Mais alto que palavras




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção OpiniõesTodas as matérias sobre "Pink Floyd"


Pink Floyd: E do caos nasceu The Wall - Primeira PartePink Floyd
E do caos nasceu "The Wall" - Primeira Parte

Pink Floyd: capa de Dark Side Of The Moon quase teve o Surfista PrateadoPink Floyd
Capa de Dark Side Of The Moon quase teve o Surfista Prateado


Agressividade: 21 caras que fizeram a história do rock pesadoAgressividade
21 caras que fizeram a história do rock pesado

Metallica: Trujillo e seus primos, membros de ganguesMetallica
Trujillo e seus primos, membros de gangues


Sobre Alex Gregorio

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280