Ideologia Rock: o Rap nacional é prolífico, já o Rock...

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por David Oaski, Fonte: Ideologia Rock
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Emicida, Projota, Rashid, Criolo, Conecrew Diretoria, Flora Matos, Carol Conká, só pra ficar nos mais óbvios são sucessos ascendentes de um movimento de hip hop atual no Brasil. Alguns deles são muito talentosos, como Emicida e Criolo, outros parecem vir na esteira, mas só o tempo dirá quem realmente possui originalidade e autenticidade. O que me surge é a questão que dá título ao post: Por que o rap nacional é tão prolífico e o rock não.

5000 acessosZakk Wylde: cinco momentos insanos do guitarrista5000 acessosIron Maiden: o equipamento de palco da World Slavery Tour

Durante essa reflexão surgiram algumas possíveis respostas. Uma delas é de que chegou o momento do rap nacional roubar a banca mesmo, tomar sua parcela de espaço na mídia de forma definitiva. Já tivemos grandes representantes desse ritmo como Racionais, Rappin Hood, MV Bill e Xis, mas todos fizeram sucesso, porém de forma isolada, cada um num momento, não trazendo tanta representatividade para o estilo e sim para si próprios. Dessa vez, ao que parece, surge toda uma cena, simultaneamente, num momento mais do que iluminado para o estilo, com gente talentosa e que merece o reconhecimento que vem tendo.

Outra possibilidade é o fato de o rock ter perdido muito da relevância comercial que já teve, pois o espaço nas rádios, tvs e internet dado ao estilo é cada vez menor, cedendo espaço a nova MPB, aos sertanejos universitários, pagode mela cueca e o hip hop.

Além dessas, a possibilidade mais plausível que me ocorreu foi a de que o rap tomou toda transgressão característica do rock n’ roll para si, basta compararmos uma letra do NX Zero ou Fresno com uma do Emicida ou Criolo e veremos que as letras dos rappers são muito mais rock n’ roll do que as dos artistas que deveriam levantar a bandeira do rock.

Creio que há espaço pra tudo, tanto nas premiações, como tvs, rádios, festivais, etc. Todos os ritmos tem seus seguidores, suas virtudes e qualidades, mas é preciso que os artistas do rock percam essa síndrome de underground e tenham vontade de retornar o estilo aos grandes festivais e ao gosto popular, sem perder a pegada, é claro.

Ainda acredito no rock nacional e existem bandas relevantes por aqui sim, mas isso é assunto pra um próximo artigo, enquanto isso assistimos o rap dominar o espaço que um dia foi do rock.

David Oaski

Disponível também em:
http://rockideologia.blogspot.com.br/2012/09/por-que-o-rap-n...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões

Zakk WyldeZakk Wylde
Cinco momentos insanos do guitarrista

Iron MaidenIron Maiden
O equipamento de palco da World Slavery Tour

Marilyn MansonMarilyn Manson
Ele ganharia o Grammy por incitação a mortes

5000 acessosSupernatural: ouça 10 músicas que marcaram a série5000 acessosGuitarras: as 15 músicas mais complicadas para tocar5000 acessosRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 20105000 acessosKiss: o Brasil acreditava que a banda matava pintinhos nos shows5000 acessosStryper: Tom Araya fala sobre demônio, sai do palco e vai rezar5000 acessosSepultura: as dez canções mais subestimadas da banda

Sobre David Oaski

David Oaski é editor do blog Ideologia Rock, colunista do site Stereo Pop Club e colabora frequentemente com os sites Galeria Musical e Whiplash, além de já ter escrito para outras plataformas online. Amante de música (principalmente rock) independente de rótulos, escreve por hobby e para exercitar o senso crítico.

Mais matérias de David Oaski no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online