De volta para o passado

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Abner E.D.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Diariamente, somos bombardeados por diversas tecnologias. Se voltarmos a apenas 10 ou 15 anos, veremos que muita coisa mudou. Nosso dia, antes, começava com um rádio-relógio despertando; hoje, inicia ao som da nossa música favorita tocando no celular.

Stephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44Tom Araya: "Não sou ateu; acredito em Deus!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E, acompanhando esta evolução, a maneira de criar e ouvir música também mudou completamente; ou talvez nem tanto assim...

Comecei a escrever este artigo após ler a seguinte noticia no site da Rolling Stone: "Venda de vinil aumenta 36% nos EUA". E me perguntei: por que cada vez mais buscamos o retrô?

O desejo pelo antigo tornou-se tão grande que, atualmente, existe uma supervalorização de diversos itens que, há anos, estavam esquecidos ou empoeirados em sebos, dentro de armários em nossas casas. E isto não se restringe apenas aos EUA ou à Europa; no Brasil também encontramos tal "fenômeno". Um exemplo são os intrumentos vintage¹ de marcas nacionais. Atualmente, alguns exemplares são encontrados por preços superiores aos vigentes na época em que foram lançados e possuem um grande prestigio entre os músicos.

Na música, esta valorização do antigo reapareceu com grande força no som de bandas como Strokes, The Hives, White Stripes e se mantém como uma nova tendência. Várias bandas que fizeram sucesso há 20 anos retornaram aos palcos, lançaram novos álbuns e prometem continuar.

A maneira de ouvir música também compartilha esta busca. Todo ano são lançados diversos gadgets² para converter vinis ou fitas cassete em mp3. Marcas famosas lançaram toca-discos com conexão usb.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A combinação do antigo com o novo dá a oportunidade, aos que viveram "o antigamente", de matar as saudades ou de garantir, às novas gerações, a descoberta de como é ouvir um vinil ou tocar instrumentos antigos. São contrastes que reforçam a idéia de que a música é eterna.

¹Vintage: Um instrumento é considerado vintage quando tem mais de vinte anos e tem algum apelo que o torne colecionável.

²Gadgets: é uma gíria tecnológica recente que se refere a, genericamente, um equipamento que tem um propósito e uma função específica, prática e útil no cotidiano.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Opiniões

Stephanie Seymour: ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44Stephanie Seymour
Ex de Axl Rose mostra ótima forma aos 44

Tom Araya: Não sou ateu; acredito em Deus!Tom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"


Sobre Abner E.D.

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280