Jethro Tull faz a festa do prog rock no Claro Hall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar Correções  

(Press release)

Os fãs de carteirinha do rock progressivo têm motivos para comemorar. A banda inglesa Jethro Tull, sob a liderança do revolucionário flautista Ian Anderson, volta ao Brasil para fazer dois shows imperdíveis: dia 19 de março no Claro Hall, no Rio de Janeiro, e dia 20 no Credicard Hall, em São Paulo. Esta é a quarta apresentação do grupo em terras tupiniquins, e em seguido o grupo continua a turnê pela América Latina, passando pela Argentina, Chile e México.

publicidade

Com formação de Ian Anderson nos vocais e flauta, Martin Barre na guitarra, Andrew Giddings nos teclados, Doane Perry na bateria e Jonathan Noyce no baixo, o Jethro Tull pretende apresentar ao público grandes clássicos do passado - como Aqualung, Locomotive Breath e Broadsword and the Beast, entre outras - além de mostrar outra face que pode surpreender muitos fãs tradicionais.

publicidade

A banda, formada oficialmente em 1968, começou na verdadde em 1963 como Johnny Breeze & The Atlantics, um grupo pop de Blackpool, na Inglaterra. A popularidade local do conjunto acabou motivando o The Blades, composto pelos amigos adolescentes Ian Anderson (guitarra), Jeffrey Hammond (baixo), John Evan (bateria) e Michael Stephens (baixo). A banda expandiu e acabou virando The John Evan Band.

publicidade

O The John Evan Band acabou em 1967, mas impulsionou Ian Anderson a procurar novos integrantes. Foi assim que surgiu a formação original do Jethro Tull, com Mick Abrahams na guitarra, Clive Bunker na bateria, Glenn Cornik no baixo e Anderson agora na flauta e nos vocais.

Curiosidade sobre o nome - O Jethro Tull estava oficialmente formado, porém seu nome ainda não era este. O vocalista gosta de contar que no começo a banda era tão ruim que para ser contratada geralmente se apresentava em casas noturnas com nomes diferentes, como Navy Blue, Bag of Blues ou Candy Coloured Rain.

publicidade

Para cada espetáculo, um nome diferente. Até que seu futuro produtor Terry Ellis apareceu com um livro sobre cavalos entitulado Jethro Tull. A banda resolveu apostar no nome e o utilizou para o lançamento do seu primeiro single, Sunshine Day. Misteriosamente, depois da impressão veio o susto: o nome acabou escrito errado, como "Jethro Toe". Alguns especialistas dizem que uma cópia original do single poderia valer hoje um bom dinheiro.

publicidade

Apesar do contratempo, Sunshine Day recebeu boas críticas da imprensa. Entretanto, o sucesso absoluto só veio em 1971, quando o grupo lançou Aqualung, um marco na carreira do Jethro Tull. De lá para cá, já foram lançados mais de 30 álbuns, sendo os mais famosos The Broadsword and The Beast (1982), 20 Years of Jethro Tull (1988) e A Little Light Music (1992).

publicidade

Site oficial para informações e fotos: www.jethrotull.com.

Localizado no Shopping Via Parque - Av. Ayrton Senna 3000, na Barra da Tijuca - o ATL Hall comporta 8.000 pessoas, mas com a distribuição de mesas junto ao espaço na pista serão colocados 6276 ingressos à venda a partir de 24 de fevereiro. Não será permitida a entrada de menores de sete anos - de sete a 13, acompanhados dos pais ou responsáveis legais - e a meia-entrada poderá ser adquirida apenas nas bilheterias da casa, pessoalmente e mediante a apresentação do documento de identidade que comprove a condição prevista em lei.

publicidade

. Serviço:
Local: Claro Hall
Temporada: 19 de março (sexta-feira)
Horário: às 22h30min
Duração do espetáculo: aproximadamente 1h30min
Abertura da casa: 1h30min antes do espetáculo

. Preços por setores:
Camarotes - R$ 150
Em pé na platéia - R$ 70
Mesas setor Vip - R$ 130
Mesas setor Palco - R$ 110
Mesas setor Especial - R$ 90
Poltrona superior - R$ 100

Os ingressos poderão ser comprados sem taxa de conveniência apenas no Claro Hall (dinheiro, todos os cartões de crédito e débito, exceto Amex), diariamente, das 12h às 20h. Além da casa de shows, há outros sete postos de venda, todos com taxa de conveniência. Confira:

. FNAC Barra Shopping – de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e das 15h às 21h aos domingos (dinheiro, redeshop e visa electron) – Av. Das Américas, 4.666 – Barra da Tijuca
. Posto Piraquê – das 10h às 22h, diariamente (dinheiro, todos os cartões de débito e crédito, exceto cheque eletrônico e Amex) – Av. Borges de Medeiros, s/nº - Lagoa Rodrigo de Freitas, em frente ao Parque dos Patins.
. New Disc Fashion Mall – de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e das 15h às 21h aos domingos e feriados (dinheiro, todos os cartões de crédito e débito, exceto cheque eletrônico e Amex) – Estrada da Gávea, 899 loja105 pte H – São Conrado.
. New Disc Tijuca – de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e das 15h às 21h, nos domingos e feriados (dinheiro, todos os cartões de débito e crédito, exceto cheque eletrônico e Amex) - Av. Maracanã 987, lj. 3035, 3º piso – Tijuca.
. New Disc Rio Sul – de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e das 15h às 21h, nos domingos e feriados (dinheiro, todos os cartões de crédito e débito, exceto cheque eletrônico e Amex) - Rua Lauro Muller 116, lj. 201B/44 - Botafogo.
. Modern Sound Copacabana – de segunda-feira a sábado, das 9h às 19h (dinheiro, todos os cartões de crédito e débito, exceto cheque eletrônico e Amex) – Rua Barata Ribeiro, 502 - Copacabana (não abre aos domingos e feriados).
. Central Ticketmaster – por telefone, entrega em domicílio (taxas de conveniência e de entrega): 0300-7896846, das 9h às 21h - segunda a sábado; 10h às 17h - domingo (aceita todos os cartões de crédito, exceto Amex) e pela Internet: www.ticketmaster.com.br.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Tony Iommi: relembrando seu tempo com o Jethro TullTony Iommi
Relembrando seu tempo com o Jethro Tull

Steve Harris: A lenda do Rock que ele tem medo de encontrar e agir como um fã bobãoSteve Harris
A lenda do Rock que ele tem medo de encontrar e agir como um fã bobão


Pink Floyd: a história por trás de AnimalsPink Floyd
A história por trás de "Animals"

Black Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill WardBlack Sabbath
O dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin