Guns N' Roses: Segurança dá a sua versão sobre confusão envolvendo Axl

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Paulo Andrade, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

Pascal Håkansson, o segurança de hotel, pivô da confusão envolvendo Axl Rose, líder do GUNS N'ROSES, quebrou o silêncio e contou ao Aftonbladet a sua versão dos fatos ocorridos na manhã de terça. Aquele era o quarto dia de trabalho de Pascal em seu novo emprego, no Berns Hotel.

Axl Rose: Líder do Guns N' Roses é preso por agressão na SuéciaAxl Rose
Líder do Guns N' Roses é preso por agressão na Suécia

Axl Rose é solto e comenta incidente na SuéciaMais detalhes sórdidos sobre a prisão de Axl Rose

Pascal Håkansson: Axl chegou sozinho ao hotel e subiu ao seu quarto. Ele voltou em companhia de uma espécie de coordenadora, uma mulher mais velha, que seria sua 'mãe'.

Hetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaFilhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhança

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pascal Håkansson: Axl estava irritado porque as pessoas haviam deixado ele sozinho em alguma festa. Ele estava sobre efeito de algo, de mau humor, e começou a esbravejar com a mulher. Quando ele começou a bater nas paredes, eu me aproximei e pedi a ele para baixar o tom de voz.

[neste momento, o segurança se aproxima da empresária de Axl]

Pascal Håkansson: Então Axl se virou e me enpurrou, no peito e no pescoço. Eu me desequilibrei, pois não esperava aquilo, e tive de me abaixar para me recuperar. Então ele pulou sobre mim e começou a lutar. Tive de me defender de alguns murros com os braços. O agarrei pelo pescoço e o levei ao chão. Ele lutou durante cerca de um minuto; ele era forte.

[neste momento, Axl mordeu a perna do segurança]


Pascal Håkansson: Só mais tarde eu senti. Com a adrenalina, você não sente nada. Ele podia ter hepatite B ou algo do tipo. Foi muito desconfortável. É de extremo mau-gosto morder as pessoas.

Pascal Håkansson: 'Vou acabar com a sua vida' ('I'm gonna fuck your life up') ele gritava.

[enquanto o guarda-costas de Axl chega ao lobby do hotel, a polícia foi chamada]

Pascal Håkansson: O guarda costas tentou acalmá-lo. Mas Axl ameaçou demití-lo se ele interferisse. Foi neste momento que ele atirou um vaso em um espelho antigo. Ele parecia um louco, perturbado. Estava intoxicado por álcool ou algo do tipo.

[às 7h45, quatro policiais chegaram ao hotel]

Pascal Håkansson: Ele continuava se debatendo e gritando que ia transformar a minha vida em um inferno. Eu estava transtornado. A polícia pediu que eu fosse ao hospital. No hospital checaram se a mordida havia rompido tecidos, mas não havia. Foi apenas uma ferida superficial.

Pascal Håkansson: Eu trabalhei muito tempo como leão-de-chácara em nightclubs e aprendi a lidar com este tipo de coisa. Não tive tempo para ficar com medo. Mas depois que a coisa passou, aquilo me atingiu. Ele estava totalmente louco. Qualquer coisa poderia ter acontecido.

Pascal Håkansson: Ninguém me ligou. Nem a polícia, nem o promotor público, nem a equipe de Axl. Seria legal receber desculpas. Procurarei um advogado para saber o que posso fazer. Se isso tivesse ocorrido nos EUA, eu provavelmente ficaria milionário. Era o meu quarto dia de trabalho no Berns e fui informado que nada parecido jamais aconteceu lá.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Polícia"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "Axl Rose"


Axl Rose: drogas, atrasos, agradecimentos ao Nirvana e muito maisAxl Rose
Drogas, atrasos, agradecimentos ao Nirvana e muito mais

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício


Hetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaHetfield
Egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica

Filhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhançaFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é semelhança


Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

adGoo336