Mais detalhes sórdidos sobre a prisão de Axl Rose

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Paulo Andrade
Enviar correções  |  Ver Acessos

A medida que a situação esfriou, depoimentos mais sólidos acrescentaram alguns detalhes à história da prisão de Axl Rose, vocalista do GUNS N' ROSES, em um hotel de Estocolmo.

Axl Rose: Líder do Guns N' Roses é preso por agressão na SuéciaAxl Rose
Líder do Guns N' Roses é preso por agressão na Suécia

Axl Rose é solto e comenta incidente na Suécia

De acordo com o jornal sueco Aftonbladet, um segurança do hotel ouviu alguém xingando em voz alta, em inglês, no lobby do hotel, por volta das 7h30 da manhã. Era Axl Rose, acompanhado de seu guarda-costas, reclamando sobre o hotel não ter um quarto digno de hospedá-lo. Axl reclamava ainda que uma festa no hotel havia sido prometida a ele, e ele não via uma festa ("Where is everyone? Where's the party? I was promised a big party!"). A sua tour manager tentava controlar a situação.

Axl foi convidado a baixar o tom de voz, mas continuou gritando e terminou por empurrar o segurança, que prontamente agarrou Axl pelas tranças (!), o derrubou no chão e tentou imobilizá-lo. Foi neste momento que Axl mordeu a sua canela (!), pegou um vaso e o atirou contra um espelho do hotel, peça do século 18, avaliada em mais de dois mil dólares. A esta altura a polícia foi chamada, enquanto o segurança novamente tentava imobilizar Axl. Enquanto o segurança pedia ajuda ao guarda-costas para que o ajudasse a imobilizar o vocalista transtornado, Axl ameaçava demitir o mesmo se ele se envolvesse ("Move away if you still wanna have a job.").

As 7h47 a polícia chegou ao local, revistou e algemou Axl, enquanto o vocalista gritava para o guarda-costas que o mesmo estava demitido ("You are fired. You are so fucking fired.").

Doze horas depois, tendo assumido toda a culpa pelo ocorrido (única maneira de ser liberado), Axl foi levado a seu jato particular e seguiu para Oslo, onde o GUNS N'ROSES faria seu próximo show. Chegando a Oslo, mais estrelismo. Axl se recusou a deixar o jato antes de realizar uma festa particular que durou quatro horas.

No show de Oslo, que ocorreu normalmente, um bem-humorado Axl comentou sobre a prisão, que Estocolmo gostava tanto dele que queriam que ele ficasse por lá mais tempo ("They loved me so much they wanted me to stay."). Já na introdução de "Patience" Axl comentou que era algo que se precisava quando policiais-de-aluguel atrapalham ("And now something you need when rent-a-cops go bad.").




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Polícia"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "Axl Rose"


Led, Guns e AC/DC: os melhores riffs, segundo rádio inglesaLed, Guns e AC/DC
Os melhores riffs, segundo rádio inglesa

Axl Rose: vocalista é o 1º da lista dos mais idiotas do rockAxl Rose
Vocalista é o 1º da lista dos mais idiotas do rock


Bayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandasBayley, Wilson e Cherone
Grandes erros na história de grandes bandas

Eddie Van Halen: falando sobre o solo de Beat ItEddie Van Halen
Falando sobre o solo de "Beat It"


Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

adGooILQ