Stone dá sua versão sobre a saída do MonsteR

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Dehò
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/10/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Segundo o ex-guitarrista do MONSTER, Renato Stone, sua saída da banda paulista não foi tão amigável quanto foi dito no release divulgado neste sábado. Nele, é dito que Stone saiu devido a divergências musicais e que gostaria de se dedicar mais ao Rock Progressivo.

5000 acessosSlipknot: 10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker Spaniel

Na versão do guitarrista, que deve escrever um comunicado à imprensa, a decisão não partiu dele. “Fui meio que ‘saído’. Eles acharam que eu queria fazer algo diferente, mas não era bem assim, não quero fazer nada tão diferente”, disse. “Eu estava tentando discutir com eles algumas coisas, mas aí eles viraram e disseram que não queriam mais tocar comigo.”

Há cerca de nove anos, Stone foi um dos fundadores do MonsteR. Por este motivo, acha que a banda não deveria seguir com o nome. “Queria que eles mudassem, pois boa parte do que tivemos começou com idéias minhas”, concluiu.

O vocalista/baixista Paul-X ainda não foi encontrado para comentar as palavras de Stone e dar a sua versão do caso.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Brigas"

Ace FrehleyAce Frehley
"Eu sou muito melhor que Tommy Thayer no palco"

Guns N RosesGuns N' Roses
Slash explica, em biografia, como ocorreu a separação

SlashSlash
"Eu odeio o emo e seus guitarristas"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Brigas"0 acessosTodas as matérias sobre "Monster"

SlipknotSlipknot
10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói

Dave MustaineDave Mustaine
A bizarra semelhança com um Cocker Spaniel

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns5000 acessosCapas de álbuns com ilusões de ótica5000 acessosEm 21/08/1989: Morre Raul Seixas, que seria encontrado morto no dia seguinte4660 acessosStone Sour: Corey Taylor acha que o Grammy é ridículo5000 acessosKorn: Jonathan Davis ficou chocado com comentários de Obama5000 acessosCasamento homoafetivo: rockstars postam mensagens sobre decisão

Sobre Maurício Dehò

Nascido em 1986, é mais um "maidenmaníaco". Iniciou-se no metal ao som da chuva e dos sinos de "Black Sabbath", aos 11 anos, em Jundiaí/SP. Hoje morando em São Paulo, formou-se em jornalismo pela PUC e é repórter de esportes, sem deixar de lado o amor pela música (e tentando fazer dela um segundo emprego!). Desde meados de 2007, também colabora para a Roadie Crew. Tratando-se do duo rock/metal, é eclético, ouvindo do hard rock ao metal mais extremo: Maiden, Sabbath, Kiss, Bon Jovi, Sepultura, Dimmu Borgir, Megadeth, Slayer e muitas, muitas outras. E é de um quarteto básico que espera viver: jornalismo, esporte, música e amor (da eterna namorada Carol).

Mais matérias de Maurício Dehò no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online