Chthonic: máscara é confundida com arma

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis, Fonte: Hellion Records
Enviar Correções  


(Press-Release)

Depois de um início devastador no Ozzfest 2007, e de elogiados shows ao lado de NILE e KATATONIA nos Estados Unidos, os taiwaneses do CHTHONIC invadiram o maior festival de Heavy Metal do mundo, o Wacken Open Air, novamente levando a cultura e o folclore de Taiwan ao Ocidente.

publicidade

A passagem do sexteto pela Meca do Metal, no entanto, foi turbulenta, e ocasionou sérios problemas à banda.

Após ter que tocar com instrumentos emprestados, já que suas bagagens e equipamentos foram extraviados em Hamburgo, o grupo quase não conseguiu retornar aos Estados Unidos para a continuação do Ozzfest 2007 porque seguranças do aeroporto de Munique acharam que a máscara do baterista Dani (foto acima) era na verdade uma arma.

publicidade

"Como pode algo assim? Que diabos? Nós chegamos a discutir com eles", afirmou o músico, indignado. "De qualquer forma, valeu tocar no Wacken. Fãs apaixonados cantaram nossas músicas, e isso nos emocionou, e acalmou. Os fãs curtirem o que fazemos é o mais importante".

Dani está sendo considerado uma das revelações do Ozzfest 2007. Sua atuação no festival norte-americano já lhe rendeu endossamento das baterias Mapex, as quais trabalham com Aquiles Priester (ANGRA) e Chris Adler (LAMB OF GOD), e também das baquetas Pro-Mark, cujo elenco de estrelas inclui Mike Portnoy (DREAM THEATER) e Dave Lombardo (SLAYER).

publicidade

"Seediq Bale", novo álbum do ChthoniC, será lançado ainda este mês no Brasil pela Hellion Records.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin