J-Rock no especial 100 anos da imigração japonesa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Julio César, Fonte: Jornal da Tarde (Estadão)
Enviar correções  |  Ver Acessos

Sob o título "A invasão do J-Rock", artigo publicado no Jornal da Tarde (Estadão) com as bandas de J-Music GAIJIN SENTAI (Brasil) e CHARLOTTE (Japão), dentro do especial dos 100 anos da imigração japonesa no Brasil, explica que o J-rock é simplesmente o rock japonês e todas as suas vertentes comportamentais, e uma característica marcante dos conjuntos é o visual pra lá de exótico, com os músicos tocando vestidos como personagens de desenhos ou colegiais, e carregando na maquiagem, no que é denominado "visual Kei".

Cantadas Headbanger: "Estou Priest a te dar um beijo!"A História da Tatuagem: Forma de expressão artística há mais de 3.500 anos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na matéria, Danieli Castro, que pesquisou o movimento de Tóquio em 2006, relata que o visual diferente é uma maneira de diversão, uma manifestação da juventude japonesa. "O jovem não pode se manifestar como quer quando está no colegial, os alunos sequer podem pintar os cabelos".

Leia o artigo completo no Jornal da Tarde (Estadão).




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Charlotte"Todas as matérias sobre "Gaijin Sentai"


Cantadas Headbanger: Estou Priest a te dar um beijo!Cantadas Headbanger
"Estou Priest a te dar um beijo!"

A História da Tatuagem: Forma de expressão artística há mais de 3.500 anosA História da Tatuagem
Forma de expressão artística há mais de 3.500 anos


Sobre Julio César

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280